Executivo

Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 14h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

CONJECTURAS

Savi assume Paiaguás e Deucimar vira prefeito nos próximos 4 dias

Mauro Savi e Deucimar Silva   Os presidentes da Assembleia Legislativa, Mauro Savi (PR), e da Câmara de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), vão sentir o “gostinho” de ser governador e prefeito, respectivamente, pelos próximos 4 dias. Eles assumem a missão já nesta quarta (20) devido a uma viagem do comandante do Palácio Alencastro Chico Galindo (PTB) e do governador Silval Barbosa (PMDB) à Bolívia. Os dois manterão uma agenda no país vizinho para tentar resolver o problema do gás natural no Estado.

  Tanto Galindo quanto Silval assumiram definitivamente os cargos em abril após a renúncia de Blairo Maggi (PR) e Wilson Santos (PSDB), respectivamente, e esta é a primeira vez que se ausentam do país. Maggi foi eleito senador, enquanto Wilson disputou, sem êxito, o Palácio Paiaguás, sendo derrotado por Silval. Conforme a legislação, quando os prefeitos, governadores ou presidente do país deixam o território nacional, seu substituto direto deve assumir o posto.

  Silval viaja à Bolívia para tratar do contrato de compra e venda de gás natural assinado com a estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) e, como na Capital se concentra o maior consumo deste tipo de combustível e o assunto precisa ser tratado com o maior requinte e diplomacia possíveis, Silval convidou Galindo para a empreitada. Além da viagem, o peemedebista já estaria cogitando a possibilidade de tirar uns dias de férias. No caso de Galindo há uma expectativa quanto a uma possível agenda dele que duraria 20 dias fora do país.

   A viagem de Galindo foi aprovada nesta terça (19) durante sessão na Câmara de Cuiabá. Na oportunidade, Deucimar adiantou que pretende despachar durante dos próximos dias de dentro do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. “Se eu ficar os 4 dias dá para fazer um bom relatório sobre o Pronto Socorro”, pondera o progressista.

  Esta não é a primeira vez que presidentes da Câmara de Cuiabá assumem o comando do Palácio Alencastro. Carlos Brito, hoje diretor da Agecopa, ficou quase 1 mês atuando como prefeito durante a gestão José Meirelles, o coronel Meirelles, que era vice de Dante de Oliveira e se efetivou quando o tucano foi eleito governador. Além dele, a deputada Chica Nunes (DEM) também sentiu o "gostinho" de ser prefeita devido a uma viagem de Wilson e de sua vice Jacy Proença.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Sassioto | Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 16h37
    0
    0

    O Mauro Savi já é cobra criada na política. O Deucimar, agora como prefeito, quem sabe paga seus cabos eleitorais, conforme matéria veiculada em outro site local.

  • denilson | Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 16h26
    0
    0

    Galindo, que não é bobo, com medo de Mauro Mendes e WS busca as "asas" de Silval. Vai a Bolivia, a Bosnia, Xexenia, onde for necessário.

  • CARLOS ROBERTO | Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 15h35
    0
    0

    ESTAMOS FRITO.!!!

  • Juca Lemes | Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 15h11
    0
    0

    Xiiii Mato Grosso já viu essa cena. Alguém se lembra de um tal Moisés Feltrin??

  • solange | Terça-Feira, 19 de Outubro de 2010, 14h32
    0
    0

    ISSO É UM ABSURDO, O ESTADO NAS MAOS DE 2 IMCOMPETENTES ALÉ DE LICHA SUJA? QUE PAIS É ESTE. NÓS NAO VOTAMOS NELES PARA GOVERNAR NOSSO POVO, ISSO É DESCULPA DESLAVADA PARA CUIABA E MT FICAR UM CAOS E LIMPAR AINDA MAIS OS COFRES PÚBLICOS. DESDE QUANDO DEUCIMAR TEM CAPACIDADE E IDONEIDADEPA GOVERNAR , SE NEM NA CAMARA ELE TEM. VERGONHA TOTAL

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.