Executivo

Sexta-Feira, 18 de Fevereiro de 2011, 14h:10 | Atualizado: 14/07/2011, 10h:58

Várzea Grande

Sem saneamento, não adianta PAC da Mobilidade, diz Hauer

João Carlos Hauer   O presidente do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Várzea Grande, João Carlos Hauer, minimizou o fato de Cuiabá ter sido a única cidade sede da Copa do Mundo de 2014 a ficar de fora dos investimentos do PAC Mobilidade Grandes Cidades, anunciado pelo governo federal nesta quarta (16), ressaltando que as obras do programa para reestruturação das redes de abastecimento de água e esgoto ainda permanecem paradas.

   As obras do PAC I em Cuiabá e Várzea Grande estão paralisadas desde agosto de 2009, quando a Polícia Federal desencadeou a Operação Pacenas. A suspeita era que haviam fraudes nos processos licitatórios. Mesmo com o caso tendo sido arquivado, os projetos continuaram parados porque, com o passar do tempo, os valores dos contratos acabaram desatualizados e as prefeituras não tinham recursos para arcar com a diferença dos preços.

Dilma destina R$ 18 bi para PAC da Mobilidade; Cuiabá é excluída

   Na tentativa de retomar os trabalhos, o governador Silval Barbosa (PMDB) anunciou, no final do ano passado, que assumiria a reponsabilidade de execução e a contrapartida necessária para quitar os empreendimentos. Enquanto o prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingos (PR), aceitou a proposta sem ressalvas, o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB), repassou para o Estado apenas três dos oito lotes.

   A proposta de Silval, contudo, ainda não foi colocada em prática. Para Hauer, sem uma solução para este caso a realização dos jogos do Mundial continuaria comprometida, mesmo que a Capital fosse beneficiada com o recurso destinado a suprir as falhas do sistema de transporte público. "Se não vier o PAC do saneamento não adianta o da mobilidade", frisou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • augusto | Sexta-Feira, 18 de Fevereiro de 2011, 15h26
    0
    0

    Com certeza quem causo a bagunça vai pagar o prejuizo em dobro a sociedade,né julier?

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial. a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni, para assumir mandato temporário no Legislativo.  Ela atua como secretária da...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.