Executivo

Terça-Feira, 12 de Janeiro de 2010, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Estratégia

Salário de governador, vice e de secretários sobe para R$ 13 mil

    A pouco mais de dois meses para deixar o cargo, o governador Blairo Maggi (PR) sancionou a Lei 9.301 que determina aumento dos salários dele próprio, do vice Silval Barbosa (PMDB) e dos 22 secretários de Estado. Todos eles passam a receber a partir de fevereiro R$ 13,5 mil mensais. O republicano deve deixar o cargo para se dedicar à pré-candidatura ao Senado. Com o reajuste, a folha de pagamento do primeiro escalão sofrerá aumento de 10,48%. e passa a ser de R$ 324 mil. Silval assume o posto já com salário maior. Ele articula também a troca do secretariado. Até agora, apenas três nomes foram confirmados na gestão do peemedebista. São eles Osmar Carvalho, que assumiu recentemente a secretaria de Comunicação, Vicente Falcão, que foi empossado na pasta de Apoio e Acompanhamento a Políticas Fundiárias e Ambientais, e Roseli Barbosa, esposa de Silval e que deve assumir a secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, no lugar de Terezinha Maggi.

   A medida tem impacto de R$ 20 milhões ao mês na folha de pagamento dos servidores estaduais, que também passam a receber o reajuste. Na prática, o aumento vai beneficiar o peemedebista, que assume o Palácio Paiaguás em março, quando Maggi renuncia ao cargo para disputar uma cadeira no Senado.

   Segundo informações da secretaria estadual de Fazenda (Sefaz), o republicano foi convencido a conceder o realinhamento depois de ser informado de que a medida também vai beneficiar diretamente os aposentados e pensionistas, bem como os ativos das categorias que estão vinculadas ao teto do governador: oficiais militares, delegados de polícia, procuradores e grupo TAF (Tributação, Arrecadação e Fiscalização).

   A proposta de aumento dos salários do primeiro escalão foi aprovada pelos deputados estaduais no apagar das luzes do ano passado na Assembleia Legislativa. As discussões do reajuste envolveram deputados e os secretários Éder Moraes (Fazenda), Arnaldo Alves de Souza (Planejamento) e Geraldo de Vitto (Administração). Segundo Éder, o reajuste de 10,48% repõe não apenas a perda inflacionária (INPC) acumulada no período, mas acresce em 4% o ganho real dos servidores.

Quem compõe o primeiro escalão do governo Maggi
Diógenes Curado - Justiça e Segurança Pública
Eumar Novacki - Casa Civil
Alexander Maia - Casa Militar
Arnaldo de Souza Neto - Planejamento e Coordenação Geral
Eder Moraes - Fazenda
José Gonçalves Botelho do Prado - Auditoria-Geral
Neldo Egon - Desenvolvimento Rural
Pedro Nadaf - Indústria, Comércio, Minas e Energia
Terezinha Maggi - Trabalho Emprego, Cidadania e Assistência Social
Vanice Marques - Desenvolvimento do Turismo
Vilceu Marchetti - Infraestrutura
Ságuas Moraes - Educação
Geraldo de Vitto - Administração
Augustinho Moro - Saúde
Osmar Carvalho - Comunicação
Dorgival Veras - Procuradoria-Geral do Estado
Luiz Henrique Daldegan - Meio Ambiente
Baiano Filho - Esportes e Lazer
Paulo Pitaluga - Cultura
Chico Daltro - Ciência e Tecnologia
José Aparecido Santos - Projetos Estratégicos
Flávia Nogueira - Apoio às Políticas Educacionais
Vicente Falcão - Apoio e Acompanhamento às Políticas Ambientais e Fundiárias

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • JABA BRASIL | Terça-Feira, 06 de Abril de 2010, 16h06
    0
    0

    Sou matogrossense com muito orgulho. fico triste com estas injustiças. sou contra a reeleição. Vem novidades por aí, principalmente, para o Senado. RSRSRSRS

  • TAURINO MACANUDO | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2010, 19h59
    0
    0

    O GOVERNADOR ESTA ATRASADO, O MEIO-PREFEITO DE CAMPO VERDE MT JA ESTA RECEBENDO MAIS DESTE VALOR A TEMPO, FALA SÉRIO RECEBE MAIS QUE O LULA A TEMPO.

  • FLAVIO SOARES | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 16h07
    0
    0

    Esse aumento não é para todos os servidores publicos como mencionado na reportagem, gostaria que fosse esclarecido que o aumento é só para servidores que tem o salario vinculado ao do Governador, que é uma minoria. O reajuste salarial para servidores públicos Estadual este ano deverá ficar em 8,11% a partir de maio. O reajuste será composto de 4,11% do Índice Nacional do Preço ao Consumidor (INPC) e 4% do aumento real concedido por meio da Lei 8.910 de 26 de junho de 2008. Em 2009 o reajuste foi de 10,48%. Segundo a superintendente de Gestão de Pessoas da SAD, Sandra Maria Fontes Almeida, os servidores do INDEA estão inseridos no aumento. O reajuste é resultado da negociação de uma política salarial única realizada em 2008 entre o Governo e os servidores públicos com a participação da CGTB. Em 2008, as carreiras que compunham o Fórum Sindical assinaram o Termo de Acordo Coletivo acertando um reajuste salarial de 8,32% para 2008, sendo 5,15% em relação à inflação conforme o INPC mais 3,17% de recomposição, além de 4% para 2009 e 4% para 2010, mais a inflação de cada ano. O aumento salarial, de 10,48%, foi autorizado para aposentados, pensionistas e servidores ativos que tem seus rendimentos diretamente vinculados ao teto do governador. São exemplos disso oficiais militares, delegados de Polícia, procuradores e o chamado grupo TAF (Tributação, Arrecadação e Fiscalização).

