Executivo

Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 11h:05 | Atualizado: 11/02/2014, 13h:16

Silval diz aceitar protestos, mas avisa que não vai recuar de concessões

O governador Silval Barbosa (PMDB) garante que não vai recuar da decisão em entregar à concessão algumas rodovias estaduais. O peemedebista justifica que o governo não tem condições de arcar com a recuperação das estradas, tendo em vista que o Estado tem dimensões continentais. “Ao longo da história, as concessões tem dado certo”, argumenta Silval.

A mesmo opinião, no entanto, não é compartilhada por alguns deputados estaduais. Acontece que na semana passada, a Assembleia foi palco de discussões acerca da situação precária da rodovia MT-130, trecho que liga Rondonópolis a Primavera do Leste, sob a concessionária Morro da Mesa. O próprio líder do governo, deputado estadual Jota Barreto (PR) é a favor da suspensão do pedágio até a recuperação seja feita.

Diante da chiadeira, o governador pede que os parlamentares não interfiram nessa questão, pois o Executivo vai analisar o contrato e verificar se os prazos de recuperação do asfalto são cumpridos. Só após a avaliação, Silval decidirá quais medidas devem ser tomadas. “Eu mesmo vou suspender o contrato se o cronograma não for respeitado”, reforça.

MT-251

A concessão rodovia MT-251 (Emanuel Pinheiro) é ainda mais polêmica. Neste caso, Silval é alvo de críticas da população e de parlamentares. O deputado estadual, José Riva (PSD), por exemplo, tenta anular a instalação de pedágio com o projeto que não autoriza concessão em “Estradas Parques”. O governador coloca panos quentes na discussão e ressalta que as manifestações são normais e que acontecem em todo o país. “São naturais”, minimiza. 

Em meio aos debates, vereadores por Cuiabá, Arilson da Silva e por Chapada dos Guimarães, Carlos Eduardo de Lima Oliveira, Carlinhos, ambos do PT, apresentam posição contrária a cobrança de taxa para o tráfego no trecho entre os municípios. Para ampliar a discussão, os parlamentares vão realizar audiências públicas e unir forças com os demais vereadores e entidades que atuam em defesa da livre circulação entre a capital e uma das principais cidades turísticas de Mato Grosso.

Movimento vai interditar rodovia se Silval não barrar criação de pedágio

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • adenilson | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 20h51
    0
    0

    cade o dinheiro do fetabe aonde ; esta sera que esta indo para as ilhas gregas porque as mt estão acabadas.

  • Dornele$ | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 20h51
    0
    0

    Construtora pertence a deputado. Segundo informações, a Construtora Tripolo, responsável pela execução de 44 quilômetros de pavimentação asfáltica na MT-494, que vai do entroncamento da MT-351, no rio Manso, ao distrito de Bom Jardim, seria do deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PR), que é o mesmo dono da empresa Concessionária Morro da Mesa responsável pela cobrança de pedágio na MT – 130 – que liga Primavera do Leste a Rondonópolis, atualmente, esburacada e sem os devidos critérios para exercer a cobrança de pedágios. (Com informações da Rádio CBN).

  • Dornele$ | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 20h30
    0
    0

    Não recua mesmo Silval. Algum deputado, vai até chorar de alegria, por este seu "grande" empenho em "adoar" parte dessa capitania. Esse é o grande legado do Riva e Silval. Esse é o meu Mato Grosso. Tudo loteado e divido. Riva e seus 23 anões!

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 17h50
    0
    0

    Pior governador dos últimos 100 anos.

  • Zé Poxoréo | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 17h05
    0
    0

    Concessões, aliás, doações de patrimônio público! Esse infelizmente é mais um "legado" que esse governo irá deixar ao povo matogrossense.

  • JORGE ZAMAR NETO | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 12h56
    0
    0

    È no mínimo muito estranha essa situação. como pode um governador pedir para um representante do povo, eleito para isso mesmo, fiscalizar e cobrar os direitos do eleitor que acreditou nele. todas as manifestações feitas até hoje, assim como todas as audiências públicas, tiveram unanimidade contra as concessões das rodovias MT. Talvez seja por isso mesmo, por não estar nem aí para as decisões da sociedade organizada, é que o governador quer terminar seu mandato sem se expor ao crivo da opinião pública sobre sua postura e seu "legado" para este estado. Na reunião que houve em agosto de 2013 para tratar da MT 130 no trecho entre Pva do Leste e Paranatinga, na ocasião do bloqueio, em que estive presente junto ao governador e seu secretário sinésio, ficou claro que este estado está com problema de gestão. e quem é o gestor? Silval Barbosa, comparado, ninguém sabe por que, à JK, etá distante da sociedade , tão distante que não é atingido em nenhum momento pelas consequências do abandono da educação, da segurança, da saúde e muito mais evidente da infra estrutura, estrangulada total pelo abandono e por falta de investimentos planejados, com objetivos claros em direção ao progresso, ao desenvolvimento sem fantasias. Então de que adiantou todas as audiências públicas feitas pelo próprio pessoal do governo?? Falar que o estado é tão maior assim que MT do Sul? que o estado de Goiás?onde está a verdade? onde está o MPE que não se apresenta para a discussão?? e os deputados estaduais , vão abaixar a cabeça e obedecer ao governador? ou será que vão honrar os votos recebidos nas urnas e defender os interesses da sociedade?? De concreto sabemos que o abandono é fato, só não sabemos se é proposital, pois como pode direcionar tanto dinheiro para o MT integrado e ao mesmo tempo dizer que o estado não pode manter as rodovias. então está investindo em novas rodovias para depois entregar também para a iniciativa privada?? muito estranho, este apagar das luzes do governo do PMDB, sobrará a conta astronômica para os próximos governos administrarem e por no lombo já bastante machucado, dos contribuintes do estado, pagarem. de um jeito ou de outro. vamos arcar com os juros e os desvios. mas acabaremos pagando. sem ninguém para tentar evitar o pior, a falência do estado. Existe um pedido de audiência pública para tratar do assunto protocolado na mesa diretora da assembléia legislativa, porém eu desconfio que o governador vai mandar o presidente da casa, dar um jeitinho de não fazer acontecer, que será um carimbo de quem manda também naquela casa. é esperar pra ver.

  • Marlon Rocha | Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2014, 11h54
    1
    0

    A AGER É QUEM REGULA AS RODOVIAS CONCEDIDAS DO ESTADO DE MATO GROSSO. NO ENTANTO, A AGÊNCIA REGULADORA SÓ ESTÁ RECEBENDO 10% DOS RECURSOS QUE DEVERIAM ESTAR RECEBENDO. DESSE JEITO, FICA DIFÍCIL A EFETIVAÇÃO DO SERVIÇO COM 100% DE QUALIDADE. OS ANALISTAS REGULADORES DA AGER, QUE JÁ SOFREM FAZ 10 ANOS COM ACHATAMENTO DO SEU SALÁRIO, AINDA TEM QUE SE DESDOBRAR PARA REALIZAR MAIS ESSE SERVIÇO SOB CONDIÇÕES MUITO PRECÁRIAS. CADÊ O VICE-GOVERNADOR NESSA HISTÓRIA TODA!

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.