Arte e Cultura

Sábado, 31 de Agosto de 2019, 08h:00 | Atualizado: 31/08/2019, 08h:04

Gabriel Bong fortalece cena autoral com produções independentes de reggae e rap

Arquivo pessoal

Em grava�es de clipe desafio � manter a qualidade com custos menores, pois s�o muitos profissionais e processos de cria��o

Em gravações de clipe, o desafio é manter a qualidade com custos menores, pois são muitos profissionais e processos de criação. Ele faz parcerias e investe

O rap e o reggae têm um papel importante na sociedade, o de resgatar com qualidade musical uma mensagem positiva, de amor ao próximo, de cuidado com a natureza e respeito ao universo. Pelo menos é no que acredita Gabriel Bong, que descreveu como é ser músico independente e lançar trabalhos com qualidade e baixo custo, na cena autoral cuiabana.

Arquivo pessoal

Aos 32 anos, ele pretende viajar o Brasil e mundo com sua m�sica

Aos 32 anos, pretende viajar com a música. Aposta no som autoral e acredita em sua mensagem de fé

Desde muito cedo, conta que presta atenção nas críticas sociais do mundo rap, teve uma "queda" pelo rock n roll, mas se sentiu mais confortável em unir o rap com o reggae. Além disso, com as mensagens de paz transmitidas pelo estilo natural da Jamaica, como um dos ícones do estilo – Bob Marley, com suas notas mais suaves, sem deixar de transmitir intensas reflexões na busca de um mundo melhor. Bong se inspirou.

Todas as canções no fone de ouvido, independente do estilo, há 17 anos, eram parte de sua rotina e contribuíram para a sua identidade. Quando jovem, ele já havia estudado teclado e teoria musical, mas tocava apenas na igreja que frequentava. Antes mesmo de cogitar a ideia de seguir carreira, a música já pulsava em seu coração.

Trabalho autoral

Foi com essa base musical que se desenvolveu em outros ritmos e instrumentos como autodidata. Hoje, aos 32 anos, além de músico instrumental, revela seu talento também como compositor, cantor e produtor musical.

Na cena autoral mato-grossense, é um dos artistas que mais têm feito lançamentos de músicas e videoclipes. Lançou nos últimos anos canções e clipes como Recomeçar, V!va, Abstinência e Continue de Pé.

Galeria: Autodidata e artista independente

Em Mato Grosso, ele comenta alguns desafios na carreira, pois acredita que em Cuiabá praticamente não existe espaço para o reggae e rap, ritmos que mais o influenciam para os últimos trabalhos. “Isso também depende da vida noturna da cidade, como ter casas que toquem esses estilos e público para consumir”, descreve. 

Tudo que temos feito tem sido de forma independente, seja com pequenos investimentos do nosso próprio bolso, parcerias e permutas

Gabriel Bong

Em seu ponto de vista, suas letras representam perseverança, fé e sinceridade. “Essas são algumas das mensagens que procuro passar com meu som. Quando falo de fé é sobre acreditar nos sonhos, sobre não desistir, e lutar sempre”, acredita.

Cena independente

Bong, apesar das críticas ao momento cultural neste nicho, revela ao que sua maior expectativa é levar sua arte para todo Brasil e, ousa em apostar, para todo o mundo.

Para isso, ele tem contado com diversos parceiros musicais para elevar a qualidade dos trabalhos. Os custos são altos, mas o ideal é unir qualidade e economia nas produções. “Tudo que temos feito tem sido de forma independente, seja com pequenos investimentos do nosso próprio bolso, parcerias e permutas. Essas parcerias são formadas com amigos e conhecidos que acreditam na proposta e abraçam os projetos”, revela. Confira um dos clipes abaixo.

Gabriel ainda enumera que sempre atua como um número considerável de pessoas, entre eles, videomakers, beatmakers, produtor, músicos, editores, designs, modelos, atrizes e atores e dançarinos que contribuem com as gravações.  

O músico não se sente desestimulado em continuar encontrando alternativas para carreira, por isso se diz aberto ao apoio de incentivadores em sua carreira. “Para mim, o principal papel do rap é a mensagem social, ética e moral. Lógico que também não podemos esquecer que como qualquer expressão musical também é alegria, animação e às vezes entretenimento. Porém, pra mim, é muito importante que a minha arte e meu rap expressem o que acredito, o que vivo e o que já vivi”, finaliza.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João Aurelio Rosseto | Sábado, 31 de Agosto de 2019, 12h30
    1
    0

    Com muita alegria que vejo este meu amigo despontando sua carreira ainda mais que conheco sua hiatoria e sei o tanto que lutou por isso parabes meu amigo.

  • cindi daniele oliveira de mello | Sábado, 31 de Agosto de 2019, 11h21
    1
    0

    Muito orgulho de acompanhar de perto a carreira do Bong e de saber que ele é meu conterrâneo, MT está passando por um momento fantástico com relação a crescimento cultural, temos muitos nomes de destacando e o Bong com certeza vem chegando pesado!!!! Parabéns pela reportagem, precisamos mesmo valorizar e ouvir mais o que produzimos.

Voto a favor e agora contra Congresso

jose medeiros 400 curtinha   O pitbull do governo Bolsonaro, deputado José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso. Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.