Executivo

Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 12h:20 | Atualizado: 15/01/2020, 18h:18

PEC DA PREVIDÊNCIA

Professores terão que trabalhar 40 anos para ter aposentadoria integral - confira

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Quadro reforma previd�ncia professores

Quadro com o hoje e a proposta do Governo em relação a tempo de contribuição e idade

Com a PEC que será encaminhada pelo Governo à Assembleia, e que reproduzirá em Mato Grosso a reforma da previdência nacional, professores poderão se aposentar com 60 anos, no caso dos homens, e 58 anos, no caso das mulheres, uma diferença de apenas 5 anos em relação à regra geral que estabelece 65 e 62, respectivamente.

A proposta altera o atual modelo de aposentadoria diferenciada para a categoria, que se baseia por tempo de contribuição. Hoje em Mato Grosso, os homens que trabalham na Educação podem se aposentar com 35 anos de contribuição, enquanto que as mulheres com 25 anos, sendo homens com idade mínima de 55 anos de idade, e mulher com 50 anos de idade. Com a nova proposta, todos os servidores passam a contribuir com no mínimo 25 anos, e terão que contribuir por 40 anos caso queiram se aposentar com 100% do rendimento mensal. 

Para o presidente do Sintep, sindicato que representa os profissionais da Educação no Estado, Valdeir Pereira, toda proposta que se baseia na Emenda Constitucional 103, que é a reforma da previdência nacional, é injusta.

“Ainda não nos debruçamos sobre a PEC que o governo vai enviar à Assembleia, mas qualquer proposta que se baseie na reforma nacional é injusta. A educação tem peculiaridades. Os servidores da educação não suportam trabalhar mais do que o estabelecido, que são 30 anos para os homens e 25 anos para as mulheres”.

Valdeir aponta que caso a Assembleia aprove a PEC haverá aumento de afastamentos de professores por conta de doenças psicológicas e físicas, comumente sofrida pelos profissionais. “A profissão possui elevado nível de estresse que está relacionado à atividade em sala de aula. Outro problema recorrente são as doenças ocupacionais, como a LER, que é a lesão por esforço repetitivo. Muitos professores ao final de carreira precisam passar por cirurgias para reparar o problema e, mesmo assim, ainda permanecem incapacitados de continuar em sala de aula”.

Valdeir diz que o Sintep vai acompanhar as atividades de mobilização que serão definidas pelo Fórum Sindical para tentar convencer os deputados a não praticar “requintes de crueldades” com os servidores, especialmente, da educação, caso aprovem a PEC da Previdência estadual.

A minuta da reforma estadual foi aprovada ontem (14) pelo Conselho da Previdência. O projeto deve ser encaminhado nos próximos dias à Assembleia. Na última semana, os deputados aprovaram a primeira parte da reforma, que consistiu em aumentar a alíquota previdenciária de 11% para 14% sobre o salário dos servidores ativos e inativos que ganham acima de R$ 3 mil.

O governador Mauro Mendes (DEM) tem justificado que a reforma da previdência é necessária para equilibrar as contas do MT Prev, que é o regime de previdência estadual. Só em 2019, o deficit do órgão foi de R$ 1,3 bilhão, valor que precisou ser custeado pelo poder Executivo estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • JHOY | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 12h20
    1
    0

    É MUITO FÁCIL: HOJE OS SERVIDORES CIVIS, HOMENS, APOSENTAM EM MÉDIA COM 56 ANOS DE IDADE, PROFESSOR COM 53 COM SALÁRIO DE 5MIL, E MILITAR OFICIAL(CORONEL), COM 50 ANOS DE IDADE E SALÁRIO DE 30MIL. AUMENTE ESSA IDADE RESPECTIVAMENTE PARA 62, 57 E 55. MT DURANTE OS PRÓXIMOS 05 ANOS, SE APOSENTA ATUALMENTE 5000 SERVIDORES ANO, PASSARÁ A APÓSENTAR MENOS DE 1000. E DAQUI UNS 05 ANOS VOLTARA A APÓSENTAR QULESE 5.000, AFINAL, NINGUEM FAZ 62 OU 57 OU 55 ANOS TODOS NO MESMO DIA MES OU ANO. TRARIA UM BAITA FÔLEGO AS CONTAS PÚBLICAS DO ESTADO E SEGURANÇA JURIDICA, SE O CARA TEM HJ 42 ANOS E É SERVIDOR DA AREA CIVIL, ELE SABE QUE VAI APOSENTAR DAQUI A 20 ANOS QUANDO FAZER 62 ANOS. PONTO FINAL. ACABA COM TODO ESSE EMBRÓLIO E O SERVIDOR DARÁ UM BAITA, MAIS UMA BAITA COLABORAÇÃO E SACRIFÍCIO AO ESTADO.

