Executivo

Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 09h:35 | Atualizado: 03/02/2011, 10h:17

Palácio Alencastro

Prefeito cancela reunião, visita áreas de risco e vai ao Paiaguás


Ao centro, o prefeito Chico Galindo abre reunião e logo decide suspendê-la para visitar comunidade ribeirinha

    A forte chuva que caiu nesta quinta em Cuiabá levou o prefeito Chico Galindo a cancelar a reunião que faria com todo o secretariado. Ao invés de ficar no gabinete, ele saiu do Palácio Alencastro para percorrer a comunidade ribeirinha. As primeiras informações são de que há famílias desabrigadas. Galindo convocou para acompanhá-lo a equipe da Defesa Civil e os secretários Paulo Borges (Infraestrutura), Maurélio Ribeiro (Saúde) e Dilemário Alencar (Trabalho e Desenvolvimento Econômico). Galindo já entrou em contato com a assessoria do governador Silval Barbosa. Vai pedir apoio logístico e financeiro do Estado para ajudar na estrutura e junto às famílias por causa do alagamento em algumas regiões.

    O prefeito pretende visitar várias áreas de risco, principalmente nos bairros Praeirinho, Cohab São Gonçalo, Parque Geórgia e a comunidade do Ribeirão do Lipa. Começou pela região do Hospital e Pronto-Socorro Municipal, no bairro Bandeirantes.

     A reunião com os secretários estava marcada para a partir das 8h30. Galindo entrou na sala, já comunicando o cancelamento e convocou de imediato os secretários Borges e Maurélio. Ele enfatizou que, primeiro fará um diágnóstico da real situação dessas comunidades que podem ficar desabrigadas por causa da enchete no rio Cuiabá e afluentes e avaliar medidas que ajudem a proteger os moradores.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Carlos | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 13h50
    0
    0

    03/02/2011 Blog da Sandra Carvalho Teto da Sala Vermelha do Pronto Socorro de Cuiabá desaba com temporal Foto: Sandra Carvalho Problemas existentes antes da reforma, como nesta foto, voltaram a aparecer com as chuvas O teto da Sala Vermelha (semi-UTI) do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, a maior referência em emergência para o Estado de Mato Grosso, desabou esta noite com a forte chuva que caiu sobre a capital. O prefeito Chico Galindo e o secretário de saúde de Cuiabá, Maurélio Ribeiro, estão neste momento averiguando os estragos. A informação inicial é de que vários equipamentos, a exemplo de monitores, foram queimados e danificados. Ainda não há informação sobre feridos. O Pronto Socorro de Cuiabá passou recentemente por uma grande reforma que custou aproximadamente R$ 6 milhões, recursos do Programa Qualisus com contrapardida do município. Provavelmente o prefeito Chico Galindo e o secretário Maurélio Ribeiro devem acionar a construtora responsável pela obra para questionar a qualidade dos serviços ali executados. Providências já estão sendo tomadas pela direção do HPSMC para que o atendimento aos pacientes não seja prejudicado. Com a greve dos médicos em Várzea Grande, houve um aumento considerável no fluxo de pacientes no Pronto Socorro de Cuiabá. A sobrecarga mais os problemas na estrutura do prédio do HPSMC decorrentes do temporal pode aumentar o grau de dificuldade no atendimento aos pacientes. Voltamos a qualquer momento com novas informações. COMENTÁRIOS Luiz Carlos HOLOCAUSTO NO PSMC: Realmente, providências têm que ser tomada e apurar as responsabilidades e exigir a devolução de dinheiro público pago com suor pela sociedade, mediante impostos. No entanto, não é só queda de teto, pela segunda vez, que vem acontecendo ali. O HOLOCAUSTO no PSMC está presente e ninguém toma providências. Segundo notícias difundidas que chegou ao nosso conhecimento, fornecidas por fontes do PSMC, o Holocausto ali esta instalada. Está pior do que na época da paralisação do movimento paredista dos médicos 2008. Com o fechamento do PSMVG a situação está pior. Será que a imprensa está sabendo disso? Porque não divulgam que pessoas estão morrendo ali, sem leitos, sem camas, sem dignidade? O que diz a CPI da Saúde sobre isso? O que diz os Secretários de Saúdes do Estado e Município? O Judiciário (MP)? Estão calados e sem ação por quê? Pessoas morrem sem dignidade e sem assistência por culpa de quem?

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.