Executivo

Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 08h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

VÁRZEA GRANDE

Sindicato denuncia problemas e professores já ameaçam greve

  Insatisfeitos com a gestão Murilo Domingos (PR), em Várzea Grande, os servidores da rede do ensino público, que reivindicam melhorias salariais e reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), denunciam irregularidades e podem declarar greve durante assembléia da categoria na próxima segunda (31). O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Várzea Grande (Sintep/VG), denuncia que o aumento do piso salarial dos professores teria sido barrado por irregularidades na aplicação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

   No início de 2010 o sindicato encaminhou ao Ministério Público Federal um pedido de fiscalização da aplicação dos recursos do fundo. De acordo com a presidente do Sintep/VG, Aparecida Cortez, o relatório encaminhado aponta várias irregularidades na condução das verbas, como a lotação de 302 servidores em unidades que não estariam ligadas diretamente às funções de magistério. Eles estariam consumindo mensalmente mais de R$ 251 mil das verbas do Fundeb. “Constam até contratos com trabalhadores em igrejas, totalmente irregulares”, declara Aparecida.

   O sindicato também reclama da falta de estrutura das unidades escolares e denuncia irregularidades na merenda escolar. De acordo com a presidente do Sintep, as deficiências seriam resultado do abandono e má administração da gestão municipal. “Em várias escolas temos problemas como infiltrações, que oferecem riscos aos trabalhadores e alunos. Além disso, a merenda por vezes é preparada com alimentos inadequados às crianças e falta distribuição compatível com o número de refeições servidas ao dia. Em junho isso já havia sido apresentado à Casa Civil, que garantiu que os problemas estariam solucionados em 20 dias, mas o prazo venceu e nada foi feito”, revela.

   Os professores alegam que apesar de ser o segundo município em arrecadação do Estado, Várzea Grande oferece o pior piso salarial da classe. “ Aqui o professor que trabalha 25 horas semanais recebe o vergonhoso piso de R$ 656. Conforme um estudo do sindicato, o município tem condições de conceder uma recomposição salarial em torno de 18% e elevar o piso para R$ 1,3 mil para o professor do ensino médio”, explica Aparecida. Ela afirma que a luta por um acordo entre as partes já dura há quatro anos, mas o Executivo não estaria disposto a atender as reivindicações apresentadas.

   As declarações do secretário de Educação, Wilton Coelho, apontam que o impasse deve continuar. “O município pode atender ao pedido de plano de carreira dos professores. Mas aumentar o piso salarial é um processo mais complicado é necessário analisar se a prefeitura terá condições de pagar por esse aumento”, explica o secretário.

   De acordo com dados do sindicat,o a educação de Várzea Grande conta atualmente com 500 funcionários e 1,1 mil professores. A assembleia-geral será realizada no dia 31, a partir das 14h, na sede do Sintep/VG.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • maria do carmo | Sábado, 29 de Maio de 2010, 00h17
    0
    0

    maria do carmo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Evander Marques | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 17h06
    0
    0

    Sinto vergonha de morar na "cidade industrial" pois o prefeito abandonou o navio deixou o municipio a deriva, falta tudo as ruas est~~ao virando crateras, agua, luz entre outros, não dá coragem de pagar o IPTU. Pois aonde vai parar o dinheiro?

  • Fabio Carmona | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 12h08
    0
    0

    Bom dia. isso ai foi vcs que pedirão tinha mais candidato para prefeito mas vcs ganharão um dindin pra votar nele agora aguenta!!!vai ter o prefeito que vcs merecem.......ou sai do cargo que tem gente querendo.

  • Maria do Carmo Pereira | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 11h59
    0
    0

    Nós de V. Grande estamos no fim do abismo, pois, no Murilo, Tião e companhia não acreditamos mais. Na Câmara de Vereadores, não temos nenhum Vereador para fazer oposição pq estão todos no bolso. Os Partidos politicos também estão da mesma forma paralisados. O PT que antes abria a boca, agora com esse tal de Cido no comando , ninguém sabe o que ele e sua Direção está fazendo pela nossa população. No sindicato dos professores ninguém acredita mais, porque a presidente cida cortez, faz média com Deus e com satanáz. Socorro . Socorro. Socorro

  • ALCEBIADES | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 10h42
    0
    0

    VCS DA EDUCAÇÃO PELO MENOS POSSUEM "SINDICATO" JÁ NÓS DA SAÚDE NEM ISSO, TEMOS QUE ENGOLIR QUIETINHO, E TOLERAR ISSO AI DESTE DORMINDO E SEUS COMPANHEIROS!! 

  • Maria Luiza | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 10h27
    0
    0

    Uma cidade onde o prefeito passa o dia na jogatina e todo mundo sabe onde mas ninguém faz nada...só poderia dar nisso...professores que ganham menos q presídiários (afinal eles custam bem mais que os R$ 653,00-tudo bem q o gasto deles nao é do Municipio)...criminosos estão deitando e rolando em nossa cidade, diariamente temos notícias de estupros, assaltos violentos, mortes...o comércio não tem qualquer apoio ou respaldo daquele q se diz prefeito e empresário...o sistema de saúde caótico...quem sabe o dia em que Murilo e todos os políticos forem remunerados com R$ 653,00, tiverem suas casas devassadas por bandidos, suas mulheres estupradas, nada de plano de saúde e seu comércio a míngua...quem sabe se este dia chegar... eles parem e ...se matem (porque covardes como são só poderiam fazer isso)...enquanto nós o povo..."brava gente brasileira"...temos que saber o que faremos com nosso voto na próxima eleição!!!!

  • Nelson Marques | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 09h56
    0
    0

    Cadê a Polícia? Políííciaaa..... Nâo. Cadê o Julier?

  • joao da mata | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 09h50
    0
    0

    varzea grande e uma grande brincadeira ora toninha ora murilo ora tiao ora wiltinho mas o ideal de todos eo mesmo e pode acreditar nao e o povo de vg que pena , mais uma decepçao!!!!!!!!!!!

  • MARCIO MANE | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 09h11
    0
    0

    ENQUANTO TONINHO DOMINGOS NÃO PARAR DE DAR AS CARTAR EM VG, O BARCO NÃO VSAI PARAR DE ENTRAR AGUA E SAIR RATOS.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...