  • Cabo Stive | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h57
    3
    10

    Fizeram GREVE DE 200 DIAS, TAÍ O COMPROMISSO DO GOVERNO COM VCS. INTRANSIGÊNCIA GERA INTRANSIGÊNCIA, PRONTO FALEI . E A PROFISSÃO + ESTRESSANTE É A DO POLICIAL, PROFESSOR TERMINA A AULA VAI PRO HAPPY HOUR, JOGA SUA SINUCA, DEU ZERO, EXPULSOU NÃO LEVA UM TIRO NA CARA É NEM NAS COSTAS VAI ONDE QUER SENTA onde quer. Policial é caçado pelos bandidos.

  • Pedrinho marvadeza | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 20h45
    1
    4

    Kkkkkkkkkk

  • dauzanades | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 17h55
    18
    0

    Políticos não fazem nada e o judiciário também. Maior mordomia. e se aposentam rapidinho. Esse governador de MT, é sem noção. Um arrogante prepotente que se acha intocavel e o senhor dos pincéis. Mauro Mendes, você comia sanduiche com sua esposa arrogante lá na salgadeira. Andava de passate amarelo batido e agora vem la de outro estado dizer que professores são isso que você publica. Tem razão, porque se tivesse tido professores na sua vida, não precisava ser político para enriquecer fácil, teria enriquecido trabalhando igual os professores.

  • Professor Silvio - soldado da educação | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 17h12
    23
    0

    Eu duvido se tem alguma profissão mais estressante que a do professor, lidar com 500 pessoas todos os dias não é nada fácil, em sendo verdade esta tabela muitos dos nobres colegas infelizmente não conseguirão se aposentar, fala-se do estresse da polícia militar mas se esquece que aquele que abre as portas para todas as demais profissões não tem o respeito dos governantes e de partes da sociedade, é a única profissão que trabalha sozinho, não tem um auxiliar de turma, é cobrado mesmo que as condições de trabalho sejam ruins, experimentem lecionar ao menos um ano de suas vidas e verão que o bom professor leva serviço pra casa e preocupações.

  • alexandre | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 14h43
    33
    1

    o GOVERNO ´so quer prejudicar os servidores do executivo, esqueceu de dizer que esses 70% são militares, que entram pra tropa com 18 anos..., tem gente que ganha 32 mil e vai pagar 11% de previdencia, quem ganha 5 mil , vai pagar 14%..

  • JEFERSON MATOS | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 13h40
    24
    1

    Não sabem nada sobre o assunto, não publiquem reportagem fantasiosa. Quem disse que não há idade mínima para se aposentar como professor atualmente ? Procurem a MTprev qualquer dúvida antes de publicar uma reportagem desse nível aqui. Mulher se aposenta como professora com idade mínima de 50 anos e 25 anos de magistério ,e homem 55 anos de idade e 30 anos de magistério. Integralidade salarial apenas aos Nomeados Efetivos antes de 11/12/2003. Quem entrou no serviço público, nomeação efetiva depois de 01/01/2004, é PROVENTOS PROPORCIONAIS. Isso é pra todo mundo.

  • antonio da silva | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 13h21
    5
    42

    Faz greve professorares só sabem fazer greves.

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

Grupo de EP e Kleber pra marketing

kleber lima 400 curtinha   O grupo do prefeito Emanuel Pinheiro decidiu abrir diálogo com o jornalista e marqueteiro Kleber Lima (foto), visando o pleito de outubro. Não há mais resistência a uma possível contratação de Kleber, independente de quem o grupo lançar ao Palácio Alencastro,...

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.