Executivo

Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 11h:17 | Atualizado: 20/03/2020, 11h:42

CORONAVÍRUS

Servidores pressionam Mauro a liberá-los

Servidores públicos começam a pressionar o governador Mauro Mendes (DEM) a liberá-los. Após decretos de controle do coronavírus, cobram mais um autorizando o home office. Nesta manhã, teve protesto nos corredores da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, a Setasc, exigindo o teletrabalho.

A Setasc já informou que vai emitir uma portaria liberando servidores do grupo de risco, mas os demais se queixam de que falta material de limpeza e os turnos alternados não são suficientes para protegê-los. Também querem ser beneficiados.

No caso da Setesc, eles alegam que cumprem funções administrativas e podem cuidar dos processos em casa, sem prejuízo do resutado.

“O governador recomendou que a população fique em casa o máximo que puder, se podemos realizar nosso trabalho de nossas casas, não há motivo para expor os servidores ao risco”, diz Graciele Meira, assistente social da Setasc.

O conversou com um dos manifestantes. Segundo diz, muitas servidoras são mães, com filhos sem aula. Nesta quinta, uma parte delas precisou levá-los para o trabalho, porque não tinham com quem deixar. Além disso, questionam a eficácia dos filhos sem aula em casa, sendo que elas saem às ruas e voltam possivelmente afetadas pela pandemia.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Indignado | Domingo, 22 de Março de 2020, 11h29
    0
    2

    Depois os queridos que estão pedindo para parar tudo serão os primeiros a pedir os salários. Não precisa deste pânico todo.

  • . | Sábado, 21 de Março de 2020, 00h56
    4
    0

    Uma sugestão aos prezados colegas escalados para "REVEZAMENTO ": quando algum dentre nós contrair coronavirus e falecer, que esses decretos de jerico sejam levados aos tribunais e diante da opinião pública, para processar o estado e aos signatários desses absurdos. Acaso temos um sistema imunológico diferente dos outros?

  • Jef | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 17h50
    4
    11

    Tem que liberar sim governador, mas tem que fazer igual na iniciativa privada, que teve redução de salário. Não adianta deixar a folha de pagamento inchada sendo que o estado e o mundo estão parando.

  • Denise | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 15h36
    6
    1

    Se o Governo do Estado fez a recomendação em tempo hábil para o isolamento de todos e dos lugares, agora tem que fazer cumprir a tarefa de casa e dispensar servidores dos serviços não essenciais, que podem cumprir com suas obrigações pelo computador de casa e ajudar na prevenção da proliferação do corona vírus. TODOSJUNTOSPELAVIDA

  • Servidor | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 14h22
    18
    1

    O FÓRUM SINDICAL JÁ DEVERIA TER ENTRADO NA JUSTIÇA PARA OBRIGAR ESTE GOVERNADOR INSENSÍVEL A LIBERAR OS SERVIDORES QUE NÃO TRABALHA EM SERVIÇO ESSENCIAL...ESTE CIDADÃO PARECE QUE NÃO TEM FILHOS E NEM FAMÍLIA...OS SERVIDORES JAMAIS TE ESQUECERÃO SENHOR MAURO MENDES A SUA RUINDADE E MALDADE NÃO TEM LIMITE...

  • Eduardo | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 14h14
    18
    2

    Lamentável a atitude de Um Governo de Estado agir dessa forma, todos sabem que o Mauro Mendes não gosta do servidor público mais colocar a vida de pessoas em risco isso é crime #ForaMauro#

  • Marcos | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 12h43
    19
    3

    LAMENTÁVEL a postura do Governador...

  • Paulo | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 12h37
    22
    2

    Atitude do Governador Mauro Mendes é um verdadeiro absurdo e acinte aos servidores do executivo. Todos os poderes foram conscientes e liberaram seus servidores para realizar as tarefas em teletrabalho, seguindo a orientação da OMS. Só os servidores do executivo podem morrer? Mauro Mendes faz com que os servidores do executivo sejam expostos ao vírus sem qualquer plausibilidade! VERGONHA DA USA ATITUDE!!

  • Analista Político | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 11h45
    17
    3

    Fiquem tranquilos, nestas Secretarias o Corona Vírus não entra! Pois nesses prédios antigos, não tem janelas, n não tem saidas de emergencia, ou seja, o virus não entra. Estarão todos Seguros!!! Basta ninguem respirar lá dentro. !!!!!

  • João | Sexta-Feira, 20 de Março de 2020, 11h37
    35
    0

    Governador Mauro Mendes tem que ter o minimo de respeito com os servidores. Isso é caso de calamidade da saúde publica, a OMS, todos países e estados ja tomaram providencias, somente aqui em MT ficamos assim?

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.