  • Marco | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 11h43
    0
    0

    O que o Governador deveria fazer é se preocupar um pouco mais com os servidores da saude pois os mesmos estão revoltados com o atual descaso com que este governo trata os profissionais, ou seja, realinha salarios que estão atrelados ao seu, e o restante dos profissionais fica a ver navios. Enquanto os governates não tratarem os profissionais desta area com maior respeito, a saude continuará esse caos.

  • marcio | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 10h09
    0
    0

    o bom é o incentivo fiscal de alguns amiguinhos do governador...icentivos esses que é alem do normal, e poderia ter mai educação, saude, segurança com essa verba....mas o governador e o sec de fazenda, só querem fazer propaganda de mentirinha...tchau silval....

  • elizeu gomes | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 09h33
    0
    0

    QUERO SABER É O SALARIO DE AAIG (AGENTE DA AREA INSTRUMENTAL DO GOVERNO) QUANDO TEREMOS AUMENTO OU AO MENOS RECOMPOSIÇÃO. FAZEMOS O MESMO SERVIÇO DE PESSOAS QUE GANHAM SALARIOS PROXIMO E AS VEZES SUPERIOR A R$10.000,00 E GANHAMOS R$872,00. SOMOS A CATEGORIA MAIS DESVALORIZADA DO GOVERNO ATUALMENTE. REALINHAMENTO JÁ.

  • silva | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 09h24
    0
    0

    Além do salário é preciso considerar também outras mordomias. No final, somando tudo, esses 13 mil não dá 50% do total.

  • Flavio Pinho | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 09h04
    0
    0

    AREBABA, E O SALÁRIO MÍNIMO DO CIDADÃO DE BEM, ÓÓÓÓÓÓ. É MUITO DINHEIRO PARA TRABALHAR PELA SOCIEDADE, MANIPULANDO VERBA, USANDO DO PRESTÍGIO E DA VERBA PÚBLICA. MAS É ASSIM MESMO, ARECOPA!!!

  • Salário | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 09h00
    0
    0

    Poxa fico feliz, mais muito felis mesmo, pelo executivo ter tido a sensibilidade de de ter dado aumento aos nossos governanes e secretários, por outro lado, na autarquia onde trabalho o meu salário diminui. Parabéns ao legislativo, no ano de 2009, tramitou na surdina pelos corredores da assembléia um projeto que previa aumento nos proventos para alguns DGS´s desta autarquia, e como nada é de graça, impera o tempo de Robin Hood, tira dos pobres e dá-se aos ricos, o então projeto trouxe como consequência a diminuição dos proventos para outros, o que me deixa chateado é que todas as vezes em que documentos são enviados ao excelentíssímo senhor governador, tem um bando de pessoas da CC, que solicita o arquivamento de documentos sem ao mesmo ser de conhecimento do governador, o impacto na folha desta autarquia não chegava a 10%, conforme a sua arrecadação e nem chegando ao limite de tolerãncia da lei de responsabilidade fiscal, como não somos político e sim técnicos temos que assistir a essa situação. Parabéns mais uma vez a essa honrosa casa de leis.

  • marta | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 08h01
    0
    0

    o executivo sempre quando da aumento é para os de primeiro escalão e os funcionarios das secretarias do executivo? vemos assembleia e judiciario com bons salarios e do executivo só mesquinharia....desse jeito blairo vai ser dificil esse ano..

Sirlei e palestra em Brasília nesta 3ª

sirlei curtinha 400   A advogada Sirlei Theis (foto), especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e colunista semanal do portal Rdnews, ministra a palestra Supere-se nesta terça (15), no hotel Inter City, Águas Claras, em Brasília. Em maio, acompanhada do senador Wellington, ela...

Delatado acha que EP perde reeleição

allan kardec 400 curtinha   O deputado licenciado Allan Kardec (foto), secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, e presidente do PDT-MT, até reconhece que o prefeito Emanuel faz uma gestão de razoável para bom em Cuiabá, vê o emedebista com chances de ir para o 2º turno, mas acredita que o...

Dorileo flerta com PSB, mas apoia EP

max russi 400 curtinha   O deputado Max Russi (foto), presidente estadual do PSB, convidou oficialmente o empresário Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, para se filiar ao partido e concorrer a prefeito da Capital. Ambos tiveram uma longa reunião no decorrer da semana. Dorileo ficou de avaliar, mas a...

CPI da Energisa, nomes e reclamações

thiago silva 400 curtinha   A CPI da Energisa, criada pelos deputados, vai levantar críticas, denúncias e debates acalorados. E surge numa época do ano em que a conta de luz dos consumidores foi às alturas por causa do longo período sem chuva e do intenso calor. O deputado Thiago Silva (foto) foi um dos que...

Vereador e jornalista trocam ameaças

abilio j�nior 400 curtinha   O vereador Abílio Júnior (foto) e o jornalista-militante José Marcondes, o Muvuca, estão protagonizando um embate pela internet. E a raiz do conflito é o fato do parlamentar ser ligado ao deputado estadual Sebastião Rezende, que teria embolsado R$ 6,5...

Deputado, lista de Riva e preocupação

neri geller 400   O ex-ministro da Agricultura e hoje deputado federal Neri Geller (foto) aparece na lista de José Riva como um dos políticos implicados. Embora bem articulado e numa posição de destaque, como coordenador da bancada mato-grossense, Neri já enfrenta uma série de demandas jurídicas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.