Executivo

Sexta-Feira, 21 de Maio de 2010, 18h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

OPERAÇÃO JURUPARI

Quem vê cara, não vê coração, diz secretário sobre servidores

Alexander Maia, secretário de Meio Ambiente - Foto: Josinei Moreira   O secretário estadual de Meio Ambiente, Alexander Maia, confirmou que 7 pessoas ligadas à Sema foram presas na Operação Jurupari, da Polícia Federal. Destas, 5 são servidoras e outras 2 já não fazem parte do quadro da secretaria. Maia anunciou que assim que tiver em mãos informações oficiais sobre os motivos das detenções, vai abrir procedimento administrativo contra os concursados. Segundo ele, o governo do Estado tenta não condená-los antes da hora. Mesmo assim, decidiu afastar todos os envolvidos.

   Os concursados também serão afastados e responderão a processo administrativo. "Estamos prezando pela valorização dos servidores e queremos identificar onde estão aqueles que não atuam com a eficiência correta. É também uma forma de valorizar os funcionários públicos", disse Maia. "Lamentamos o ocorrido e esperamos que todos sejam inocentes", completou o secretário.

   Ele admitiu que a prisão dos funcionários gera um certo desconforto, mas que ele têm a missão de identificar as pessoas que maculam o sistema e desgastam a imagem da pasta. “Tenho absoluta certeza que a maioria dos servidores desconhece qualquer tipo de irregularidade, mas é certo que quem vê cara não vê coração".

  Os servidores da Sema presos nesta sexta são Luciana Estevam (coordenadora de geoprocessamento), Alex Marega (secretário-adjunto de Mudanças Climáticas), Marizette Caovilla (servidora da Sema, cedida para o gabinete do governador Silval Barbosa), Karyn de Arruda Rebeschini e Carlos Vitor Junior. 

   Maia reforçou que vai buscar mais informações e que só a partir disso poderá fazer uma avaliação sobre o caso. Sobre as empresas que estariam manejando madeira florestal irregularmente, reforçou que também não teve acesso às informações sobre os empreendimentos. Conforme informações da Polícia Federal, ao menos 68 empreendimentos e propriedades rurais estão envolvidas no suposto esquema de movimentação, usando madeira de áreas protegidas. 

   O secretário avalia que as ações são positivas e que servem para punir quem não trabalha em conformidade com a lei. Contudo, Maia insinua que questões políticas podem ter motivado a operação. “Não quero crer que haja outros motivos”, declarou o secretário da Sema, em coletiva à imprensa. Os mandados de prisão foram assinados pelo juiz federal Julier Sebastião. Maia assumiu a pasta de Meio Ambiente em abril. Assumiu a cadeira de Luiz Daldegan, que também foi detido na Operação Jurupari.

Postar um novo comentário

Comentários (28)

  • Alvaro | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 10h24
    0
    0

    As colunas do império mágico estão caindo com efeito dominó. Eu lhe conheço bem e sei falar falar da sua duvidosa integridade. As máfias e outros tipos de grupos tem o mesmo princípio e mesmo fim "beneficiarem juntos e sacrificarem uns aos outros quuando isoladamente quando chapa aquece" nem todos sobreviverão. A pior vergonha dorme no inconsciente, mas um dia certamente despertara e todos serão condenados pelo seu próprio juízo em seu foro intimo. Deus é tudo!

  • Jenefer | Domingo, 23 de Maio de 2010, 19h53
    0
    0

    gustavo da silva, voce verá em breve esssas promoções que voce mencionou, cairá como uma bomba quando estourar a porteira. Tráfico de influencia, ficha suja, complo na comissão. AÍ VOCE VERÁ SUJEIRA. pOR QUE PELA LEI NINGUÉM CONSEGUE SER CORONEL COM MENOS DE 24 ANOS DE SERVIÇO, JÁ TEM UNS COM MENOS DE VINTE, É SÓ CONFERIR O TRÁFICO DE INFLUENCIA E FICHA SUJA.

  • Renata Ramos | Domingo, 23 de Maio de 2010, 12h00
    0
    0

    Renata Ramos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Renata Ramos | Domingo, 23 de Maio de 2010, 11h47
    0
    0

    Renata Ramos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • RENATA RAMOS | Domingo, 23 de Maio de 2010, 11h39
    0
    0

    Realmente Maia, quem ve vc pensa que é Santo kkk, procurem saber o passado que irão achar a sua carinha de santo. Humm e tem mais como ficam os parentes que trabalham com o Sr Maia na SEMA. Tem muitooooossssss, Se quer dar exemplo comece de vc coronel.

  • Jedae | Sábado, 22 de Maio de 2010, 18h02
    0
    0

    Extra, Extra! Os hospitais e os médicos de Cuiabá acabam de emitir avisos de que acabaram as vagas em todas as UTIs de Mato Grosso. Ainda vou descobrir por que!

  • marco antonio rodrigues silva | Sábado, 22 de Maio de 2010, 14h39
    0
    0

    será que o coronel maia já levou lanchinho para o seu grande amigo e lider ambiental daldegan na cadeia?

  • luiza vieira de mello cintra | Sábado, 22 de Maio de 2010, 14h38
    0
    0

    tomou posse recentemente na sema o coronel alexander maia. chegou dizendo que vai dar continuidade a "ótima" politica ambiental implementada pelo seu antecessor daldegan. O exemplo que o coronel quer seguir tem como resultado a cadeia, o roubo do dinheiro público, a formação de quadrilha, entre outros crimes cometidos pelo secretário daldegan. A justiça, o ministério público e os funcionários éticos da sema precisam ficar de olho bem abertos nas ações do senhor secretário maia, nos métodos que está implantando na sema - autoritarismo, coação e constrangimento velado - dando "continuidade" a perseguição do daldegan a alguns funcionários que "teimavam" em não seguir os métodos e as orientações do poderoso chefão daldegan. Fiquem expertos os poderosos de plantão, a justiça federal e a policia federal não se vendem, e todos os crimes, inclusive os de desvio ético e de assédio moral podem dar cadeia.

  • Sil | Sábado, 22 de Maio de 2010, 11h51
    0
    0

    ...da mesma forma que o Lula não sabia do mensalão, o governador não sabia de nada...rs isso é irônico mesmo....

  • Jedae | Sábado, 22 de Maio de 2010, 06h54
    0
    0

    Jedae, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.