Executivo

Sábado, 19 de Outubro de 2019, 07h:40 | Atualizado: 19/10/2019, 09h:12

Perseguição política

Professora acredita ter sido demitida da Unemat após fotografia pró-Bolsonaro

Josenai Terra prepara ação judicial pleiteando que a Justiça reconheça que houve perseguição política

Reprodução

Unemat Bolsonaro professora Josenai

As fotografias foram tiradas em setembro de 2018, em plena campanha eleitoral

 A Josenai Terra, que tem orientação   ideológica conservadora e de direita, acredita que foi demitida da Unemat antes da conclusão do seu contrato temporário por ter apoiado a candidatura do hoje presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).   Por isso, se considera vítima de perseguição e vai buscar reparação na Justiça.

Ocorre que a professora Josenai, junto com alunos do campus do Tangará da Serra, fez fotos apoiando Bolsonaro às margens da MT-358 com a Unemat ao Fundo. Numa delas, aparece entre os lados que fazem armas com as mãos e na outras formando o símbolo “B 17” em alusão ao número do então candidato.

A professora Josenai lecionava na Unemat em caráter emergencial desde 2017 e fez as fotos pró Bolsonaro em setembro do ano. Após duas avaliações feitas por alunos, ela acabou demitida em junho deste ano após um procedimento sem direito a defesa, sendo que o contrato acabaria somente em dezembro.

Inclusive, Josenai alega que foi avisada por colegas que seria demitida por conta das fotos em favor de Bolsonaro.  O Distrato 059/2019 em que a  Unemat dispensa seus serviços foi comunicada pelo    reitor Rodrigo Bruno Zanin.

O caso ganhou notoriedade nesta semana porque o  deputado estadual Sílvio Fávero (PSL), que também é bolsonarista,  usou a tribuna da Assembleia para denunciar a possível perseguição contra Josenai. Inclusive, aproveitou para homenageá-la no  Dia do Professor.

Queremos que a Justiça reconheça essa fato até para que a pluralidade de ideiais seja respeitada no ambiente acadêmico e outros docentes ou até mesmo alunos não sejam perseguidos por seus posicionamentos políticos

Advogado Caio Garcia

Mesmo demitida da Unemat, Josenai manteve a disposição de luta pelos valores conservadores e de direita. Em julho, participou do lançamento do Grupo Docentes pela Liberdade. O movimento nacional    se propõe a "desesquerdizar" a educação em Mato Grosso e em todo país.

O advogado Caio Garcia, que representa Josenai, afirmou que a ação judicial será interposta nos próximos dias. Ele explica o objetivo não é buscar reintegração, mas comprovar que a professora foi demitida por causa de perseguição política.

"A professora Josenai leciona há mais de 20 anos, sempre com desempenho satisfatório. Essas avaliações e o procedimento deixam claro que o distrato foi provocado pela posição política. Queremos que a Justiça reconheça essa fato até para que a pluralidade de ideiais seja respeitada no ambiente acadêmico e outros docentes ou até mesmo alunos não sejam perseguidos por seus posicionamentos políticos", disse ao .

Em nota, a Unemat afirma que compete aos colegiados dos cursos, dentre outras atribuições, aprovar os planos de ensino das disciplinas, assim como, acompanhar o desempenho didático-científico-pedagógico dos docentes a partir dos planos de ensino elaborados com base na proposta curricular.

“Nesse sentido, o colegiado de curso possui autonomia para deliberar sobre a necessidade de realização de processo seletivo para a contratação emergencial de docentes, assim como seu distrato”

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • R | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h29
    0
    0

    mimimi ou vitimismo?

  • Rafael | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h12
    1
    2

    O incrível caso da professora que quer ter dois trabalhos de dedicação exclusiva (SESITEC E UNEMAT).

  • fabito | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 11h21
    4
    5

    VICENTE, PORQUE NÃO FOI ESTUDAR EM UMA UNIVERSIDADE PARTICULAR???????????? VOCÊ VAI EM FESTA SEM SER CONVIDADO? SIMPLES MEU CAMARADA! OU VC ACHA QUE A CLASSE DE PROFESSORES SÃO FORMADAS POR DIREITISTAS???? QUEM SE PREOCUPA COM ENSINO PUBLICO NO FIM DO MUNDO ONDE VC MORA, SÃO ESSES PROFESSORES! ERGA A MÃO PARA O CÉU, AGRADECER!! SENÃO ESTARIA SEM GRADUAÇÃO ATÉ HOJE!!!

  • Vicente | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 06h47
    6
    7

    Essa UNEMAT é um chiqueiro petista, quem tiver pensamento diferente certamente será eliminado.... Fui aluno e para me formar tive que apenas dizer "sim" as idiotíces pregadas por esses " pensadores", caso contrário, estaria até hoje sem concluir o meu curso.

  • Joaquim Alves | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 23h38
    6
    10

    É de matar de vergonha professor e alunos defendendo Bolsonaro. Pelamor... Brasil é único país do mundo que possui ministro contra-educação, contra universidade, é único país em que presidente acredita que é possível avançar enquanto país sem ciência, sem tecnologia, sem educação. Pagamos caro por um ogro como presidente.

  • alexandre | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 10h08
    13
    8

    30 anos de gramicismo cultural, derreteu o cérebro das pessoas, o socialismo afunda, quando acaba o dinheiro dos outros, ou o estado quebra..

  • Alexandre | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 09h34
    9
    14

    Sem cabimento e fora de qualquer padrão lógico, a universidade, assim como qualquer empresa, demite quando não é mais necessário o serviço do servidor, digo mais, o contrato tem data e início e pode ser findado a qualquer tempo por ambas as partes, a UNEMAT é um a instituição de renome e respeito, trata seus contratos com rigor e não se daria ao capricho de fazer o alegado na matéria acima....

  • Maria Auxiliadora | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 01h14
    12
    12

    Uai cadê a defesa aguerrida da escola sem partido?? Ou seria escola sem PT??? escola com psl pode! O rabula fala em respeito à pluralidade de ideias, rachei de rir, pois esta frase vindo de quem seguem um proto ditador que defeca pela boca todos os dias sobre exterminar os esquerdistas, comunistas, socialistas, feministas, etc é no mínimo uma demonstração de ignobilidade sem precedentes. Acho bom importar um juiz de Curitiba, quem sabe ele cai nessa cantilena de velha carpideira que acha que só é errado quando os outros fazem.

  • Discente decente | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h49
    12
    9

    Deve se ouvir a instituição para saber sobre o distrato da profissional pois a mesma não é efetiva e pode assim ocorrer o distrato a qualquer momento....

  • Povo de Mato Grosso. | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h06
    11
    8

    As viúvas que perderam a teta do governo federal e mentem a todos sobre democracia são os que fazem essa universidade ser péssima avaliada. Vivem na "resistência" gritando lula livre e doutrinando os alunos. Com isso disseminando essa ideologia destrutiva que destruiu varias gerações e familias brasileiras.

Matéria(s) relacionada(s):

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 6 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, cinco ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.