EXPEDIÇÃO 300

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 09h:00 | Atualizado: 11/02/2020, 16h:35

Aos 97 anos, herói de MT, sobrevivente da Segunda Guerra, se orgulha de memórias

Após o período de guerra, há quem perca o sorriso no rosto e tenha dificuldades para retomar uma vida tranqüila. Algumas dores de um período difícil na Segunda Guerra Mundial ainda marcam a memória de Antonio Abdon da Silva, de 97 anos, mas não ocupam todo seu ser. Ele, que é morador de Rosário Oeste, conta com orgulho parte do que viveu e, após diversas homenagens feitas pelo governo, Exército e outras instituições, também é uma das lontras brilhantes do projeto Expedição 300 - O Rio das Lontras Brilhantes retratado pelo fotógrafo José Medeiros. 

José Medeiros

Ele, que é morador de Rosário Oeste, conta com orgulho parte do que viveu e, após diversas homenagens feita pelo governo, Exército e outras instituições, também é uma das lontras brilhantes do projeto Expedição 300

Ele, que é morador de Rosário Oeste, conta com orgulho parte do que viveu e, após diversas homenagens é uma das lontras brilhantes do projeto Expedição 

Antes de ser chamado à guerra, acabou se desentendendo com um sargento por conta da troca de guarda e levou a questão, inclusive, até a um tenente superior. Naquela época, ele se recorda que o tenente, por sua vez, chamou o sargento que havia feito a escala de forma errada e mandou Abdon abandonar o serviço. O sargento faria, então, a denúncia do fato. Teimoso e valente, mesmo com receio de ficar preso, não abandonou o posto e continuou trabalhando. Antonio Abdon tinha sido escalado de forma seguida, sem dar o período de descanso, o que agravou o problema – ao levar Antonio ser ameaçado pelo sargento. Novamente o fato foi levado aos superiores que buscaram intervir na questão.

José Medeiros

Abdon, como é mais conhecido, hoje usa com muita banca o uniforme e seu distintivo de reconhecimento

Abdon, como é conhecido, ainda usa com uniforme e seu distintivo da guerra

Em menos de uma semana da confusão, o Exército Brasileiro encaminhou boletim chamando, voluntariamente, soldados para participassem da missão que seria a Segunda Guerra. Nenhum soldado ou cabo se manifestou voluntariamente, cabendo às indicações ao sargento, com quem Abdon havia discutido. Antes de qualquer indicação, ele se voluntariou. Após sua iniciativa, mais voluntários se prontificaram.

José Medeiros

A neta do expedicionário conta à reportagem que a rotina de seu avô é tranqüila, e após quarenta e quatro anos de casado, tem quatro filhos, dois vivos, sete netos e um bisneto

A neta do expedicionário conta que a rotina dele é tranqüila e, após quarenta e quatro anos de casado, tem quatro filhos, dois vivos, sete netos e um bisneto

Abdon, como é mais conhecido, hoje usa com muita panca o uniforme e seu distintivo de reconhecimento. Hoje, diferente dos dias de guerra, a vida é mais pacata e faz que ele se misture ao visual da cidadezinha do interior de Mato Grosso, sentado na porta de casa, costume bastante comum entre os mato-grossenses mais tradicionais. Tem dia que conta algumas de suas histórias para seus filhos, netos e bisnetos. Como bom romântico, também tem lembranças da amada, que após a guerra, aceitou-se casar com ele e compartilhar a vida e família.  

José Medeiros

Na juventude se voluntariou para ir à guerra antes de qualquer soldado, após ele, mais alguns se prontificaram

Na juventude se voluntariou para ir à guerra antes de qualquer soldado fizesse 

A neta do expedicionário conta à reportagem que a rotina de seu avô é tranqüila, e após quarenta e quatro anos de casado, tem quatro filhos, dois vivos, sete netos e um bisneto. A ternura no olhar não reduz sua valentia, com orgulho do passado, parte das historias que conta contribui muito para Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Realista | Domingo, 26 de Janeiro de 2020, 13h44
    4
    0

    Infelizmente nos dias atuais, quase não existe mais gente com a fortaleza e obstinação do Sr. Abdon. Muita vida e saúde para ele. E quiçá que possa continuar narrando por muito tempo com muita lucidez e altivez a sua bela história.

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.