Executivo

Segunda-Feira, 24 de Março de 2014, 17h:10 | Atualizado: 24/03/2014, 17h:57

Técnicos da UFMT entram em greve

Às vésperas da vinda da presidente Dilma Rousseff à Capital, a petista pode deparar com protesto dos trabalhadores técnico-administrativos da UFMT, em decorrência da greve dos servidores deflagrada na última sexta (21). Acontece que os profissionais reivindicam a implementação de turnos contínuos com jornada de 30 horas, sem redução salarial.

Antes de iniciar a paralisação, a categoria havia definido quais os setores seriam totalmente fechados e quais iriam funcionar de forma escalonada (30%), durante a greve. De todo modo, uma assembleia geral está marcada para amanhã (25), às 08h30 na sede do sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativo em Educação da UFMT. A coordenadora-geral, Leia de Souza Oliveira, ressalta que foram mais de 50 trabalhadores na reunião do comando de paralisação, demonstrando o compromisso da classe e a vontade de avançar na negociação junto ao governo federal. “A grande participação é uma prova de credibilidade do sindicato que vai agir com muita dedicação durante a greve”.

Os trabalhadores entraram em paralisação total (100%) na biblioteca, na prefeitura do Campus, na Reitoria e Auditoria da instituição, no ginásio de esportes, e na Coordenação de Administração Escolar (CAE). No Zoológico, na Segurança, no Protocolo, na Tecnologia da Informação, no Biotério, e no Hospital Veterinário, somente 30% dos trabalhadores continuam atuando. Uma reunião do comando de greve junto à Reitoria também foi agendada para quinta (27). Para fomentar o movimento, os trabalhadores farão um arrastão pela UFMT alertando sobre os motivos da greve. A data e panfletagens ainda não foram divulgados.  

Outras reivindicações da categoria são a revogação da lei que criou a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), com consequente concurso público nos hospitais universitários; a construção e reestruturação de creches nas universidades sem municipalização; aumento do piso salarial da categoria; voto paritário entre técnico-administrativos, docentes e estudantes para eleição dos reitores; liberação do trabalhador para cursar mestrado e doutorado durante o estágio probatório; e reposicionamento de aposentados. 

Visita 

A presidente Dilma deve vir a Cuiabá, na próxima sexta (28), para uma inauguração simbólica da Arena Pantanal. Isso por que o estádio vai receber o jogo pela Copa do Brasil, entre Mixto e Santos, em 2 de abril. Caso a petista realmente venha, poderá ser recebida com manifestações dos trabalhadores da Universidade. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Greve Forever | Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 20h09
    0
    0

    Dou meu apoio a greve, porque se não fizerem greve, o governo vai sempre pisar em vocês como se fosse baratas. Agora essas pessoas que estão reclamando da greve, não passam de baratas esmagadas pelo governo.

  • rozane vitorassi de toledo | Terça-Feira, 25 de Março de 2014, 18h15
    0
    2

    Dão a vaga pra quem quer trabalhar, não pensam nos estudantes, só querem aumentar salario e diminuir carga horário, isso já passou do limites, alguém tem q tomar alguma providência, chega de baderna, ta ruim? procuram outro emprego...

  • Janethe | Segunda-Feira, 24 de Março de 2014, 18h06
    0
    2

    Esse pessoal não enjoa de fazer greve, trabalhar não querem, por que trabalham somente 4 horas diárias. Algumas reivindicações chegam as raias do absurdo e não justificam greve, outras não estão claras. Conclua você.

  • dalva | Segunda-Feira, 24 de Março de 2014, 17h27
    0
    0

    rodovia dos imigrantes em varzea grande -cuiaba, responsabilidade agora do governo federal, e ai? passou a responsabilidade do filho pro pai e ai quando sera recuperado? são coisas que asvezes desistimos de ir as urnas votar, depois população na epoca da copa sai as ruas em protesto pra cobrar, acham ruim.....

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.