Executivo

Quinta-Feira, 24 de Junho de 2010, 19h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Cultura

Projetos culturais levam R$ 1 mi

   A secretaria de Estado de Cultura, sob Oscemário Daltro, acertou convênios com os municípios de Carlinda, Guarantã do Norte e Colíder, a fim de prover recursos financeiros para atender as despesas na realização de projetos tradicionais nas regiões. Para a "VI Expolinda", o Sindicato Rural de Carlinda conseguiu o montante de R$ 120 mil. Já para a organização da "16ª Expotã e 25ª Festa do Peão", a Associação dos Criadores de Guarantã do Norte "abocanhou" R$ 190 mil, enquanto o sindicato Rural de Colíder recebeu R$ 180 mil para realizar a "XXII Expolíder". Por sua vez, o Conselho Estadual de Cultura, presidido pelo cantor e produtor cultural Johnny Everson, aprovou 36 novos projetos que pleiteavam recursos pela lei estadual de Fomento à Cultura, disponibilizando uma verba total de R$ 1 milhão. Dos projetos que ganharam os incentivos, 29 são relacionados à música, somando R$ 777,7 mil. Os outros sete projetos, que visam a recuperação do patrimônio cultural do Estado, vão receber R$ 289,6 mil.

   As propostas de auxílio à música que receberam menor verba são os da Capital, na região da Baixada Cuiabana, e os situados em Juína, Cáceres, Alto Paraguai e Tangará da Serra. São 14 artistas que ganharam um auxílio de R$ 18 mil cada um para suas produções. O Festival de Samba Mato-Grossense, proposto por Walderlei Marques Pedro, teve R$ 26 mil aprovados pelos conselho. Onze outras mostras culturais e festivais que serão realizados na Capital e em Nova Xavantina, São José dos Quatro Marcos, Vila Bela, Nova Mutum, Paranatinga, Juína e Porto Espiridião ganharam R$ 30 mil cada para viabilizar seus projetos. Lassimi Maria Franco Perrone, de Rondonópolis, conseguiu R$ 29,7 mil para montar o seu "Tributo a um Grande Maestro". O Festival Calango e o Circuito de Rasqueado, propostos por Pablo Capilé e Marcos Levi de Barros, respectivamente, embolsaram R$ 70 mil do Estado.

   A prefeitura de Acorizal recebeu R$ 50 mil para restaurar fachadas do centro histórico, enquanto o governo de Vila Bela ganhou a mesma quantia para urbanizar as ruínas da Igreja Matriz. Na Capital, a proposta de Sandra Martello para restaurar a Igreja Nossa Senhora do Carmo faturou o mesmo valor, junto com a Fundação de Cultura e Turismo de Rosário Oeste, que pretende também restaurar o patriônio cultural histórico da cidade. A recuperação da fachada da Igreja Menino Jesus e as ruínas da Fábrica de Pólvora foram lembradas por Paulo Henrique Taques e José Alves Alonso, respectivamente. Cada um garantiu uma verba R$ 30 mil para realizarem os projetos. Já a Biblioteca Professora Leovídia Avelino de Moraes, em Cáceres, obteve R$ 29 mil para ser restaurada. O conselho estadual possui um caixa específico com o propósito de contemplar projetos culturais e individuais, apresentados por pessoas físicas ou jurídicas.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Carlos Bordin | Sexta-Feira, 25 de Junho de 2010, 19h17
    0
    0

    Olá Lislaine... Parabéns pela matéria. Mas se você analisar o Diário Oficial vai ver que tem muito mais Sindicatos Rurais levando a grana da Culltura de MT. Não se pode esquecer que através de canetadas para atender o Executivo, a Cultura do Estado investe em Festas de Peão de Sindicatos que já cobram entradas através de cartelas, recebem Emendas Parlamentares, diversos patrocinadores de grande porte e que deveriam ter como financiadora a FAMATO. Enquanto isso, a SEC elabora Editais de concorrência pública com "migalhas financeiras" para as atividades culturais dos municípios e da classe artística. E ainda, essas migalhas muitas vezes já "carimbadas" pelos Conselheiros da Cultura. Inúmeros projetos culturais, tanto de municípios quanto da classe artística, são jogados nas gavetas por falta de recursos. E olha que são projetos excelentes, sem fins lucrativos e que beneficiam a população como um todo. Se ao menos a SEC estivesse gastando as canetadas com projetos culturais sob o domínio do Estado, até que seria compreensível, mas com Festa de Peão? Dá para ver o tamanho do interesse político por trás de tudo isso... E os municípios e a classe continuam brigando pelas migalhas e divulgam o recurso como se fosse um troféu... Até quando?

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...