Executivo

Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 11h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Educação

Presidente da AMM diz que prefeitos não reclamam de reajuste dado aos professores

   O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Pedro Ferreira, diz que o reajuste no piso salarial dos professores, que passam a receber R$ 1.025,00, a partir deste mês, deve onerar os cofres municipais. O montante representa um incremento de 7,86% em relação ao piso anterior para 40 horas semanais, de R$ 950, fixado em junho de 2008 com a sanção da Lei 11.738. Pedro garante, porém, que a medida já era esperada e que, por isso, não foi surpresa para os prefeitos de Mato Grosso. "Eles já estavam esperando. Na verdade, o reajuste não é coisa de agora. Há uns dois ou três anos os prefeitos já fazem adequações para cumprir os pagamentos", diz Pedro.

   Mesmo afirmando que o rejuste já era esperado, o presidente da AMM e prefeito de Jauru diz que o aumento poderá inchar ainda mais a folha de pagamento de alguns municípios que já sofrem para conseguir cumprir a lei do Fundeb, que obriga cada Estado ou município à aplicar no mínimo 60% dos recursos do Fundeb com pagamento de profissionais do magistério. Nesta conta entram o 13° salário, um terço de férias e os encargos com a previdência social. "Existem cidades em que os prefeitos terão de utilizar mais do que os 60%, mas de uma forma geral não há reclamações por parte dos gestores, que entendem que a educação é prioridade", diz.

   De acordo com dados do Ministério da Educação, o Brasil tinha em 2007, 1,8 milhões de professores na educação básica na rede pública. Destes, 1,2 milhões trabalham em um turno de 20 horas semanas, 570 mil tem jornada de 40 horas e outros 112 mil trabalham em três turnos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.