Executivo

Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014, 11h:20 | Atualizado: 01/02/2014, 09h:35

Silval se reúne com vice-presidente e quer reforçar segurança na fronteira

.

gefron

Fronteira de Mato Grosso é um dos corredores para entrada de drogas no Brasil

O governador Silval Barbosa (PMDB) tem reuniões agendadas com os Ministérios da Justiça e Defesa para tentar viabilizar a ampliação da presença do governo federal na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Nesta sexta (31), Silval tratou do assunto com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que prometeu ajudar o Estado neste pleito.

Silval decidiu procurar a União depois que tomou conhecimento sobre a existência de instruções ao Comando do Exército em Cáceres no sentido de que seja reduzido o número de postos de controle na fronteira com a Bolívia.

“De acordo com a Constituição, a responsabilidade pelo policiamento e controle de nossas fronteiras é do governo federal, mas nós não poderíamos, de maneira alguma, ficar de braços cruzados assistindo somente ao esforço do Exército e da Polícia Federal. Por isso o Estado criou e mantém o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), que é uma forma de aumentar ainda mais a presença das autoridades no combate à ação de criminosos”, destaca o chefe do Executivo.

As viaturas do Gefron patrulham os 28 municípios de fronteira, principalmente na região de Cáceres, Pontes e Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, locais com mais apreensões de entorpecentes. O secretário estadual de Segurança, Alexandre Bustamante, por sua vez, argumenta as ações na fronteira não protegem apenas Mato grosso, mas todo o país. Há uma grande preocupação porque, com o efetivo existente, o local já é uma das principais entradas de drogas no país, assim, se o policiamento for reduzido, a tendência é que a situação piore ainda mais.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • marcos | Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 10h12
    0
    0

    coloque o exercito nas fronteiras, e a policia militar, traz ela para cuiabae varzea grande, pra reforçar a policia antes da copa, voces do governo estão brincando de fazer segurança publica, tem muitos oficiais ai, só esquentando bunda na cadeira pra ter tempo e promoção....... saudades do coronel farias e taborelli...

  • cuiabano | Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 10h08
    0
    0

    policia na rua, governador, tenha pulso firme, coloque os oficiais pra sairem do ar comdicionado, e ir na operação fim, pelo menos até a copa de 2014, , a malandragem ta ai, mais fiscalização, chega de economia de combustivel, peça ajuda auxilio na fiscalização em cuiabae varzea grande........ coloque policia na rua, voces vão ver como os indices de criminalidade vão reduzir...

  • cledison Gonçalves da Silva | Sábado, 01 de Fevereiro de 2014, 06h24
    0
    0

    até que enfim o governo está acordando para o fato de que não adianta combatermos o tráfico, se não fecharmos as nossas fronteiras. seria combater o efeito e não a causa.

  • Zé Poxoréo | Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014, 14h26
    0
    0

    Enquanto o governo se preocupa com segurança na fronteira que custa milhões, a população de Cuiabá é obrigada a viver trancafiada sem poder nem sair de casa porque a cidade não tem mais policiamento e está se mantando aqui, se brincar, mais do que no Rio de Janeiro. Acorda pra vida governador, o problema não é dinheiro é gestão!! Cadê a policia?

  • mario | Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014, 12h49
    0
    0

    as fronteiras e ma to grosso , secretario tem que ter policiamento preventivo.....cuiaba precisa de policia mento reventivo.

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

Entrevistando uma aliada vitimizada

dito lucas 400 curtinha   Selma Arruda aceitou gravar entrevista para o programa Roda de Conversa, apresentado por Dito Lucas (foto) e que estreia hoje à noite, na TV Gazeta de Cuiabá, desde que fosse em sua casa, em Chapada dos Guimarães. E assim foi feito. A senadora cassada ficou bem à vontade para falar o que quis....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.