Executivo

Quarta-Feira, 01 de Abril de 2020, 14h:03 | Atualizado: 01/04/2020, 14h:53

PRESIDENTE

Servidores do Indea realizam carreata e abaixo-assinado para barrar exoneração

Reprodução

Manifesto funcion�rios do Indea

 

Os servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) estão mobilizados contra a exoneração do ex-presidente do órgão Tadeu Mocelin. O médico veterinário, que é servidor de carreira há mais de 20 anos, foi substituído por Luiz Fernando da Silva Flamínio, ex-assessor do deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) e consultor legislativo da Mesa Diretora da Assembleia.

O motivo da exoneração foi desentendimento com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico César Miranda (DEM). Isso porque, Tadeu Mocelin não concordou com a lei aprovada pela Assembleia que retira boa parte dos recursos das agências fomentadoras da defesa sanitária animal, direcionando ao Instituto Mato-grossense da Carne (Imac). A perda de receita chega a quase R$ 6,5 milhões.

Em reação à exoneração de Tadeu Mocelin e do diretor técnico do Indea, Alisson Cericatto, os servidores organizaram um abaio-assinado virtual, endereçado ao governador Mauro Mendes (DEM), solicitando a recondução dos dirigentes aos cargos. Até a publicação desta matéria, o documento tinha 657 assinaturas, sendo que a meta é chegar a 750.

Além disso, o Sintap-MT – sindicato que representa os servidores do Indea e do Intermat – marcou uma carreata em protesto contra as duas exonerações. A saída está prevista para 16h de hoje (1º) , em frente à sede da entidade, na Morada do Ouro, com trajeto até o Palácio Paiaguás.

Para a presidente do Sintap,  Rosimeire Ritter, as exonerações são arbitrárias. Por isso, afirma que os servidores estão mobilizados para revertê-las e buscando apoio da Assembleia, bancada federal e do setor produtivo que depende do trabalho do Indea para comercializar seus produtos.

 “Essa é mais uma forma do nosso governador mostrar o seu desgoverno e o quanto ele não gosta dos servidores públicos. Os diretores estavam apenas defendendo as ações da pasta, que deixarão de ser executadas pela falta de recursos, pois além de todos os problemas econômicos que esta alteração irá trazer, as condições de trabalho dos servidores do Indea também estarão comprometidas, uma vez que reformas necessárias em unidades de atendimento, postos fiscais, alojamentos, manutenção de veículos deixarão de existir pela simples falta de recursos, colocando servidores para o trabalho em condições de risco”, declarou a sindicalista.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Robson Souza | Quarta-Feira, 01 de Abril de 2020, 16h57
    3
    0

    A atitude do secretário César Miranda é de uma irresponsabilidade sem precedente e de quem não conhece nada de defesa agropecuária. Trocar um médico veterinário por um advogado na presidência do INDEA é de uma irresponsabilidade que custará um preço muito alto para a agropecuária estadual, principalmente para a pecuária. Essa atitude induz o governador ao erro. Na minha opinião quem deve ser substituído nesse governo é o César Miranda e o Nolasco do IMAC.

  • Servidora | Quarta-Feira, 01 de Abril de 2020, 14h20
    5
    0

    A LUTA NÃO É SÓ PELA EXONERAÇÃO, ISSO É APENAS UM PONTO. SOMENTE CEGO NÃO ENXERGA QUE ESTÃO SUCATEANDO O INSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO E A LEI DO IMAC FOI UM DURO GOLPE ENGENDRADO POR UM CONLUIO DE ALGUNS GATOS PINGADOS QUE RODEIAM O GOVERNADOR. QUEM PERDE COM ISSO E PRINCIPALMENTE SÃO OS PRODUTORES RURAIS QUE CONTRIBUI COM DISTRIBUIÇÃO DE EMPREGO E RENDA, DEPOIS O POVO QUE SOFRERA COM DESEMPREGO E OS SERVIDORES PÚBLICOS DO INDEA QUE DERAM A VIDA E SEUS PROFISSIONALISMO PARA CONSTRUIR 40 ANOS DE UMA DEFESA AGROPECUARIA DE EXCELÊNCIA MODELO PRO MUNDO INTEIRO. A FATURA DESSA PILANTRAGEM NO INDEA VAI CHEGAR JÁ AGORA EM MAIO NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA AFTOSA DO MÊS DE MAIO. AGUARDEM

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

Max insiste em ficar na 1ª Secretaria

max russi 400 curtinha   Max Russi (foto) ainda não desistiu de continuar na Primeira-Secretaria na próxima Mesa Diretora, mas, como possui menos apoio do que a emedebista Janaina Riva, deve mesmo ocupar outro posto, o de primeiro-vice-presidente. A eleição, que marcará a reeleição de Botelho na...

Deputados criticam membros da CCJ

elizeu nascimento 400 curtinha   Membros da CCJ da Assembleia, especialmente o presidente e o vice, respectivamente, Dilmar Dal Bosco e Sebastião Rezende, foram bastante criticados pelos colegas em sessão nesta quarta. Deputados como Thiago Silva, Wilson Santos e Elizeu Nascimento (foto) disseram que a Comissão, uma das mais...

Testemunhas pra protelar investigação

camila silva 400 curtinha   Os vereadores poconeanos Camila Silva (foto), do PP, e Ademir Zulli (PTB) usaram de uma estratégia jurídica para protelar, ao máximo, a conclusão dos trabalhos da recém-criada Comissão de Investigação e Processantes (CIP) para apurar denúncia de quebra de...

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.