Arte e Cultura

Sábado, 15 de Junho de 2019, 13h:05 | Atualizado: 15/06/2019, 13h:11

Do cinema para os palcos: Loucos de Amor mostra os conflitos entre marido e mulher

Lucas Lemos

O espetáculo terá sessões neste sábado e domingo

Espetáculo, estrelado por Eduardo Butaka e Thyago Morão, é baseado no curta-metragem “Quem é Vanessa?”, que colocou Cuiabá no cenário internacional 

Comédia romântica, que mistura cinema indepentende e teatro, traz Eduardo Butakka e Thyago Mourão como o casal neurótico Amanda e Ricardo. O espetáculo terá sessões neste sábado (15) e domingo (16) às 20h no Cine Teatro Cuiabá. Os ingressos já estão à venda na bilheteria.

Criada a partir do curta-metragem “Quem é Vanessa?” - que colocou Cuiabá no cenário internacional do cinema independente, ao vencer o Calcutta International Cult Film Festival em 2019 na Íncia, categoria “Melhor filme para web e novas mídias” - a peça mostra os conflitos amorosos de Amanda e Ricardo.

A dupla Butakka e Mourão, que assina o roteiro e direção do espetáculo, ficou conhecida por seus trabalhos humorísticos, em especial no show “Segredos de Liquidificador”, de onde saíram suas personagens mais icônicas: Penélope e Xô Dito. A revisão do texto é de Rodrigo Fernandes, criador do site Jacaré Banguela.

Na peça, Butakka interpreta Amanda, uma atriz que não consegue trabalho e se encontra frustrada em seu relacionamento com Ricardo, vivido por Thyago. Ricardo é o típico homem acomodado. Hipocondríaco, trabalha como representante de medicamentos e tenta, a seu modo, agradar sua destemperada esposa -veja o curta. 

O diferencial do espetáculo está em sua linguagem inovadora: algumas cenas acontecem ao vivo no palco e outras, exclusivamente, no telão. “No palco, somos só nós dois, Thyago e eu. Já no telão do cinema, a gente atua com grande elenco, artistas que são verdadeiros heróis da resistência aqui em nosso Estado e que aceitaram o convite para essa empreitada”, explica Butakka.

“Loucos de Amor” é embalada por músicas de Ana Rafaela, Estela Ceregatti, Henrique Maluf, João Reis e Cristopher Chaves. Para que a produção fosse possível, os produtores tiveram que contar com a parceria de amigos. “A trilha sonora da peça foi toda feita com músicas de artistas daqui de Cuiabá, músicos que a gente admira e que achamos ter tudo a ver com a dramaturgia do espetáculo. Pedimos autorização e todos cederam seus direitos de bom grado”, contou Mourão.

Galeria: Da sétima arte aos palcos de teatro

No telão

A missão de dirigir as filmagens ficou por conta do cineasta Joel Marcos, que pôde contar com o maquinista Hélio Rodrigues e um elenco formado por nomes como Lioniê Vitório, da dupla Nico e Lau, Eloá Pimenta, Millena Machado, Kleber Borges e Jaqueline Roque nas cenas que darão continuidade à história que é contada no palco. Os vídeos contam com algumas revelações das artes cênicas, como Ellyda Reiche, Bruno Corrêa Botelho, Mariel Mattos, Angela Sella, Ana de Mello, Açuana Valquíria e Lucas Lemos. Além das participações no elenco de apoio de Xico Macedo, Keity Borges , Wesley Silva, Matheus Abreu, Wenni Izabelli, Lucas de Souza, Bruna Gadiollie e Cláudio Capistrano. 

Arquivo Pessoal

Eduardo Butaka

Atores Eduardo e Thyago venceram prêmio internacional do cinema independente 

A caracterização de Butakka em Amanda foi feita pelo maquiador Junior Resek, o mesmo responsável pela maquiagem de sua personagem cor-de-rosa, Penélope Pê. O cabelo loiro da personagem foi uma missão dada a Alison Rangel. 

No palco

Já no palco, a iluminação é feita por Priscila Freitas, que recebeu o prêmio de destaque em iluminação no XII Festival de Teatro Velha Joana pelo espetáculo “Encardidos” do coletivo Atro.

Quem assina o cenário e a produção é Carlos Jerônimo, parceiro de outros trabalhos da dupla, como “Segredos de Liquidificador” e “Se perguntarem, não fui eu!”

As fotos da divulgação foram feitas por Lucas Lemos, que também atua como assistente de produção.

___________________________________

Serviço

  • Sábado e domingo (ingressos na bilheteria no Cine ou Guichês Online)
  • Às 20 horas
  • Cine Teatro Cuiabá
  • Ingressos - R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia)
  • Ingresso solidário - R$ 20 mais 1 litro de leite
  • Classificação - 14 anos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.