Executivo

Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 10h:40 | Atualizado: 13/08/2020, 10h:53

CORTE PARA 2021

Reitor espera que a previsão de corte de R$ 1 bi para federais seja revertida - leia

Ednilson Aguiar/O Livre

Evandro Soares

O reitor da UFMT Evandro Soares, que encabeça lista tríplice formada pelo Colégio Eleitoral da UFMT para continuar no cargo por mais 4 anos

Ainda na esperança de ser escolhido para se manter reitor da UFMT por mais quatro anos, o professor Evandro Soares evitou polemizar ao comentar a notícia de que o Ministério da Educação (MEC) prevê cortar R$ 1 bilhão das universidades e institutos federais em 2021. A contenção no orçamento não inclui as despesas obrigatórias, como pagamento de pessoal.

De acordo com Evandro, que encabeça lista tríplice para o comando da reitoria da instituição, a discussão orçamentária para o próximo ano ainda está em fase de concepção. O reitor diz que a esperança é que o MEC consiga manter os recursos já garantidos. “E, se possível, aumentá-los, para que a universidade amplie sua parceria com a sociedade brasileira, como já mostrado durante a pandemia”.

Ao , Evandro ainda afirma que, caso o corte seja mesmo realizado, a Andifes e cada reitor buscará soluções junto aos parlamentares para garantir o pleno funcionamento das instituições federais de ensino superior.

Corte

O corte foi anunciado pelo Ministério da Economia. No total, a possível redução das despesas não obrigatórias do MEC é na ordem de 18,2% em relação à lei orçamentária de 2020. A medida é duramente criticada no Congresso.

O governo federal alega que, com a pandemia, houve um aumento das despesas e diminuição de recursos públicos disponíveis no Orçamento da União. O projeto de lei orçamentária para 2021 ainda será analisada no Congresso Nacional e, durante a tramitação, poderá sofrer alterações.

Lista tríplice

Evandro foi o mais votado pelo Colégio Eleitoral da UFMT. A votação foi realizada durante reunião virtual, marcada por polêmicas e contestações, realizada na terça (11). A professora Danieli Backes ficou em segundo lugar, e Alexandre Paulo Machado na 3ª posição. A lista tríplice será enviada ao ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Danieli e Alexandre, ambos de perfil conservador e ligados ao grupo Docentes pela Liberdade, movimento nacional que busca "desesquerdizar" a educação brasileira, devem ter vantagem na escolha do presidente da República.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Benedita da Silva | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 13h51
    1
    0

    Como garantir a natrativa do "devem levar vantagem na escolha? No regime democrático, resultado de consulta é respeitado, assim como em TODAS AS OUTRAS CONSULTAS o 2° e 3° colocados aceitavam e honravam o resultado. Quem perde não quer aplaudir? Respeite quem ganhou!

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.