Executivo

Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 12h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

ANÁLISE

Silval pode arranjar sarna para se coçar, diz Wellington sobre PT

   O presidente estadual do PR, deputado federal Wellington Fagundes, aconselha o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) a não “meter a colher” na briga entre a senadora Serys Marly e o deputado federal Carlos Abicalil, ambos do PT, que travam uma verdadeira guerra interna pela indicação do partido para disputar a senatória. Wellington lembra que o PT é um partido complexo, formado por várias correntes. Segundo ele, Silval pode sofrer represálias e piorar a situação com os aliados se resolver intervir. “Mediar eu acho que ele deve, interferir não. Tem várias correntes e se Silval for lá resolver pode arrumar sarna para se coçar”, avisa o republicano, em entrevista ao Programa Cidade Independente, da Rádio Cidade, veiculado nesta quarta (17).

   Demonstrando querer mesmo ficar longe da briga dos petistas e fazer a política da boa vizinhança, Wellington afirma que, como presidente da sigla, não vai intrometer nas discussões internas do PT. “Como presidente de um partido, eu não posso meter a colher no outro. Tenho a preferência pelo melhor que eles escolherem. Não vou colocar o bedelho”, avisa. Serys e Abicalil entraram em rota de colisão depois que o deputado federal oficializou a pretensão em ser candidato ao Senado. Os dois disputam a “tapas” o apoio dos militantes do PT e, após muito debate, o partido deve definir o nome do pré-candidato em março. Apesar disso, a oficialização só deve ocorrer durante as convenções em junho. “Eles têm espaço para indicar um nome, vamos aguardar”, diz Wellington.

  Ele revela também que o PR não deve ter chapa pura tanto a deputado estadual quanto federal. Na avaliação do deputado de quinto mandato, o chamado “chapão” tem mais força e condições de eleger mais candidatos. Por isso, ele vai propor que PT e o PMDB também formem uma chapa mista para disputar a Assembleia Legislativa e a Câmara Federal. Entre os novos nomes citados por ele para disputar uma vaga de federal está o do vice-prefeito de Várzea Grande Tião da Zaeli e o do vereador por Cuiabá Francisco Vuolo. “Vuolo pode sair para estadual ou federal. Temos muitos nomes”, disse. Sobre a participação das mulheres, ele alega que será respeitado o percentual de 30% exigido pela lei. “Ainda temos dificuldades para lançar candidatas. A política brasileira é machista, mas as mulheres estão avançando”, avalia.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Antonio Mazardo de Castro | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 20h30
    0
    0

    O PT, tenta parecer uma contelação"cheio de estrelas", mas as vezes com pouco brilho, se acham, a ultima bolachinha do pacote. Mas temos pessoas com muito trabalho, como é o caso desta grande senadora SERYS, e do dep fed. ABICALIL, e os deputados estaduais, mas o ego pessoal de muitos subalternos, parecem ser maior que o do presidente da republica, falam muito e fazem pouco, Só beneficio próprio.

  • hernandes paulo da silva | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 17h25
    0
    0

    como petista de carteirinha, independente de quem seja candidato a senador pelo partido, vou lutar para que não se alie novamente a turma da botina, aos devastadores do meio ambiente e pior, governou apenas para a elite rural. está na hora do PT tomar o seu rumo histórico, antes que seja tarde demais e seja denunciado como partidinho de aluguel a serviço das elites deste Estado. O pt não pode sucumbir por decisão de meia dúzia com cargos nesse atual governo estadual, que se esqueceram da história de luta do petista.

  • Claudio Garcia | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 16h13
    0
    0

    EStou de acordo com o seu comentário Sr Herodato, mais as coisas vão entrar nos eixos, eu acho que essa senadora ja deu o que tinha que dar..ela deve arrumar alguma coisinha lá em brasilia, afinal ela mesmo diz que trabalhou muiiito lá em brasila...mais ela se esquece que é senadora por Mato Grosso e portanto teria que fazer um pouco mais pelo nosso estado, e não ficar puxando o saco do Sarnei...Agora é a vez nosso amigo guerreiro e competente Dep. Abicalil, futuro senador de Mato Grosso

  • ALDO | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 15h03
    0
    0

    o welington está certo, o sinval não tem nada de meter obedelho em outro partido.em relação ao sr. Erodoto ele deve ser um desses pau mandado que escreve o oque os outros mandan.

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 13h34
    0
    0

    Bem, na verdade este SILVAL (quem?) deveria era se tocar nao tem quilate nenhum para ser governador, só lamento que meus companheiros petistas enfeitiçados pelo canto da sereia como Ságuas, Rosa Neide, Verinha, Alexandre Cesar, etc. etc... terão que arrumar as malas e voltar á luta pois com este Silval( quem?) tá dificil......... Wellington tem razão ele não deve meter a colher em nenhuma questão interna do PT. O PT sempre foi assim sr. Heródoto ( de Lacerda que profetiza o desaparecimento do PT kakakakakak), há tendencias internas mas no final prevelece o bom senso..... há só para lembrar já tivemos muitos profetas em 2006 que disseram que o PT desapareceria e está aí firme como rocha...

  • Rafael Amoedo | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 12h47
    0
    0

    Na minha opinião, o PR daria uma demonstração de amor ao povo de MT, lançando Tião da Zaeli à Deputado Federal. Assim, o povo de Várzea Grande poderia impedir uma vitória de Júlio Campos. E com Zaeli na Câmara, Dilma teria um deputado promissor em sua base aliada.

  • Herodoto | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 12h23
    0
    0

    Concordo com o Welington. O PT ta dividido em MT nos diretórios regional e municipais. Com a derrota da Dilma que será certa, a tendência é o enfraquecimento e até o desaparecimento da sigla.

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...