Executivo

Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 11h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

AGECOPA

Sachetti volta da África animado e traz projetos para a Capital

   O presidente da Agecopa, Adilton Sachetti, voltou empolgado de sua visita à visita as cidades-sedes, durante o mundial da África do Sul. Dos 7 diretores da Agecopa, somente Roberto França ficou em Cuiabá para coordenar o "Copa Fest'. Os responsáveis pelo Planejamento e Orçamento da Copa na Capital, Yênes Magalhães e Jefferson Castro, respectivamente, ainda percorrem algumas cidades na África do Sul, e devem retornar nesta quinta (8). Após o relatório final da viagem, diretores da Agecopa marcarão uma coletiva à imprensa.

   Otimista, Adilton destacou que o mais importante no momento é a construção da arena multiuso, que será construída no lugar do estádio Governador José Fragelli, o Verdão, além de dois centros de treinamento exigidos pela Fifa. Sachetti garantiu que Cuiabá não corre o risco de ficar de fora da Copa de 2014. Segundo ele, o Programa de Observação da Fifa foi um verdadeiro laboratório e muitas mudanças devem ser feitas a partir do próximo ano, a começar pela infraestrutura. “Nós teremos a oportunidade de avançar em curto prazo. Obras que levariam 20 anos para serem realizadas, serão entregues em 3 anos”, considerou.

   Sachetti informou que a transmissão dos jogos em 3D é uma das novidades para os jogos em Cuiabá. Além disso, a partir do ano que vem as principais avenidas da Capital sofrerão mudanças, na tentativa de desafogar o trânsito. Investimentos na segurança pública também é um dos pontos mais urgentes, conforme o presidente da Agecopa.

   Na África, a comitiva mato-grossense chegava nos estádios ao menos 5 horas antes de cada partida, para acompanhar como era feita a abordagem, o controle das catracas, a segurança interna antes e após os eventos. A equipe, juntamente com outras de 11 cidades-sedes participou de várias palestras referentes à infraestrutura de segurança, saúde, transporte coletivo, mobilização urbana, telecomunicações, mídias, aeroportos e até mesmo planos de gerenciamento de crises.

   A delegação de Mato Grosso, formada por 7 diretores da Agecopa e 3 gerentes da Deloitte – consultoria especializada, percorreram as cinco cidades-sedes. São elas: Johanesburg, Rustemburgo, Tshwne/Pretória, Durban e Cidade do Cabo. Segundo Sachetti, a equipe priorizou as cidades semelhantes a Cuiabá, para obter uma base de investimentos necessários para preparar a cidade para os jogos em 2014.

   No momento, Cuiabá como subsede da Copa de 2014 pode se vangloriar. Se depender do andamento das obras do Verdão, está fora de cogitação qualquer possibilidade de perder a chance de sediar jogos. Inaugurado em 1976 com capacidade para receber 40 mil torcedores, o estádio Verdão promete deixar saudades. Esta fase de aterramento abre espaço para se visualizar uma nova estrutura que custará mais de R$ 400 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jaime | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 15h05
    0
    0

    Deve trabalhado prá burro, tá até abatido...

  • jose almeida | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 12h31
    0
    0

    vamos ver não fica igual as maquinas!! o povo ta cançado de enrolação...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.