Executivo

Quinta-Feira, 21 de Maio de 2020, 19h:32 | Atualizado: 21/05/2020, 19h:33

SEM AVANÇOS

Reunião entre Governo e Sintep termina com impasse sobre professores interinos

Marcos Vergueiro Secom-MT

Reuni�o entre governo e Sintep - 21 de maio de 2020

Secretario da Casa Civil, Mauro Carvalho, recebe membros do Sintep e reafirma que Governo recai em improbidade se mantiver contrato de temporários

Representantes do Sintep, que representa os servidores do ensino público de Mato Grosso, participaram de uma audiência hoje (21), com o secretário da Casa Civil, Mauro de Carvalho. O sindicato reinvidica a manutenção dos professores interinos, que seguem com contratos suspensos e não recebem desde o ano passado. A reunião termininou com impasse quanto à manutenção de temporários e auxílio para categoria. O Sintep promete continuar brigando pelas solicitações da categoria.

De acordo com o Governo de Mato Grosso, o Estado cometeria improbidade administrativa caso contratasse os profissionais sem que os mesmos tivessem atuado até o momento. As escolas que aderiram a greve em 2019, ainda não haviam iniciado o ano letivo quando as aulas foram suspensas por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. 

Ainda conforme o Governo, os contratos dos professores de escolas que iniciaram o ano letivo em fevereiro foram firmados e serão mantidos.

No entanto, o diretor estadual do Sintep, Henrique Lopes, rebateu que o Ministério Público Estadual (MPE-MT) e Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) se manifestaram quanto à necessidade das contratações. 

"O TCE-MT já havia se pronunciado antes sobre e o MPE-MT tomou uma decisão que 'joga por terra' o discurso do Governo sobre improbidade administrativa. Mas o Governo prefere continuar dando esse 'trato' diferenciado. A resposta que tivemos não é nada animadora", avaliou Lopes.

Segundo o diretor do Sintep, os profissionais já haviam passado por todos os trâmites burocráticos para contratação e aguardavam apenas uma resposta do Estado. Ele também lamentou que os professores estejam sendo "penalizados" por "puro capricho do Governo".  

"Deram uma declaração infeliz, que merece repúdio, em dizer que 'quem é que não queria receber R$ 1 mil, se dessem isso para os professores teria que ser para todos'. Não estamos falando da necessidade do Estado tem de dar assistência, estamos falando de profissionais da educação, que escolheram isso como profissão", afirmou. 

Henrique também ressaltou que os profissionais estão "desassistidos" e que, a resposta que tiveram durante a audiência na Casa Civil sinalizou apenas intenção do Estado em distribuir cestas básicas para os professores interinos. "Não preciso dizer que isso não vai resolver a situação dessas famílias". 

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • alexandre | Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 15h40
    0
    0

    Naõ tem direito ao auxilio do governo federal, foi negado...

  • Cidadao | Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 09h13
    3
    2

    Se é temporário, a pessoa so é contratada quando o Estado quiser e puder. Nunca vi isso, se quer vinculo efetivo com o Estado, a Constituição exige aprovação em concurso. Se eventualmente a pessoa ficou desempregada, tem direito ao auxilio do governo federal. É injusto, mas é isso.

Punição a 2 ex-presidentes da Câmara

haroldo curtinha 400   Apesar de ter julgado regulares as contas de gestão de 2016 da Câmara de Cuiabá, ano em que teve dois presidentes, o já falecido Júlio Pinheiro, entre janeiro e junho e, depois, Haroldo Kuzai (foto), de 20 de junho a 31 de dezembro, o conselheiro interino João Batista Camargo, em...

Guiratinga, frota sucateada e a farra

sinval vilela 400 curtinha   O vereador Sinval Vilela (foto), do DEM, disse que em Guiratinga, administrada por Humberto Domingos, o Bolinha, está havendo farra com dinheiro público. E lista descasos e atos de incompetência do prefeito. Conta que a prefeitura possui um caminhão pipa, mas está encostado no...

Verba a quem não tem litígio à União

emanuel pinheiro 400 curtinha   Apesar do governo estadual anunciar que está recebendo os R$ 359 milhões da União, essa verba oriunda do chamado Orçamento da Guerra (Emenda Constitucional 106) para ajuda no combate ao coronavírus só será liberada a partir do próximo dia 9 e para quem, seja...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.