Executivo

Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 16h:59 | Atualizado: 25/01/2021, 17h:07

Cuiabá

Servidores da Assistência Social querem ser priorizados na vacinação contra Covid

Christiano Antonucci Secom-MT

Imuniza��o hospitais regionais de MT  - covid - vacina

Servidores da Asssistência Social de Cuiabá também reivindicam prioridade na vacinação

O Coletivo de Trabalhadores e Trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Social em Cuiabá (CTSuas) pediu ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) que a categoria também seja priorizada na fase inicial de vacinação contra o Covid-19. O grupo alega ser atividade essencial que aumentou o serviço durante a pandemia. 

O pedido foi feito na última  sexta  (22) através de ofício protocolado no Executivo. A reivindicação foi aprovada em assembleia de servidores realizada pelo CTSuas na noite de quinta (21). A reinvidicação segue tendência de várias organizações de trabalhadores da área de Assistência Social em diversos estados. 

No ofício, o Coletivo alega que os trabalhadores do setor têm papel fundamental na proteção social e defesa da população em situação de vulnerabilidade, desempenhando atividade essencial que não paralisou os trabalhos, conforme estabeleceu o decreto federal 10.2822020  . Até o momento, o Município divulgou priorização de profissionais da saúde, educação e grupo de risco apenas. 

“Como atividade essencial, a Assistência Social não paralisou as serviços mesmo com o avanço do Coronavírus no país. Pelo contrário, aumentou-se a demanda diante da precarização da vida social, aumentando a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras aos efeitos da pandemia”, afirma a nota pública. 

O coordenador-geral do Coletivo, Teo Meneses, ressalta que o pedido não se trata de privilégio, mas justiça com trabalhadores de área essencial que continuam se expondo para desempenhar suas funções, assim como profissionais da Saúde e Segurança. 

O grupo solicita ainda uniformização da escala de trabalho nas unidades da Assistência Social, conforme orienta a portaria número 3372020, do Ministério da Cidadania. 

O Coletivo de Trabalhadores e Trabalhadoras do SUAS reúne servidores de todas as áreas que compõem o Sistema Único de Assistência Social, como assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, advogados, educador físico, entre outros. 

Caso a reivindicação não seja atendida, a categoria realizará nova assembleia para decidir quais medidas serão tomadas. Uma paralisação das atividades não está descartada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • antonio da silva | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021, 09h06
    0
    0

    Entregadores de comida devem ser prioridades

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...