Executivo

Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 19h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

PALÁCIO ALENCASTRO

Prefeitura lança edital do lixo

Paulo Borges  A Prefeitura de Cuiabá deve lançar nesta semana o edital de licitação para contratar uma nova empresa para realizar a coleta de lixo. Hoje o serviço é alvo de muitas críticas porque em alguns lugares o recolhimento ocorre precariamente. Conforme o secretário de Infraestrutura Paulo Borges, para sanar esses problemas o certame prevê a contratação de até 30 caminhões. Hoje apenas 20 percorrem a cidade para coletar as mais de 450 toneladas de lixo, que são colocadas diariamente pela população nas lixeiras.

  “Vão ser 15 caminhões trucados, que conseguem coletar 16 toneladas de lixo e outros 15 menores, que possuem capacidade para 8 toneladas. Com mais veículos e pessoas trabalhando o serviço será melhor e atenderá a demanda da Capital”, explica Borges, que assumiu a pasta no último dia 20, em meio a uma verdadeira crise provocada pela prestação de serviço precária por parte da empresa carioca Delta.

    Antes dele, o ex-prefeito de Poconé Euclides Santos comandava a pasta. O lançamento do novo edital é bastante aguardado porque há tempos a prefeitura mantém contratos emergenciais. A prefeitura, inclusive, chegou a lançar um certame, mas teve de cancelar após intervenção do TCE, que detectou falhas.

Confira aqui o cancelamento da primeira licitação

  Antes da Delta, o serviço era prestado pela Qualix, mas o contrato, que venceria em 12 de agosto, foi cancelado depois que a empresa praticamente não realizava a coleta. Há algum tempo o Ministério Público faz pressão. Assinou até um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e agora o novo processo licitatório deve ocorrer, regularizando a situação. O modelo adotado pela prefeitura vai ser o de tomada de preço, por isso, a nova empresa deve ser contratada em 30 dias.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • malu | Terça-Feira, 09 de Novembro de 2010, 07h43
    0
    0

    Será que o Chico esta usando a mesma tatica do WS, de informar a imprensa do lançamento do Edital. O WS informou aproximadamente o lançamento de uns 04 editais e não lançou nenhum, ou seja, é so para enganar pois não é de interesse ter uma empresa funcionando corretamente. Vamos ver o custo desse edital pois o Pref. informou que iria economizar aproximadamente R$ 500 mil reais mensais com a DELTA e não é isso que vemos, ou se esta economizando o serviço não esta sendo prestado a contento.

  • ana | Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 20h40
    0
    0

    SÓ ESPERO QUE NESSE EDITAL O SENHOR PREFEITO INCLUA A COLHETA SELETIVA COLOQUE PELO MENOS DOIS CAMINHÔES PARA FAZER ESSE SERVIÇO QUE VAI AJUDAR A REDUZIR E MUITO O LIXO DO ATERRO SANITARIO.

  • Marcos | Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 20h29
    0
    0

    É BOM O SECRETARIO " BONECO DE OLINDA" COMO É CONHECIDO, PARAR DE BLABLA E TRABALHAR. ESSE TAL DE EDITAL O PREFEITO JÁ MAIS DE TRÊS MESES ANUCIOU QUE IA LANÇAR, QUE A SECRETARIA DE PLANEJAMENTO JÁ TINHA ELABORADO E ESTAVA NA PROCURADORIA PARA O PARECER, ENTÃO NADA É NOVIDADE A NÃO SER O LIXO QUE ACUMULA CADA DIA MAIS.

  • Martins | Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 20h05
    0
    0

    VAI TRABALHAR VEREADOR....PARA DE BLA..BLA..BLA

  • Martins | Segunda-Feira, 08 de Novembro de 2010, 20h03
    0
    0

    Já tem mais três mêses que esse edital disqui está pronto e não é lançado, o prefeito já anunciou varias segunda feiras o lançamento e até agora nada, esse sec. boneco de olinda, como é conhecido no meio politico, tem que trabalhar e parar de engromação, essa conversa de edital já tácheirando mal.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.