Executivo

Quinta-Feira, 15 de Agosto de 2019, 16h:58 | Atualizado: 15/08/2019, 17h:05

Votação não é recado da base, ameniza Mauro sobre rejeição de indicado à Ager

Para o governador Mauro Mendes (DEM) a rejeição da indicação do servidor de carreira Emerson Almeida de Souza para o cargo de diretor de Transportes da  Agência de Regulação dos Serviços Delegados (Ager-MT) pelos deputados estaduais não pode ser encarado como “recado” da base governista por algum descontentamento com a conduta do Palácio Paiaguás. Lembrou ainda que José Rodrigues da Rocha Júnior, indicado para diretor-ouvidor da autarquia, teve o nome aprovado pelos parlamentares.

“Isso jamais pode ser interpretado como recado da base. Existem problemas intra corpore entre os deputados relacionados aos interesses que eles legitimamente manuseiam. O indicado intimamente ligado a mim, que foi secretário na Prefeitura de Cuiabá na minha gestão foi aprovado”, pontuou Mauro na tarde desta quinta (15).  

Tchélo Figueiredo

Mauro Mendes

Governador Mauro Mendes em coletiva à imprensa na tarde desta 5ª, em que fez balanço de gestão do Detran; ele comenta sobre decisão da AL

A indicação de Emerson Almeida foi rejeitada por 10 votos a oito. Já José Rodrigues Rocha Júnior foi aprovado por 17 votos a zero. A votação foi na sessão vespertina da última quarta (14).

Agora, Mauro deve nomear o  diretor-ouvidor da Ager. Para o cargo de diretor de Transportes, será feira uma nova indicação para sabatina da Assembleia.

  “O Governo fez um indicação e lamentavelmente e por um problema de entendimento deles, de quem indicou, de quem queria e de quem não queria, houve essa recusa. Estou muito tranquilo. Isso não cria nenhum óbice para fazer nova indicação. Estamos estudando e certamente enviaremos outro nome”, completou.  

A rejeição de  Emerson desagradou o presidente da  Assembleia Eduardo Botelho (DEM), que atribui o resultado da votação à articulação do deputado Max Russi (PSB). Acusado de praticar “canalhice” diante dos colegas, o socialista optou por não responder e deixou o plenário em silêncio.

 Já o governador preferiu não comentar a situação. Afirmou que somente Botelho pode esclarecer o motivo de ter se indignado com a conduta do colega.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Servidor Revoltado | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 09h37
    0
    1

    Esse Tukinha é o puxa saco juramentado. kkkkkkkkkk

  • TUKINHA NETTO DE CUIABÁ | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 07h58
    4
    0

    Como é bom DEPUTADOS eleitos por nós ser a favor de uma grande mudança dentro daquela autarquia . Com este Jurista a Frente , que é o Dr. José Rodrigues Rocha Junior tenho certeza que muitas caixas prestas serão abertas , Pois aonde este ADVOGADO passou como Secretário as respostas foram positivas , só ver via impressas séria . Parabenizo ao Governador e Primeira Dama pela indicação , lembrando que o ADVOGADO tem visão e busca sempre a qualidade positiva aos servidores aonde passou como Secretário , não tem medo de novos desafios e sempre rodeado de verdadeiros guerreiros com estudo e tecnico . Desejamos Sucesso e paciência de costume para dar respostas a nós sociedade . Eu Sou Tukinha Netto de Cuiabá-mt

  • Benedito costa | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 07h32
    0
    0

    Simples entender: a Ager é um órgão que estabelece regras do transportes de passageiros do Estado, cria regras de transportes de passageiros, cria novas concessões de transportes. Daí a questão, com um servidor de carreira que foi indicado pelos deputados? Vão ficar na mão.

  • Joaquim | Quinta-Feira, 15 de Agosto de 2019, 20h25
    0
    1

    Governador olha para a SESP mas especificamente para a adjunta de administração penitenciária já deu o adjunto já era está protegendo quem é como o cara diz na cara do juiz que foi pego de surpresa com uma operação desta magnitude quem liberou as diárias para o pessoal vir do interior quem foi a governador o senhor não vai cair nesta mentira deslavada e sem vergonha na cara né

Matéria(s) relacionada(s):

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

Única suplente com salário no Senado

clerie fabiana curtinha 400   Dos seis suplentes de senadores por Mato Grosso, uma recebe salário pelo Senado. Trata-se de Clérie Fabiana Mendes (foto), segunda-suplente de Selma Arruda. Mas o seu subsídio não é pelo cargo assegurado com a eleição da chapa, mas sim por ter sido nomeada em posto...

Prefeita e R$ 10 mi em obras em Sinop

rosana sinop 400 curtinha   A prefeita de primeiro mandato de Sinop Rosana Martinelli (foto) está fechando o terceiro e penúltimo ano de mandato com uma grande demanda de obras estruturantes. Após licitar, assinou contrato de R$ 10,2 milhões com a construtora e incorporadora Berna, que vai executar o projeto integrado de...

Justiça impede "espetáculo eleitoreiro"

helena 400 curtinha desembargadora   O Judiciário fez justiça ao mandar suspender a eleitoreira CPI contra o prefeito Emanuel. Numa fase já de pré-campanha, em que todos os 25 vereadores cuiabanos e mais uma centena de outros de fora se movimentam pensando na disputa eleitoral e ávidos para criar palanque, nada...

Parlamentar anda cabreiro até na AL

sebastiao rezende 400 curtinha   Sebastião Rezende (foto), que exerce o 5º mandato, anda cabreiro e assustado, até mesmo na hora de circular pelos corredores da Assembleia. E não pode avistar um jornalista que sai correndo. Na terça, após a sessão ordinária, o deputado acelerou os passos quando...

10 anos "adormecida" sobre Energisa

gisela 400 curtinha   Depois de mais de 10 anos atuando no Procon, a advogada e primeira-suplente de deputada federal Gisela Simona (Pros) agora que se acordou para a gravidade sobre a prestação de serviços da Energisa, campeã de reclamações junto ao próprio Procon. Passou todos esses anos sem mover...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.