Executivo

Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014, 11h:16 | Atualizado: 16/04/2014, 11h:27

Prefeito "doa" R$ 70 mil à Saúde

Para evitar demora de licitação, Francis Maris compra remédios por conta própria

Depois do desmantelamento da Operação Fidare pela Polícia Federal, o prefeito de Cáceres, Francis Maris (PMDB), a fim de evitar irregularidade na gestão, vai tirar dinheiro do próprio bolso para compra de medicamentos para a secretaria de Saúde. O intuito é não precisar passar por licitações. Até agora, segundo ele, foram “doados” R$ 70 mil. “Não é justo (retirar do próprio bolso), mas para não acontecer fraudes eu prefiro pagar de meu bolso”, explica o chefe do Executivo ao Rdnews.

De acordo com o prefeito, o modo como eram feitos os procedimentos para adquirir medicamentos facilitava a fraude. Nas gestões anteriores o Executivo adquiria os remédios para posteriormente fazer a licitação. “Era costume fazer isso nas outras gestões”, enfatiza.

Para Francis a operação foi um divisor de águas ao mostrar que quem comete crimes acaba preso e inibe outras pessoas a cometerem o mesmo erro. Até agora, o gestor efetuou três mudanças na gestão. Nomeou novos comandantes para as secretarias de Finanças e Administração, além de Controladoria Geral.

A auxiliar administrativa Anilce Ribeiro assumiu a Administração no lugar de Célia Egues, exonerada apesar de não ter sido presa, apenas conduzida pela PF para prestar depoimento. Ao servidor Alexandre Silva Fagundes foi atribuído o comando das Finanças no lugar do então secretário Odiner Gonçalves, preso na operação. Já o contador Arnaldo Donizete Tralde ficou encarregado da Controladoria Geral do município no lugar de Renan Rangel Ramos da Silva, também preso na operação.

A Operação foi desbaratada em 1° de abril, quando servidores da prefeitura tiveram a prisão decretada por possível fraude em três programas do Ministério da Saúde, nos últimos dois anos. Entre os presos estavam o ex-secretário de Saúde, Luiz Paz Landim, que agora está em liberdade. Dentre o rol de pessoas afastadas da prefeitura, estão os procuradores Gilberto Costa e Maria Luiza Vila Ramos de Faro, que também foi secretária de Saúde, além dos servidores Diego Antonini que era do pronto-socorro e a dentista Jaqueline Navarro - secretária de Saúde por um mês.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Odenor | Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014, 08h04
    0
    0

    A Prefeitura de Cáceres está tão desarrumada, que não conseguem nem fazer licitação. Como as coisas mudaram da Administração de Antonio Fontes para cá.

  • Donizete Ferreira do Nascimento | Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014, 15h42
    0
    0

    Não sou da área do Direito, mas será que foi feita licitação para a doação?

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.