Executivo

Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 13h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Rondonópolis

Sindicato aciona MP para obrigar convocação de concursados

Sindicato cobra novo concurso para zerar lista de contratados no município

  O presidente do Sispmur (Sindicato dos Servidores Públicos de Rondonópolis) Rubens Paulo já acionou o Ministério Público para obrigar a Prefeitura de Rondonópolis, sob Zé do Pátio (PMDB), a realizar novo concurso público para reduzir praticamente a zero o número de servidores contratados. Ele reforça que a Constituição Federal determina que os órgãos públicos realizem os certames e que não haja funcionários contratados. Segundo Rubens, Pátio tem agido na contramão da legislação e não convocou, sequer, os últimos servidores aprovados ou classificados no concurso realizado por seu antecessor Adilton Sachetti (PR), que hoje preside a Agecopa. “As vagas existem, mas ele já disse que não vai chamar ninguém”, conta Rubens.

  Segundo ele, pelo menos 2,5 mil dos cerca de 5 mil servidores da prefeitura trabalham em regime de contrato, por isso, ele não vê uma justificativa plausível para que o prefeito não emposse os concursados e classificados. “A lei é clara, ele deveria ter chamado todos os concursados e havendo as vagas também precisa empossar os classificados, mas não fez isso e o prazo vai expirar”, reclama o sindicalista.

  A data final para que o peemedebista emposse os concursados termina no próximo dia 24. “Apenas o Adilton Sachetti empossou os concursados, já o atual prefeito se mostra resistente”, reforça Rubens. O concurso foi realizado em 2006. Na época foram abertas 204 vagas em 36 cargos de diversas áreas. O município nomeou cerca de 100 pessoas no cargo de auxiliar de higienização, mas a demanda é para ao menos 54 novos servidores, especialmente nas creches e escolas municiapais.

  O sindicalista reclama também do fato que a data para a realização do novo concurso público em Rondonópolis continua sendo uma “incógnita”. No princípio, Pátio havia se comprometido a realizar a seleção pública no segundo semestre de 2008. Em agosto mudou de ideia e anunciou que o concurso seria feito em fevereiro. “Agora já fui informado de que será apenas em 2011”.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • amigo | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 16h33
    0
    0

    Nao entendo a postura do Rubens....diz q em sua gestão resolveria o problema salarial dos ASD (auxilar de serviços diversos), mas nos corredores, reunioes com diretores, secretarios , se mostra contrario a proposta. Até chamando as ASD de preguiçosa, q so fica lendo jornais Se essa categoria conseguir alguma elevação, será pura vontade do prefeito zé carlos q tem se mostrado interessado nessa classe q tanto sofre e ja sofreu em gestao anteriores

  • ROSANA | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 22h09
    0
    0

    O SINDICATO ESTÁ DE PARABENS POIS, TODAS INICIATIVAS POR MAIS QUE AS VEZES FORAM TARDIAS PELA PRIMEIRA ADM OS SERVIDORES FORAM OUVIDOS E SUAS OPINIÕES E REIVINDICAÇÕES RESPEITADAS COISA QUE NAS OUTRAS ADM NÃO ESTAVAMOS ACOSTUMADOS A VERMOS ISTO ALÉM DE SEMPRE VERMOS ALÉM DO PRESIDENTE TODA EQUIPE DO SINDICATO DESEMPENHANDO E ARREGAÇANDO A MANGA E PONDO A MÃO NA OBRA. HOJE DIFICILMENTE VEMOS ISTO, POIS O PODER NA MAIORIA DAS VEZES FICA CENTRADO NO ADM ESQUECENDO QUE FORAM NÓS SERVIDORES QUE OS ELEGEMOS. É ISSO AI SINDICATO SOU UMA DAS APROVADAS E CONTO E ACREDITO COM ESSE SINDICATO, QUE NÃO PODE SE INIBIR POR AQUELES QUE NÃO FIZERAM E NÃO FAZEM E AINDA NÃO É CAPAZ DE FAZER O QUE O ATUAL SINDICATO EM EQUIPE ESTÁ FAZENDO, NUNCA EM TODA HISTÓRIA SERVIDOS DIGO CATEGORIA NUNCA ESTIVERAM TÃO UNIDOS COMO AGORA. SINDICATO Ó SERVIDORES SOMOS NÓS NÃOESQUEÇAM

  • chacal | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 21h19
    0
    0

    o sispur estva dormindo, acabou de acordar nos dois sentidos da palavra.

