Executivo

Quarta-Feira, 29 de Julho de 2020, 09h:16 | Atualizado: 29/07/2020, 14h:14

ECONOMIA

Prefeitura e feirantes organizam volta às atividades; setor está parado desde março

Luiz Alves

feira cuiabá

A Secretaria de Agricultura, Trabalho E Desenvolvimento Econômico se reuniu com representantes das associações de feirantes e ambulantes de Cuiabá para elaborar uma proposta de retomada das atividades das categorias. O encontro aconteceu segunda (27), após anúncio de novo decreto municipal nº 8.020, feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro em live no mesmo dia. O decreto autoriza a volta das atividades econômicas em Cuiabá.

“Por determinação do prefeito, nos reunimos com ambulantes e feirantes no mesmo dia do anúncio da flexibilização da quarentena obrigatória. Com muito diálogo, mediamos a concepção de uma proposta de retomada gradativa das atividades, seguindo todas as medidas de biossegurança, que será apresentada ao prefeito para avaliação e aprovação”, explicou a secretária de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques.

As categorias estão com atividades paralisadas desde o fim do mês de março. Para minimizar a crise do setor por conta da pandemia, a prefeitura criou o “Renda Solidária”, programa de transferência de renda para 1.687 trabalhadores autônomos, dentre feirantes, ambulantes, transporte escolar, carroceiros e catadores de recicláveis.

Por meio do Renda Solidária, estes trabalhadores inscritos na Prefeitura de Cuiabá, vão receber o valor de R$ 500, pelo período de três meses. As parcelas quitadas até o momento são referentes aos meses de maio e junho, totalizando R$ 1 mil para cada trabalhador e um aporte total do município no valor de R$ 958 mil. Conforme a programação, a última cota deve ser paga no início de agosto.

O valor total do programa é de R$ 2.530.500. O remanejamento do recurso será feito da seguinte forma: R$ 660 mil da suspensão das verbas indenizatórias (VI) do prefeito, vice-prefeito e secretários; R$ 870,5 mil transferidos dos serviços administrativos da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária; e R$ 1 milhão de encargos de tarifas bancárias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Os Matogrossenses | Quarta-Feira, 29 de Julho de 2020, 11h40
    1
    0

    EMANUEL PINHEIRO ISSO QUE É ENGRAÇADO FOI LIBERADO OS BARES, RESTAURANTES E A FEIRA VAI ABRIR GRADATIVAMENTE? NÃO DÁ PARA ENTENDER ESSA SITUAÇÃO..... É PRECISO REVER PREFEITO

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.