Executivo

Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 18h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Articulação

Silval admite oferta de pastas por alianças e tem preferência por PP

Silval Barbosa   O vice-governador Silval Barbosa (PMDB), pré-candidato ao Palácio Paiaguás, acredita que o momento é de muito diálogo com todos os partidos. O virtual candidato, porém, reconhece uma preferência – uma possível aliança com o PP do presidente da Assembleia, deputado José Geraldo Riva. “Estou lutando para ter o PP na composição do governo”, diz Silval. Após entrevista coletiva nesta quarta (17), ele reconheceu sua pretensão de barganhar alianças por pastas no governo. 

   Assim que assumir o governo no lugar de Blairo Maggi (PR), que sai em busca de uma cadeira no Senado, Silval começará a mexer nos comandos das pastas. O peemedebista anuncia que só em 31 de março definirá os nomes dos secretários que deverão assumir em sua gestão. Admite que a escolha estará vinculada aos aliados e que o PP poderá ficar a frente de mais pastas. Hoje o Partido Progressista já comanda a secretaria de Turismo e de Ciências e Tecnologia. “Quem está no arco de aliança, automaticamente, tem que estar à frente da gestão das secretarias”, declara.

      As articulações indicam que a musculatura da aliança em torno da candidatura do peemedebista é reforçada pelo PT e pelo PR. Outros partidos como o DEM do senador Jayme Campos, por exemplo, ainda decidem o caminho a seguir, com a sinalização de que os passos vão em direção à oposição, mas Silval não descarta qualquer conversa. O pré-candidato mantém contato inclusive com o PSB, do deputado federal Valtenir Pereira. O PSB tem como virtual candidato ao governo do Estado o empresário Mauro Mendes, mas sobre isto Silval afirma não enxergar qualquer divergência sobre quem será o cabeça-de-chapa, numa demonstração de que vai insistir na articulação.

   O vice-governador mostra-se confiante em relação à sucessão do governo Blairo Maggi. Contando com sua experiência na política e também no próprio governo, já que ficou à frente do Executivo por inúmeras vezes, ele sabe que o peso da máquina pública pode lhe trazer visibilidade, mas pondera que a responsabilidade do cargo também pode atrapalhar. “Terei que trabalhar integralmente no governo, dar expediente mesmo e só depois atuar na minha pretensão eleitoral”, disse Silval. “O vice-governador não tem tempo para fazer campanha. Terei que cuidar da gestão o dia todo”, completa.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • alta floresta livre do romoaldo jr | Sexta-Feira, 19 de Fevereiro de 2010, 14h06
    0
    0

    alta floresta livre do romoaldo jr, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Manuel João | Sexta-Feira, 19 de Fevereiro de 2010, 08h46
    0
    0

    É verdade que no governo do PSDB as estradas de MT estavam comprometidas. Eu tinha que viajar a trabalho e cansei de ficar na estrada porque estava interrompida. No Nortão os carros faziam filas nos atoleiros e ficavam horas e até dias para poderem continuar a viagem. NO GOVERNO DO PSDB NÃO HOUVE INVESTIMENTO NO NORTE DO ESTADO. Ainda bem que com a mudança de governo vieram o crescimento do Mato Grosso e o Governo Estadual passou a olhar para o Estado como um "Todo", investindo em todos os Municípios, assim não temos mais interesse em divisão de Estado.

  • wyldo | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 18h35
    0
    0

    O SILVAL BUSCA SUA ALIANÇA COM TRANSPARENCIA E DESTA FORMA QUE SE FAZ POLITICA

  • Lady Laura | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 16h49
    0
    0

    Muito bem Silval Barbosa!!! O Senhor está certo em buscar novas alianças para fortalecer a sua candidatura ao governo, pois é uma pessoa do bem, competente e que se preocupa em dar continuidade ao desenvolvimento do nosso Estado!!!! EM 2010 É SILVAL BARBOSA PARA GOVERNADOR DE MATO GROSSO!!!

  • Léia da Silva Gomes Torres | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 16h38
    0
    0

    O Governador Silval Barbosa falava em divisão na gestão Dante de Oliveira, pois nessa época o norte do estado vivia abandonado. Depois que Blairo Maggi e Silval assumiram o governo do estado de Mato Grosso essa história mudou. Não precisamos mais de divisão do estado, pois Silval Barbosa vai governar para todos, não vai agir como a turma do PSDB fez em oito anos de retrocesso. Hoje Mato Grosso é destaque no cenário nacional, isso é mérito de Blairo Maggi e Silval Barbosa, essa dupla deu certo e vai dar sucessão.

  • Newton Botelho | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 09h54
    0
    0

    É isso ai Governador precisamos, dar continuidada este tão sonhado progresso que MATO GROSSO precisava... SILVAL GOVERNADOR 2010.

  • Jésus | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 09h40
    0
    0

    Começou o inventário do Mato Grosso kkkkk

  • Marcelo | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 09h25
    0
    0

    Marcelo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • augusto cesar Martins de Siqueira Júnior | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 09h13
    0
    0

    KKKKKKK, nem oferecendo caminhões de dinheiros, o silval vai conseguir aliados, ninguém é besta, todo mundo já percebeu qua a candidatura do PMDB é barca furada, já está com passagem garantida no BATEAU MUCHE, a baixada cuiabana,principalmente vão repudiar este candidato que apóiou a divisão de Mato grosso, e até mesmo o nortão, sabe que ele não tem força política nenhuma, vai levar uma surra de Wilson, Do mauro nem se fale...kkkkkkkkk

  • Lauro Munhoz Sobrinho da Silva | Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 08h03
    0
    0

    O Silval esta repleto de razão é assim mesmo que tem que fazer,conquistar e ser suprapartidario trazer os companheiro pra perto e colocar responsabilidades neles ai sim é adiministração com transparencia.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...