EXPEDIÇÃO 300

Sexta-Feira, 09 de Agosto de 2019, 08h:06 | Atualizado: 10/08/2019, 12h:03

Com mãos no barro, ceramistas carregam cultura milenar e resistem ao tempo fotos

José Medeiros

Ceramistas posam frente a um mural em que foram pintadas na comunidade S�o Gon�alo Beira Rio

Ceramistas posam em frente a um mural em que foram pintadas na comunidade São Gonçalo Beira Rio. Se orgulham da atividade e lutam pela causa por lá

É na curva do rio Cuiabá, bem onde fica o barranco, que o barro desmancha em uma liga ideal para o artesanato. Vira pedra, que é moldada e depois vai para as chamas. O molde, quase sempre, em movimentos circulares nas mãos das ceramistas. 

Quase em tudo em volta do rio Cuiabá, em todo seu percurso, é criado a partir do barro. Barro que vêm da terra vermelha e fartura de água, e que juntos geram a matéria prima, para resistente vida ribeirinha através dos séculos.

José Medeiros

Alice exibe peças que faz com muito amor e dedicação

José Medeiros

Com astral totalmente positivo, ela acredita que arte melhora sua vida

Alice é a líder destas mulheres que mantém o barro em constante movimento. Com astral alegre e discreto, acredita que arte melhora a vida e amo o que faz

As casas são de barro, alguns fornos que cozinham a base de lenha, também. O barro vêm da terra, a mesma que já deu plantio de frutos e verduras às margens dos rios. Rio que ainda tem peixe, não muitos, mas tem. 

Pelo menos, é isso o que contam duas artesãs da Comunidade São Gonçalo Beira Rio, documentadas pelas lentes do fotógrafo José Medeiros na Expedição 300 - O rio das lontras brilhantes: da nascente à foz, e que traz detalhes exclusivos pelo .

José Medeiros

Quando mais jovens, ceramistas buscavam o barro no barranco que fica na curva do rio

Quando mais jovens, ceramistas buscavam o barro no barranco, que fica na curva do rio, hoje elas pedem para que os mais jovens peguem a matéria prima

Há alguns anos atrás, Juraci Marcelina da Conceição, 60 anos, e Alice Conceição de Almeida, 72 anos, tinham a rotina de buscar as porções para modelar suas artes na curva do rio, onde elas indicam o barranco com sustância ideal para o artesanato. Com o passar das décadas, a tarefa ficou difícil e arriscada para senhoras, por isso, elas encubem gente mais jovem para capturar um pouco mais da matéria prima.

José Medeiros

Pe�as retratam a cultura cuiabana, pe�as de cozinha ou para decpra��o

Peças retratam a cultura cuiabana, elas variam entre as para a cozinha ou para decoração de outros ambientes. As ceramistas fazem peças mais comerciais

Continuar a tradição que elas aprenderam com suas mães, que aprenderam com suas avós e assim consecutivamente, não é simples. Envolve inúmeros processos, todos eles feitos pelas mãos de dez ceramistas, senhoras que por amor ou prazer, não desistem da cultura cuiabana.

José Medeiros

Pescadores est�o presentes no cen�rio da comunidade, imagin�rio popular e tamb�m na arte das ceramistas

Pescadores estão presentes no cenário da comunidade, imaginário popular e também na arte das ceramistas. Elas mostram a cultura através da cerâmica

Dona Juraci revela em entrevista que começou a moldar o barro aos nove anos de idade e aos 10 já fazia peças para vender com a mãe e tias.

José Medeiros

Presidente da Associação de Ceramistas, Alice conta que atividade a deixa muito feliz

Presidente da Associação, Alice conta que atividade a deixa extremamente feliz

Nascida e criada na comunidade, ela tem seis irmãos, e quatro de suas irmãs também se dedicam a essa modalidade. 

 Todos os dias ela faz as tarefas domésticas pela manhã, assim consegue ter a maior parte das tardes livre, para o seu maior prazer, que é passar horas em contato com o barro.

“Sento às 13h, se eu puder ficar a partir deste horário até as 17h, eu fico. Neste tempo dá para fazer muita coisa. Nenhum filho meu se interessou em fazer para dar continuidade. Vou trabalhar com isso até quando eu aguentar. Até quando eu aguentar vou mexer com o barro”, conta.

Juraci, por sua vez, revela que quando tinha mais tempo, fazia de tudo um pouco, como fruteira grande, travessa para peixe, bule com bandejas, xícaras, jarrinho para decoração e doceira.

Hoje, no entanto, trabalha com peças mais comerciais. Alice, sua amiga de infância, diz que toma muito cuidado para não errar nas pecinhas.

“Trabalho na loja cinco vezes por semana e me sinto feliz. Tenho amor naquilo que faço e amor naquela loja, foi um espaço que a gente custou adquirir. Desde então, estou firme trabalhando nela”, conta.

Quando algumas das ceramistas ficam desanimadas, Alice trata de revigorá-las. Ela é a presidente da Associação dos Artesãos da comunidade São Gonçalo Beira Rio, e das dez ceramistas que atuam na comunidade, oito delas fazem parte dela. “Enquanto eu estiver viva vou trabalhar”, reforça a motivadora Alice.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • RAQUEL FIALHO SANTANA | Sexta-Feira, 09 de Agosto de 2019, 10h28
    2
    0

    QUE LINDO TRABALHO...PARABÉNS!!

Matéria(s) relacionada(s):

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.