Executivo

Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 16h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Fiscalização

Prefeito cutuca Kassab ao regulamentar tráfego

Wilson Santos    Com a promessa de “endurecer” a fiscalização do tráfego de veículos no Centro de Cuiabá, o prefeito Wilson Santos (PSDB) sancionou nesta segunda (18) a lei que regulamenta a circulação de caminhões de carga e descarga na Capital. Ele aproveitou a concorrida solenidade, no Memorial das Águas, para cutucar o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), por supostamente ter implantado o projeto Cidade Limpa, em meados de 2006, sem debater a proposta com a sociedade.

   Na próxima semana, o tucano promoverá nova solenidade justamente para sancionar o projeto que regulamenta a veiculação de anúncios publicitários em áreas públicas e privadas de Cuiabá. “Ao contrário do Gilberto Kassab, que não fez um único debate e impôs a nova lei, aqui o Cidade Limpa é resultado de um diálogo. Acabou a propaganda em áreas públicas, mas nos locais privados será normatizada, com regras claras”, adiantou Wilson.

   O Cidade Limpa como o novo marco regulatório de carga e descarga de mercadorias em Cuiabá foram os projetos mais polêmicos do executivo aprovados pelos vereadores de Cuiabá em 2009. O segundo proíbe a circulação de veículos com Peso Bruto Total (PBT) entre quatro e 16 toneladas, com ou sem carga, das seis às 20 horas, nos dias úteis, e nos sábados das seis às 14 horas. A legislação veda a circulação de veículos com PBT acima de 16 toneladas, em qualquer dia e horário. Aqueles que tiverem até 16 toneladas, poderão trafegar das 20 às seis horas nos dias úteis e nos sábados a partir das 14 horas.

   Segundo Wilson, no máximo até segunda (25) passam a ser cobradas multas das empresas que não aderirem à nova legislação. “A partir do momento em que a lei for publicada no Diário Oficial, começaremos a cobrar as taxas. É um absurdo o que caminhões de empresas de refrigerantes e de combustíveis fazem em Cuiabá, zombam da cara dos motoristas e dos pedestres”.

   Pelos cálculos do tucano, aproximadamente 10 mil caminhões trafegam atualmente nas ruas da Capital. “Isso causa acidentes. Hoje em São Paulo e no Rio de Janeiro o caminhão de carga e descarga chega somente até certo ponto da cidade”.

   Ao final, o prefeito aproveitou a presença do secretário de Trânsito e Transportes Urbanos, vereador licenciado Edivá Alves (PSDB), para anunciar novos concursos. “Vamos aumentar o número de agentes de fiscalização no trânsito por meio de novos concursos públicos”.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • João Moessa | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 20h33
    0
    0

    Prefeito Wilson Santos Ao invés de criticar a coragem do Prefeito Gilberto Kassab deveria copiar, pois não há o que discutir publicidade em locais públicos ou privados além de emporcalhar a cidade, (que me perdeo os porcos) traz enormes prejuízos para segurança no trânsito. Kassab teve a coragem de fazer a coisa certa e o Senhor está há mais de cinco anos no poder fez o que exatamente para limpar as cidades destas publicidades horríveis, NÃO ACHA QUE JÁ TEVE TEMPO DE SOBRA PARA DISCUTIR E O QUE ESTÁ FALTANDO MESMO É AÇÃO.

  • rico | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 20h20
    0
    0

    Acorda wilsom nos nao aguentamos mais vc ve se difarça e fica um pouco queto, mais amarelinho serve pra que pra ti queima, da licença

  • joão Carlos | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 14h41
    0
    0

    Abraão esta se doendo, hummmmm cara cracha, você é desse menina, desculpe meu erro de português

  • Malaquias T. W | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 14h36
    0
    0

    Desculpe prefeito, na sua administração cuiabá não encontra-se limpa, pior é que alem de suja esta toda remendada e esburacada com o sistema de lixo ainda não resolvido e a Saude pessima e ainda por cima a dengue devorando a vida da gente.

  • dani | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 10h57
    0
    0

    para e pensa endureder com trafego de veiculo nao resolve o que precisa é de investimentos, exemplo metro de superficie, faixa exclusiva para onibus, viadutos, ampliaçao de avenidas........... e valorizar o dinheiro dos empresarios que pagam ipva, iptu, issqn, nao vai dar espaço é muito imposto deixa pra la

  • Gilvan | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 10h56
    0
    0

    Timoneiro, se arrependimento matasse você colocaria o norte de sua bússola na dieração de uma escola e teria estudado não é mesmo. Pois, só se escreve o "M" antes de P e B. Faça-me o favor.

  • Abraão | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 10h11
    0
    0

    Timoneiro vai procurar o que fazer será que vc já foi pelo menos coveiro de cemitério, deixa o homem trabalhar. se ordena, reclama, se não faz nada, reclama, se faz, reclama, fica difícil

  • timoneiro | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 09h44
    0
    0

    QUE MORAL ESSE PINOQUIO TEM PARA FAZER CRITICAS HA ALGUEM,ENGUANTO ISSO CUIABA VAI SE TORNANDO UM GARRIMPO A CEU ABERTO,EITA SE ARREPEMDIMENTO MATASSE.

  • Tania | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 09h41
    0
    0

    Tá certo o sr. prefeito ao regulamentar o trânsito de pesados e preocupar com o visual da cidade, a única coisa sobre o kassab é que o paulistano tomou as decisões sem conversar aki tudo foi democrático

  • Rodrigo Ormond de Avelar | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 08h29
    0
    0

    Sr. Prefeito não fala mais nada não, o sr. esta se perdendo em seus discursos, esta ficando esquecido e cego. Como diz o ditado: Cada macaco em seu galho, volta para sala de aula ou tente pleitear uma vaga no legislativo, porque no executivo o sr. ja provou que não tem aptidão nenhuma para administrar.

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.