Esporte e Lazer

Sexta-Feira, 23 de Março de 2018, 08h:58 | Atualizado: 23/03/2018, 13h:39

Peter Pan

Mestre em artes marciais toca projeto social e luta para não fechar as portas

Instituto Don Fischer sobrevive com doações, professor pede ajuda para pagar dívida de R$ 25 mil

(mirella@rdnews.com.br)

Gilberto Leite

Instituto Don Ficher

Fischer Silva relata dificuldades para manter o projeto 

Cuiabano e iniciado nas artes marciais desde aos dez anos de idade, Fischer Silva, 41 anos, se tornou hábil em várias lutas e competiu Brasil a fora, tornou-se campeão mundial de hapkido na Coréia do Sul. Ele luta ainda jiu jitsu, judô, karate e taekwondo.

Como a luta foi essencial para formação de seus valores como disciplina, hierarquia e o respeito, decidiu, há quatro anos, criar o projeto Peter Pan, que atende crianças e adolescentes de cinco a 17 anos em vulnerabilidade social e acredita ensinar, por meio das artes marciais, os mesmos valores a eles. “Estamos em uma região onde o crime organizado só está esperando estas crianças estarem desculpadas para atraí-las para o mundo do crime, os pais normalmente trabalham o dia todo e não acompanham os filhos", ressalta Fischer.

Ele pondera que, além de ensinar algumas modalidades, busca dialogar e dizer que o crime não compensa. "O resultado de se envolver com bandido é cemitério, cadeira de rodas ou cadeia”, alerta. O mestre é conhecido no universo das artes marciais por Don Fischer e confessa que nem sempre é fácil manter as despesas de onde atua neste projeto desde 2014.

Detalha que trata-se de uma instituição filantrópica e que o espaço é alugado. "Recentemente, recebemos uma notificação extrajudicial por inadimplência, que se acumulou por não estarmos conseguindo pagar as contas. Por muitas vezes tirei da minha casa e minha geladeira ficou vazia, pois precisava pagar as contas do instituto”, lamenta.

A dívida chega a R$ 25 mil, além das despesas mensais com manutenção, água, luz e outras coisas proporcionadas aos 105 alunos carentes cadastrados no projeto. Apenas dez alunos matriculados são pagantes e essa colaboração é de apenas R$ 120 por mês. “Poucas vezes tive incentivo de políticos. Atualmente só o Romoaldo Júnior não nos virou as costas e ajuda como pode ou através de editais, o que nos ajudou em momentos de difíceis”.

O resultado de se envolver com bandido é cemitério, cadeira de rodas ou cadeia

Diante da situação, ele pede ajuda. Reforça que o projeto ajuda em três eixos: educacional, disciplinar e cultural. "Não preciso que virem competidores, meu maior intuito é que eles sejam pessoas bem sucedidas dentro da sociedade, que eles sejam cidadãos de bem, positivos e de paz”, ressalta.

Fora do instituto, Don Fischer trabalha no sindicato da Polícia Civil, dando treinamentos de defesa em artes marciais. O projeto Peter Pan é essencialmente um apoio aos familiares, mas Fischer também oferece cursos de capacitação, atividades desportivas, oficinas, roda de conversa e gincanas, objetivando despertar a consciência crítica de crianças, jovens e adultos.

Qualquer doação ao espaço e ao projeto é bem-vinda. O projeto é reconhecido pela prefeitura, por isso, empresas podem contribuir e ter deduções fiscais. O Instituto Don Fischer de Artes Marciais tem a sede na avenida Brasil, Bairro CPA II, em Cuiabá.

_________________________________________

Serviço
Contato - 3641-0347, 9 9205-8592, 9 9692-7674
Endereço - Avenida Brasil no Bairro CPA II de Cuiabá, Mato Grosso.

Galeria de Fotos

Credito: Gilberto Leite
Fischer Silva luta ainda jiu jitsu, judô, karate e taekwondo
Credito: Gilberto Leite
Fischer Silva já se sagrou campeão mundial de hapkido na Coréia do Sul
Credito: Gilberto Leite
Projeto ajuda em três eixos: educacional, disciplinar e cultural
Credito: Gilberto Leite
Fachada do Instituto Don Ficher
Credito: Divulgação
Fischer Silva com parte dos mais 100 alunos carentes
Credito: Divulgação
Instituto Don Ficher atende crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos
Credito: Divulgação
Projeto Peter Pan acontece no Instituto Don Ficher

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Alex | Segunda-Feira, 03 de Dezembro de 2018, 14h34
    1
    0

    sacanagem do poder publico q nao poe as caras para assumir esses projetos sociais, e uma vergonha secretaria de esporte e cultura, vereadores, prefeito se vcs nao insentivar tirar as criancas da rua as consequencias viram porq o mundo estao ai pra abracar essas criancas ja q vcs n fazem.

  • Heverton Perereca | Sexta-Feira, 23 de Março de 2018, 18h45
    6
    2

    Pra quem não sabe, Fischer é filho do nosso saudoso bife. Continue Fischer, vai dar tudo certo meu amigo!!

  • alexandre | Sexta-Feira, 23 de Março de 2018, 09h26
    14
    2

    Está formando cidadãos de bem, pra que serve secretaria de cultura e bem estar social, do estado e município ? Continue na luta meu nobre, que os valores multipliquem, crianças são o nosso futuro.

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.