Executivo

Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 16h:40 | Atualizado: 11/09/2019, 18h:10

APELO AOS ALIADOS

Significa um desastre nas contas de MT, diz Carvalho sobre anular Teto de Gastos

Tchélo Figueiredo

Mauro Carvalho

Mauro Carvalho (Casa Civil) em entrevista; ele ressalta pedido para reprovação da PEC

O chefe da Casa Civil Mauro Carvalho faz um apelo aos deputados da base governista para que rejeitem a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), de autoria do petista Lúdio Cabral, que revoga a PEC do Teto dos Gastos aprovado no Governo Pedro Taques (PSDB). A matéria recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) na tarde dessa terça (10).

A PEC de Lúdio deve ser apreciada em primeira votação em plenário no “esforço concentrado” para limpeza de pauta desta semana. Se aprovado, será analisado por uma comissão especial e depois passará pela segunda votação.

A Emenda Constitucional que instituiu o teto de gastos em Mato Grosso limita o crescimento das despesas primárias correntes, e impede que o gasto do Estado com pessoal e custeio cresça acima da inflação. Com isso, os críticos sustentam que o Executivo não pode investir mais em serviços para a população, mesmo que a arrecadação aumente e o Governo tenha recursos para isso.

“A PEC foi aprovada só na CCJR, alguns deputados da base até aprovaram na comissão, mas isso não significa voto no plenário. Com certeza não vai passar na Assembleia. Será reprovada porque significa um desastre muito grande nas contas de Mato Grosso. Temos deputados conscientes, responsáveis, que realmente vem os interesses da sociedade mato-grossense e não está ali para jogar para galera. É um pedido do Governo de Mato Grosso e toda base está consciente”, declarou Mauro Carvalho após almoço com a base aliada, realizado nesta quarta (11), no Palácio Paiaguás.

O deputado Lúdio Cabral argumentou que o teto engessa o orçamento. Segundo ele, impede o aumento de investimentos nas áreas essenciais.

“O trabalho dos servidores é que realiza os direitos da população na saúde, na educação e na segurança pública. É o trabalho do médico, do enfermeiro, do professor, do policial, que realiza esses direitos. Todos os insumos, como giz, gaze, medicamento, fio cirúrgico, armamento, farda, também são classificados como despesa primária corrente. O teto de gastos impede a ampliação desses serviços públicos. Precisamos aumentar o volume de recursos nessas áreas”, declara o petista.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.