Executivo

Domingo, 21 de Julho de 2019, 08h:36 | Atualizado: 21/07/2019, 08h:40

Justiça

Secretário critica morosidade do Poder Judiciário em resolver conflitos agrários

Rodinei Crescêncio

Silvano do Amaral

 Silvano Amaral, secretário estadual de Agricultura Familiar, durante  visita ao Rdnews

O secretário estadual de Agricultura Familiar, Silvano Amaral (MDB), critica o Poder Judiciário em relação à morosidade em resolver problemas agrários e conflitos por terra. Com brigas que se arrastam por mais de 20 anos, o Estado fica de mãos atadas para implantar políticas públicas em favor de famílias que dependem da agricultura familiar, aponta o secretário.

“O Poder Judiciário precisa de uma política própria para resolver questões de terra. Porque enquanto existe uma briga judicial, oficialmente o Estado não pode fazer nada em relação a subsídios e assistência técnica, porque quando o Estado libera recursos a estas famílias está fazendo algo em uma área que não tem interesse público”, argumenta o secretário em entrevista ao .

O secretário cita como exemplo a Gleba Japuranã, no município de Nova Bandeirantes (a 997 km de Cuiabá). Silvano relata que o problema já se arrasta por 20 anos no Poder Judiciário e envolve mais de 1,5 mil famílias que ocupam a região. “A Justiça precisa resolver isso, porque se tratam de pessoas que precisam de apoio, trabalho, ganhar dinheiro e sobreviver”.

Silvano avalia que a situação é complexa, já que em todas as regiões do Estado existem problemas agrários, disputas judiciais por terras, áreas do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) que estão invadidas ou reservas legais que também estão ocupadas.

O secretário relata inclusive uma área da Empaer, em Rosário Oeste, que está invadida, e que o Estado não pode simplesmente chegar no local e dizer “saia”. Silvano relata que a burocracia para resolver os problemas agrários acabam se transformando em desperdício de tempo, dinheiro e de oportunidades para as famílias da agricultura familiar. “Não importa se a decisão do Poder Judiciário é a favor ou contra, precisamos que exista essa decisão”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.