Executivo

Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011, 08h:40 | Atualizado: 20/01/2011, 08h:45

Rumo à Copa de 2014

Vuolo afirma que aeroporto é problema do governo federal

   O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo (PR), afirmou que os problemas referentes às obras do aeroporto internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, não são responsabilidade do governo, mas sim da União. "A FIFA destacou 28 pontos que deveriam ser adequados até a Copa do Mundo. Apenas um deles diz respeito ao governo federal: é, justamente, o aeroporto", frisou.

   Esta semana a empresa que venceu a licitação para construir um Módulo Operacional Provisório (MOP), que corresponderia a uma área de desembarque, teve o contrato suspenso pela Infraero, devido ao descumprimento de prazos. O projeto, orçado em R$ 2,7 milhões, ficou conhecido como "puxadinho", por se tratar apenas de um reparo emergencial para adequar a estrutura do aeroporto até os jogos do mundial.

   Apesar de isentar a culpa do governo estadual, Vuolo reconhece a necessidade das obras para que os demais projetos para a Copa de 2014 tenham andamento. "Não é nem uma exigência do Estado, mas sim da Fifa", destacou. O secretário argumentou, contudo, que ainda não há um instrumento legal para que o Estado possa definir e cobrar a execução dos prazos pelo governo federal.

   Para tentar resolver este problema uma comissão estadual deve se reunir com o ministro-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci. A data do encontro será definida até o final da semana, segundo Vuolo. Os membros que vão compor a comissão ainda não estão definidos, mas o secretário adianta que o grupo deve ser composto por membros da Agecopa, da secretaria estadual de Turismo, além do próprio governador Silval Barbosa (PMDB). "Com esse instrumento vamos poder cobrar e realizar ações emergenciais", explicou Vuolo.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Claudia Silva | Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011, 17h17
    0
    0

    As pessoas, antes de cobrarem, precisam entender que a secretaria ao qual o Francisco Vuolo assumiu é recém-criada. Vamos levar em consideração também que mal deu tempo para ele se sentar na cadeira, e as pessoas já estão aqui falando sobre o que ele deve fazer, como deve fazer e que está sendo bem pago para isso.. Um pouco mais de prudência minha gente!! Além disso o problema no Aeroporto Marechal Rondon não começou esta semana, há muito tempo que o mesmo precisa de reformas urgente!!!

  • Jao | Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011, 10h55
    0
    0

    Concordo com os dois comentários anteriores. Tá na hora desses políticos meia boca tirar a bunda da cadeira e resolver os problemas, em vez de ficar culpando outros. Se vira negão, vc é uma pessoa bem paga nomeada pelo governador para resolver esses pepinos. Faça juz ao seus rendimentos e ao seu sobrenome. E se acha que não dá conta, pede pra sair, afinal aqui na iniciativa privada quem não dá conta RODA.

  • Manuel Rosario | Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011, 10h26
    0
    0

    Se o Vuolo continuar com esta visão mediocre sobre o Aeroporto nós estamos perdidos pois a Ferrovia tambem é problema do Gov Federal, será este o nivel do secretáriado do Silval ? Pense grande Vuolo, da o mesmo trabalho de pensar pequeno. O nosso Aeroporto é uma vergonha sai um pouco desse mundinho que vc vive para ter uma visão maior do mundo ou vc acha que o mundo é Cuiabá.

  • Biólogo Jorge Luiz | Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011, 09h46
    0
    0

    Francisco Vuolo, como sei da luta de seu pai pela Ferrovia, você deveria olhar a questão do aeroporto com o mesmo olhar que ele faria ou preocupação. Pois, primeiro para a construção, depois atrasa a construção e por final dizem que Cuiabá perdeu a sede da Copa de 2014, como fizeram e querem fazer coma Ferrovia. Trabalhei com o Vuolinho na campanha dele e uns dia com você na empresa de informática, apenas para te lembrar.

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.