Executivo

Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 14h:41 | Atualizado: 04/02/2019, 17h:02

BOM JESUS DO ARAGUAIA

Prefeito interino, presidente da Câmara e ex-vereador devem disputar prefeitura

Reprodução

Mans�o, Rone do Murer� e Silvio do Lat�cinio

Ex-vereador Mansão e vereadores Rone do Mureré e Silvio do Latícinio são pré-candidatos da eleição suplementar

Mal terminou as eleições gerais de 2018 e o município de Bom Jesus de Araguaia (a 983 Km de Cuiabá) se vê as voltas mais uma vez com as urnas. Em 7 de abril, os quase 5 mil eleitores irão escolher seu novo prefeito e vice, após a Justiça Eleitoral cassar o mandato de Joel Ferreira (PSDB) e Edmarcio Moreira (PRP). A eleição suplementar já foi regulamentada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

Três nomes já despontam como principais postulantes ao cargo de chefe do Executivo. São os vereadores Ronaldo Rosa de Oliveira (DEM), mais conhecido como Rone do Mureré - que atualmente é o prefeito interino no município -, e Silvio Dantas (PDT), chamado de Silvio do Latícinio. Além deles, o ex-vereador Marcilei Alves de Oliveira, conhecido como Mansão (PSB). Os três ainda são pré-candidatos.

Ronaldo disse que sua decisão final depende de pesquisa eleitoral junto a população no município. “Mas do jeito que está hoje eu vou participar”, disse. Ronaldo assumiu como interino, desde a cassação de Joel e Edmarcio. Na época, ele era o presidente da Câmara de Vereadores.

Quem passou a ocupar o seu lugar da presidência da Câmara, na última sexta (03), foi o vereador Silvio, eleito novo presidente da Mesa Diretora. “Eu vou disputar, se Deus quiser”, pontuou. Ele sairá como oposição ao partido de Ronaldo nas eleições.

Como ambos são vereadores, não é necessária a desincompatibilização, isto é, o afastamento funcional do cargo público ao qual pertence. As convenções partidárias serão realizadas de 20 a 22 de fevereiro. Nestas datas, partidos poderão deliberar sobre a formação de coligação e escolha dos nomes em que sairão candidatos.

Vereador por dois mandatos e ex-presidente da Câmara, Mansão aposta na articulação com lideranças estaduais para garantir recursos ao município. Na eleição de 2016, ele foi candidato a vice-prefeito na chapa do então candidato a prefeito Marcos Reinert (MDB).

Para esta eleição, o pré-candidato do PSB articula uma chapa com presença de MDB, PR, Pros e PMB. "Mesmo fora do mandato nos últimos dois anos, a gente conseguiu articular R$ 1,1 milhão em emendas junto do deputado Valtenir [Pereira do MDB], sendo R$ 150 mil para Saúde e R$ 1 milhão para a construção da infraestrutura do lago, um local de lazer para a cidade. Temos muitos serviços prestados como construção do mini-estádio, entrega de trator, emendas para obras de asfaltamento, entre outras".

O novo prefeito que for assumir o cargo deverá ficar até dezembro de 2020 – tempo igual que o prefeito ficaria se não fosse cassado.

A cassação

Em julho de 2018, Joel Ferreira e seu vice tiveram os mandatos cassados por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio (votos). Eles se reelegeram em 2016. Segundo o processo, eles teriam utilizado maquinário da Prefeitura para construção e reformas de açudes e represas em quase 100 propriedades rurais particulares.

Os dois interpuseram mais dois recursos para reverter a decisão. Mas ambos foram negados pela Justiça Eleitoral. Eles não quiseram recorrer da segunda negativa ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além da perda de mandatos, Joel e Edmarcio foram declarados inelegíveis pelos próximos 8 anos e deverão pagar multa no valor de R$ 31.923 mil.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

Adevair vai para PTB e quer ser vice

adevair cabral curtinha   O PTB, que hoje não tem um representante entre os 25 vereadores cuiabanos, vai abrigar dois parlamentares, o presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, hoje no PSB, e o primeiro-secretário da Mesa, o tucano Adevair Cabral (foto). O curioso é que ambos chegam na legenda petebista...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.