  • alexandre | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 20h53
    0
    0

    Gostaria de parabenizar o SISPMUR pela postura que tomou em relação ao acionamento da justiça, porém, só não concordo de ter deixado passar tanto tempo, pois devemos ficar mais atento com essa administração, sendo que foram feitas algumas promessas pelo Senhor Prefeito durante a campanha para os funcionario ate o momento nada se fez ou fez pouquíssimo para melhora a situação dos servidores. Sabe-se que o SISPMUR tem sido errolado por esta administração pricipalmente na questão salarial, pois desde setembro o Senhor Prefeito vem enrrolando sindicato, já estamos terminando o mês de janeiro o mês da data base e ate agora o servidor não tem nenhuma proposta, direfente do governo federal que almentou o salario para pagamento em janeiro, espero que o SISPMUR seja tenha uma postura mais energica como esta administração, pois estou sentino que fui enganado mais uma vez, e se nao abrimos o olhos passará os 3 anos restantes, pois 1 ano já se foi e nao foi muito bom para o servidor.

  • Gustavo | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 20h06
    0
    0

    É uma vergonha o que ocorre neste caso, todo ano vereadores e secretarios loteiam os cargos públicos e ninguém faz nada. Agora este não é caso especifico de Rondonópolis, não sei o motivo, talvez o financeiro, mas porque ninguém fala nada do Governador, por que a imprensa não mostra que a maior parte do povo que mama no estado não é concursada?? Quando este cara assumiu o governo, Rondonópolis perdeu umas 10 mil pessoas, todas foram pra Cuiabá para trabalhar no Governo, dai vem a pergunta, foram concursados?????? Uma outra coisa que está chateando é a TV do PR na cidade, eles batem duro o dia inteiro falando da saúde, mas aqui vai a pergunta, por que não falam que o estado não investe nada, mais nada mesmo em Rondonópolis e jogam a culpa toda no prefeito, que realmente tem sua culpa. Porem a imprensa blinda este Governador que ninguém, fora o Romilson, tem coragem de falar nada dos desmandos deste cara, que não investe em Segurança, Saúde e Educação. Faz o pior governo Pão e Circo, enquanto isso seus amiguinhos ganham 1,6 Bilhões de incentivo. Sinceramente, é o pior governador que MT já teve, bate Bezerra, Campos, todo mundo....

  • Pedro Augusto Araújo | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 18h08
    0
    0

    ...2005!!! agora q Sindicato da categoria se deu conta da falta de iniciativa!!! onde estava o sindicato em 2005,2006,2007 e 2009??? A pergunta que não se calaaaa.....

  • SEBASTIÃO DA MACENO | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 18h05
    0
    0

    Éta SISPUR, danado já tirou todo aproveito do prefeito agora que tumutua, quero que vc, aprenda classificado não é concursado presidente agora vc, que novo concurso vc, é mesmo um fanfarão sr. RUBENS.Agora quem esta por traz o seu vereador do pps, ou deputado Percival Muniz.

  • ANA MARIA | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 17h53
    0
    0

    Olha, mato grosso aqui em rondonópolis, já começou a eleição de 2010, este presidente é pau mandado do deputado Percival Muniz, e do vereador Reginaldo. Ussam administração agora não serve mais o Reginaldo foi hontem em uma emissora de tv, e disse que agora ele é oposição administração Zé do Pátio.Mas nós de rondonópolis,não somos bobos não sr. Rubens Paula.

  • Kleber | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 16h04
    0
    0

    Atenção servidores temos q ficar atento com essa administração do Zé do povo.Vejam bem, uma colega servidora precisou entrar na justiça para q a prefeitura pagasse um exame de alta complecidade, pois a mesma não tem condições financeira de pagar e pela doença q ela é portadora a lei já o garantia. Porém, a justiça acatou o pedido da colega e deu causa ganha para a mesma,determinando q a prefeitura realizasse o exame, caso contrário pagaria multa diária. Sabe o q a administração do Zé do povo preferiu, e q tanto falou em humanização na campanha eleitoral, pagar a multa, deixando a colega sem fazer o exame q tanto precisa.

  • cristielly | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 16h00
    0
    0

    valeu sindicato é isso ai ,vamos colocar esta admistraçao pra trbalhar de verdade .Porque ate agora o ze enrolão so prometeu demais ,esquece que a campanha politíca já acabou e vive de demagogia tentando enganar a população rondonopolitana.vamos colacar fora da prefeitura, chega de brincar de admistração esse encompetente político do PMDB.

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...