Executivo

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 07h:26 | Atualizado: 24/02/2021, 11h:06

Coronavírus

Prefeito elogia MP que autoriza compra de vacinas por cidades, mas teme picaretas

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) comemorou a aprovação da Medida Provisória (MP) 1026/21, que facilita a compra de vacinas, insumos e serviços necessários à vacinação contra a Covid-19, com dispensa de licitação e regras mais flexíveis para os contratos. A MP, aprovada na noite dessa terça (23), será enviada ao Senado.

O texto também determina que a aplicação de vacinas nos brasileiros deverá seguir o previsto no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde.

Na sessão do Plenário, foi aprovado o parecer do relator, deputado federal  Pedro Westphalen (PP-RS), que autoriza os estados e os municípios a comprar e aplicar as vacinas se a União não adquirir doses suficientes para a imunização dos grupos previstos no plano de vacinação. No Senado é debatido um projeto específico sobre a aquisição de vacinas.

Luiz Alves

Prefeito Emanuel Pinheiro - decreto emerg�ncia

“Sou favorável a compra de vacinas por estados e municípios desde que as aquisições tenham a chancela do ministério da Saúde e da Anvisa. Nesse mercado existe muita picaretagem.  O Brasil tem 5.570 cidades. Então, não é possível que os prefeitos saiam adquirido imunizantes sem orientação e controle do Governo Federal”, defendeu Emanuel em entrevista ao .

Na última sexta (19), antes da aprovação da MP, representando os prefeitos do Centro-Oeste, Emanuel reivindicou a compra de vacinas pelos estados e municípios em reunião com o ministro da Saúde Eduardo Pazuello. A resposta, no entanto, foi negativa sob alegação separar quem têm competência para comprar o imunizante e quem não têm criaria uma crise muito grande entre os entes.

Emanuel também afirmou que caso a União não forneça as vacinas necessárias para atender a população cuiabana, a prefeitura pode utilizar a MP para adquirir imunizantes. Segundo ele, os recursos seriam obtidos através de esforço administrativo.

“Como todos os municípios brasileiros, enfrentamos dificuldades financeiras. Mesmo assim, elegendo a compra de vacinas como prioridade e fazendo esforço financeiro, será possível adquirir o maior número de lotes possível para atender a população cuiabana. Por enquanto, contamos com as vacinas fornecidas pelo Ministério da Saúde”, completou o prefeito, lembrando que seu filho, deputado federal Emanuelzinho, votou favorável à MP.

Reprodução

vacina emanuelzinho

 

A iniciativa segue julgamento iniciado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça no qual a maioria decidiu permitir a estados e municípios a compra e distribuição de vacinas contra a Covid-19 se o Governo Federal não cumprir o Plano Nacional de Imunização ou caso as doses previstas sejam insuficientes. O julgamento foi motivado por ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) apresentada no fim de 2020.

O relator lembrou que o surgimento de variantes do vírus mostra “a necessidade de imunização de toda a população para a salvaguarda da vida e da saúde” com as garantias jurídicas para acelerar a compra das vacinas.

Setor privado

Após negociações de última hora com a oposição e o governo, o relator desistiu de manter no texto a previsão de as entidades privadas da área de saúde comprarem vacinas e administrá-las, contanto que doassem metade ao Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto os grupos prioritários estivessem sendo vacinados.

Dessa forma, permanece a compra apenas pelo setor público. (Com informações da Agência Câmara de Notícias)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Gumercindo | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 16h29
    0
    0

    Agora que Cuiaba esta na serie A do brasileirão, somos conhecidos no mundo todo, vai la mané, chega na fabrica da pfizer e ja compra 1 milhão de doses, cuiabá tem cacife pra isso agora. Ta facil agora, pagou, levou. Avião chegando, chama a imprensa, ja tira foto ao lado da carga e de uma velhinha sendo vacinada. Faz igual o doria e 2022 ta garantido como governador.

  • Juca | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 16h20
    2
    0

    Agora sim, quero ver a desculpa de prefeitos e governadores vão arranjar quando ver que a falta de vacina é no mercado mundial, pode ter o dinheiro que for mas a procura e muito maior que a oferta. Culpavam o governo federal e agora vão culpar quem? Esperando de camarote pra ver qual vai ser a desculpa agora desses governantes. Vamos la manezinho, se ta liberado agora ta fácil comprar, afinal culpa era do Bozo né. Faz a oferta, manda a grana e vê se consegue comprar na frente de americanos, chineses, ingleses. Semana que vem as vacinas ja devem estar aqui em Cuiaba pra vacinar toda a população.

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS