Executivo

Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019, 08h:45 | Atualizado: 16/12/2019, 09h:02

DE OLHO EM 2020

Secretário dispara que Emanuel endivida Cuiabá "brutalmente" e não vê resultados

O secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo (PSB) criticou a administração do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), pelos empréstimos consecutivos que vem fazendo. Gilberto avalia que um próximo gestor, seja em 2021 ou em 2025, deve encontrar uma situação semelhante àquela encontrada pelo governador Mauro Mendes (DEM) neste ano no Estado.

Cotado para disputar a prefeitura em 2020, com apoio de Mauro, ele ainda disse “sonhar” com um possível esclarecimento de Emanuel em relação ao suposto recebimento de propina na gestão Silval Barbosa. Gilberto é vereador e está afastado desde janeiro quando assumiu a pasta da Saúde no Estado. Ele pondera que preferia que aquelas imagens não fossem aquilo que a população imagina, mas diz que isso não foi esclarecido até hoje.

Rodinei Crescêncio

Secret�rio de Sa�de Gilberto Figueiredo

Secretário de Saúde Gilberto Figueiredo é cotado para disputar Prefeitura de Cuiabá. Homem de confiança do governador Mauro, ele critica gestão Emanuel 

“Isso, somado a outros fatores que ocorreram na Assembleia, um conjunto de coisas, que me fizeram não pactuar com isso que está acontecendo em Cuiabá. Na minha opinião, é uma gestão populista que está endividando a cidade brutalmente. Eu tenho convicção que essa cidade vai ser entregue, algum dia a um próximo gestor, em uma situação muito semelhante a aquela que o governo passado entregou ao governo atual, e que vem se acumulando de antes”, disse, numa referência às gestões Silval e Pedro Taques (PSDB).

Um dos homens de confiança de Mauro, adversário declarado de Emanuel, Gilberto ressalta que o hoje governador, à época em que era prefeito, encerrou seu mandato, em 2016, com o caixa ajustado, com as contas em dia. E frisa que a sua aprovação beirava os 70% em setembro daquele ano.

“Mauro entregou uma prefeitura para o gestor redonda, saneada fisicamente, tanto é que tinha uma aprovação bastante substancial quando foi prefeito. E hoje nós observamos que a prefeitura está no quinto empréstimo, mais de R$ 800 milhões contraídos em dívidas, já teve rebaixada sua nota no Tesouro Nacional pelo endividamento que tem, basta olhar os indicadores atuais”, disparou.

Para ele, não é possível ver o resultado desses investimentos.“Além das praças que são feitas, não tem, de forma substancial, nenhuma grande evidência de que esses recursos estejam sendo aplicados em benefício da população. Eu tenho essa análise crítica. Em que pese, como vereador sempre respeitei e votei a favor daquilo que achava que era correto. Aquilo que não achava correto me posicionei contra, sempre respeitando o gestor”, assevera.

Ainda no PSB, o secretário deve avaliar em março ou abril do próximo ano uma migração para o DEM de Mauro na janela partidária. Ele, porém, ainda não confirma a vontade de entrar na disputa. A ideia dos democratas é ter um candidato de oposição a Emanuel na Capital. O presidente estadual do partido, o suplente de senador Fabio Garcia, também é cotado, assim como o secretário da Casa Civil Mauro Carvalho.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • joaoderondonopolis | Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019, 09h52
    3
    1

    Uai!!! não estou entendendo, o secretário dizer que não tem obras da prefeitura em Cuiabá, cada vez que vou a Cuiabá, o que vejo são obras e mais obras da prefeitura. A população está satisfeita. O pior cego é aquele que não quer enxergar.

  • jose de faria lima | Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019, 09h36
    5
    1

    Precisa aumentar o grau dos óculos então... Se o Hospital Municipal pronto e entregue, não é obra acabada, o asfaltamento da Av. Fernando Correa da Costa, as praças nos bairros periféricos, os dois parques na região da grande CPA, colocou a Águas Cuiabá para trabalhar no saneamento básico, os dois viadutos da Av. das Torres e da ponte Sérgio Mota, se isso não são obras, o que é então? Ah, lembrei, obra para ele é a do Porto que foi deixada inacabada, a do Parque Tia Nair que deixou na mão de empresa provada e não dava manutenção alguma...

  • Ggm | Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019, 09h18
    3
    5

    Só encherga isso Quem tem noção de orçamento, o rombo vai ser monstruosos. E ninguém faz nada para brecar.

  • Paulo | Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019, 09h05
    7
    4

    Papo furado de pré candidato. Não sou eleitor de EP. Mas dizer que não está vendo obras é porque só fica em seu gabinete.

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.