Executivo

Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020, 21h:26 | Atualizado: 30/10/2020, 21h:27

Wenceslau se cala sobre auditoria na Fecomércio e não tem moral pra criticar governo, reage Wilson

wilson santos 1200

Wilson Santos diz que José Wenceslau não tem moral para criticar o maior pacote de obras já lançado pelo governo estadual e cobra auditoria na Fecomércio

O deputado estadual Wilson Santos se mostrou indignado com o posicionamento do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio), José Wenceslau Júnior, que se mostrou resistente e fez críticas ao maior programa de infraestrutura já lançado até hoje pelo governo estadual, o Mais MT, com investimentos que chegarão a R$ 9,5 bilhões nos próximos dois anos, sendo R$ 6 bilhões de recursos próprios.

José Wenceslau disse que esse pacote de obras só está sendo viabilizado por causa do aumento da carga tributária, citando impostos, taxas e contribuições pagos pela população e pelo setor produtivo. O deputado se diz surpreso com a reação do dirigente da Federação de contrapor o governo, citando que Wenceslau sempre cobrou do governo ética, competência, eficiência, austeridade e gestão e, quando encontra alguém com essas características, como é o caso da administração Mauro Mendes, passa a criticar, quando deveria apoiar e fazer elogios.

Segundo Wilson, Wenceslau não tem moral para se levantar contra o governo, já que se cala sobre as falcatruas praticadas dentro da Fecomércio, inclusive com compras de incentivos fiscais na gestão Silval Barbosa, conforme delatou o próprio ex-governador. O deputado disse não ter conhecimento de alguma auditoria na Fecomércio aberta pelo atual presidente para apurar denúncias de esquemas em gestões anteriores. "O dia que ele (Wenceslau) apresentar para a população o resultado da auditoria na Fecomércio, aí, sim, poderá criticar os outros".

Wilson Santos diz que o Governo Mauro está arrumando a casa. Considera que o governador tem feito uma gestão que nos próximos dois anos vai elevar Mato Grosso ao mais alto patamar de desenvolvimento econômico e social. "O governo está diminuindo o tamanho dos incentivos fiscais adquiridos criminosamente pela Fecomércio entre 2010 e 2014, segundo delação de Silval". Pontuou ainda que José Wenceslau, um mineiro de Patrocínio que foi bem recebido em MT, cresceu e construiu fortuna, deveria agradecer e não trabalhar contra as boas notícias e se opor às ações que trazem o desenvolvimento do Estado.

mauro mendes mais mt 1200

Governador Mauro Mendes, no lançamento esta semana do maior programa de infraestrutura, o Mais MT, com R$ 9,5 bilhões de investimentos até 2022

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Salas | Sábado, 31 de Outubro de 2020, 14h22
    2
    0

    Wilson Santos é a pessoa mais indicada e com moral, para tratar do assunto auditoria? Moooçooo, para com isso.

  • ILDO PEREIRA | Sábado, 31 de Outubro de 2020, 10h15
    2
    2

    DEPUTADO NAO MISTURAMOS AS COISAS O EMPRESARIO E PRESIDENTE DA FEDERAÇAO TEM TODO DIREITO DE CRITICAR SIM O GOVERNO, POIS O MESMO E REPRESENTANTE DA ATIVIDADE COMERCIAL, DO QUAL O NOSSO SEGMENTO FOI DURAMENTE SACRIFICADO NO INICIO DO ANO COM AUMENTO DE IMPOSTOS, AGORA QUANTO A AUDITORIA NA FECOMERCIO SE O SR. SABE DE ALGO DEVERIA DENUNCIAR E NAO FICAR JOGANDO AO VENTO.

  • Roberto Passarini | Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020, 23h57
    3
    1

    O galinho bateu duro! Kkkkkkk

  • jose neto | Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020, 23h18
    3
    4

    Esse deputado é ridiculo ,,,, vira-casaca não tem ética

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...