Executivo

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 11h:42 | Atualizado: 16/04/2018, 12h:04

Câmara de Cuiabá

Prefeito garante respeitar "ruptura" do presidente da Câmara e prega harmonia

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirma que respeita a decisão do presidente da Câmara Justino Malheiros (PV), que deixou a base do prefeito para adotar postura independente em relação ao Executivo municipal. “Essa independência com harmonia é a construção institucional que eu quero na minha relação com Poder Legislativo”, desconversa o emedebista após lançamento da 13ª Caravana da Transformação, nesta segunda (16), na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Assessoria

prefeito de cuiaba emanuel pinheiro

Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro participa da Caravana da Transformação

No início do mês, Justino colocou à disposição os cargos indicados por ele na Prefeitura de Cuiabá. Essa ruptura acaba por encerrar um ciclo de quase dois anos na base, já que o parlamentar tinha se aliado ao emedebista antes mesmo das eleições de segundo turno de 2016. Justino disse que o Legislativo é considerado "patinho feio" e tem acumulado muito desgaste nos embates entre os parlamentares acerca do prefeito.

Emanuel lembra que as famílias Pinheiro e Malheiros possuem mais de 70 anos de amizade. Conta que o pai de Justino, o ex-deputado estadual João Malheiros, é um de seus melhores amigos da vida pública. Ambos foram vereadores por Cuiabá e deputados estaduais na mesma época.

Para sustentar que não houve abalo na relação, o prefeito considera Justino seu amigo e companheiro independentemente da política. Sustenta que sabe separar a sua relação pessoal com a questão institucional. “Hoje não mistura amizade pessoal com isso. Respeito muito essa relação e acho que tem que ser fortalecida com base na independência e harmonia”, sustenta.

Justino foi um dos vereadores que ajudaram a encerrar a CPI do Paletó que investiga o prefeito, antes mesmo de ouvi-lo. No requerimento apresentado pelo parlamentar, ele pediu o fim das oitivas e a conclusão dos trabalhos até março passado. A proposta foi aprovada, no entanto, a discussão do andamento dos trabalhos estão suspensos pela Justiça.

Eleição da Mesa

Questionado se a insatisfação de Justino tem a ver com a eleição da Mesa Diretora, da qual Emanuel não apoiaria a tentativa de reeleição, o prefeito garante que não interfere na discussão. Além de Justino, hoje estão na briga pela presidência os vereadores Renivaldo Nascimento (PSDB) e Misael Galvão (PSB). “Não me envolvi na dele e nem vou me envolver na próxima. Decisão interna dos 25 vereadores. Não cabe ao prefeito ficar colocando a colher”, sustenta.

Justino teria alegado também que alguns vereadores vêm sofrendo injustiça pela imprensa por serem perseguidos. Nos últimos dias, parlamentares foram denunciados por supostamente abrigarem funcionários fantasmas em seus gabinetes e abrigarem parentes na prefeitura. “Ter situações denunciadas e falar que é perseguição, não cabe. A imprensa não persegue ninguém, é dura e às vezes injusta, mas não persegue”, avalia.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Cuiabano | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 15h24
    0
    0

    E os cargos que ele colocou á disposição??? pelo que vi nos jornais o irmão dele é secretário adjunto de obras e está ainda no cargo???cadê as exonerações das indicações???

Matéria(s) relacionada(s):

Selma sob risco de ganhar e não levar

selma arruda curtinha   Uma das grandes surpresas nas urnas de MT, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), eleita senadora na 1ª vaga, ao alcançar 678.542 votos, ainda vai ter muita dor de cabeça até o fim da investigação em que é acusada de abuso de poder econômico, através de caixa...

Deputado culpa Emanuel pela derrota

valtenir pereira curtinhas   Valtenir Pereira (foto), do MDB, tem culpado, em parte, pela derrota nas urnas pelo quarto mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, do mesmo partido. Em privado, reclama que o prefeito, que recebeu o seu apoio para chegar ao Palácio Alencastro em 2016, lhe passou as pernas, pois havia se comprometido em...

Eraí paga R$ 1 mi de dívidas de Taques

erai maggi   O empresário Alan Malouf revelou, em delação no STF, que em meados de 2016, já no segundo ano do Governo Taques, o rei da soja Eraí Maggi (foto), do Grupo Bom Futuro, lhe pagou R$ 1 milhão, inclusive em espécie. Segundo Alan, o pagamento serviu para abater o débito de parte de um...

Modesto embolsa R$ 300 mil de extra

julio modesto curtinhas   Não foi somente Paulo Brustolin, que recebera salário extra milionário para comandar a pasta de Fazenda do Governo Taques, totalizando R$ 1,4 milhão (R$ 500 mil de "luva" e mais R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015). Segundo o delator Alan Malouf, um grupo de empresários,...

Mais de R$ 1 milhão só de salário extra

paulo brustolin sefaz curtinhas   Em delação homologada no Supremo em janeiro deste ano, o empresário Alan Malouf conta que o executivo Paulo Brustolin (foto), numa negociação chancelada pelo governador Taques, recebeu R$ 500 mil a título de "luva" para assumir o cargo de secretário estadual de...

Vice migra para PP e deve ir a prefeito

ubaldo barros curtinha   O vice-prefeito de Rondonópolis, professor universitário e empresário Ubaldo de Barros (foto), só esperou o resultado das urnas para migrar de partido. Trocou o PSL pelo PP, que terá uma cadeira na Câmara, com Neri Geller, e outra na Assembleia, com Paulo Araújo. Embora...

Pivetta atuará como gestor do Núcleo

otaviano pivetta curtinhas   Com carimbo de bom gestor que ajudou Lucas do Rio Verde, enquanto prefeito por 3 mandatos, a ganhar o topo nacional em referências, como de IDH e de educação, o empresário e vice-governador eleito Otaviano Pivetta (foto), do PDT, não vai assumir secretaria na gestão Mauro. Mas...

Distante e com maior votação em ROO

adilton sachetti curtinha   Embora distanciado de Rondonópolis - vive mais em Cuiabá -, o deputado federal e sojicultor Adilton Sachetti conquistou uma votação histórica ao Senado no município. Dos 333.082 obtidos nas urnas, 61.397 vieram da cidade onde ele foi prefeito e depois perdeu a...

Respaldo dá a Taques a maior votação

thelma de oliveira curtinha   Diferente de Rondonópolis, onde o apoio e empenho do prefeito Pátio contribuiu para tirar voto de Taques, em Chapada dos Guimarães, a prefeita Thelma de Oliveira conseguiu entregar o que prometeu de votos. Ela teve uma participação importante na boa votação do governador...

MAIS LIDAS