Executivo

Quinta-Feira, 10 de Abril de 2014, 16h:31 | Atualizado: 10/04/2014, 16h:33

Prefeitos e prazo para prestar contas

Os 141 prefeitos do Estado têm até a próxima quarta (16) para entregarem as contas de governo, do exercício de 2013, para parecer prévio feito pelo Tribunal de Contas (TCE). Neste procedimento são analisados os balanços gerais, relatórios, execução do orçamento, do plano de governo, dos programas e das políticas públicas e demonstração da situação financeira e patrimonial de cada Executivo.

O TCE lembra que não cabe ao Tribunal julgar contas de governo, pois este processo é conduzido pelo Legislativo. De todo modo, as contas de gestão são julgadas pela Corte, tendo em vista que tratam de aspectos técnicos como a legalidade dos procedimentos de despesas, a regularidade dos atos e contratos administrativos e destinação dos gastos públicos. Estas contas são baseadas nas notas de empenho, ordens de pagamento, comprovantes de despesas, processos licitatórios, contratos e atos administrativos.

Nos últimos dois anos, a irregularidade de maior frequência cometida pelos prefeitos foi a falta de acompanhamento e fiscalização da execução contratual. Isso porque a legislação determina que os contratos sejam acompanhados por um representante da administração, especialmente designado. Tem chamado à atenção do controle externo, o aumento de registros contábeis incorretos e a realização de despesas consideradas não autorizadas.

Em 2013, quando foram julgadas contas de gestão e de governo relativas ao exercício de 2012, o TCE julgou e emitiu pareceres sobre as contas de 526 órgãos públicos. Foram 176 órgãos municipais, entre fundos previdenciários e serviços de água e esgoto, 141 Câmaras Municipais, 141 prefeituras, 61 órgãos estaduais, entre secretarias e fundações, Governo, Tribunal de Justiça, Assembleia, Tribunal de Contas, Ministério Público e Defensoria Pública.

De acordo com o relatório elaborado pela equipe da secretaria Geral do Controle Externo (Sedecex), as principais falhas cometidas pelos gestores são acerca da execução de despesas, contratos e licitações que chegam a 23% das irregularidades. Ao passar dos anos, contudo, houve melhoria nas contas de gestão das prefeituras.

Neste ano, foram julgadas 29 contas de gestão irregulares, referentes ao exercício de 2012. Em 2010 foram 50 balanços irregulares e em 2011 reduziu para 42 processos. Em relação às contas de governo, foram 24 pareceres prévios contrários à aprovação, número superior aos anos anteriores: 9 nas contas de 2011 e 14 nas de 2010. O aumento das falhas nas contas de governo se deve ao final de mandato dos gestores que deixaram de cumprir as regras de transição. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Álbum de casamento para 300 casais

marcia pinheiro 400 curtinha   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.