Variedades

Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 08h:33 | Atualizado: 22/11/2019, 10h:06

Bióloga produz bebida "viva" e revela segredos de produção milenar - saiba

Vegana e de uso milenar, a bebida conhecida como kombucha é de origem chinesa e tem se difundido cada vez mais na sociedade contemporânea. Na busca por melhor qualidade de vida e através de produtos naturais, pessoas se imergem em uma nova rotina que inclui o uso dessa mistura de chás fermentados – com efeitos diversos. 

Arquivo pessoal

A fermenta��o varia de sete a dez dias, tempo que varia de acordo com a temperatura e do que cada pessoa pretende extrair da fermenta��o

A fermentação dura até 10 dias, tempo que varia com a temperatura e do que cada pessoa pretende extrair da bebida

Por isso, Alexandra Abido Grzesiuk, 49 anos, e que há 26 é formada em biologia, resolveu lançar a própria empresa para comercializar a bebida na Capital.

A fermentação varia de sete a dez dias, tempo que varia de acordo com a temperatura e do que cada pessoa pretende extrair da fermentação. Se o tempo for mais curto, o produto não terá ainda todos os componentes formados. “Isso diminui a atividade probiótica, pois temos um produto fermentado. Após isso, vai para saborização e gaseificação, que é natural, uma bebida gaseificada naturalmente, lembrando que não precisa ter gás para ter os benefícios”, comenta.

Ela explica que a bebida é feita de chás camellia sinensis, que englobam os chás preto, verde, vermelho e branco, açúcar e o “symbiotic culture of bacteria and yeast”, nome cientifico para os microorganismos, e recebe a sigla scoby, o que dá início a uma “nova” fermentação após ser acrescentado à fórmula.  Durante o processo, o açúcar é consumido pelo scoby. “Se para a fermentação for usado qualquer outro tipo de chá, a substância não pode ser nomeada de kombucha”, relata a pesquisadora. 

Galeria: Bebida milenar ganha adeptos

Arquivo pessoal

Pesquisadora UFMT, Alexandra Abido Grzesiuk se encantou pela Kombucha

Bióloga e artesã Alexandra Abido Grzesiuk se encantou pela Kombucha

A bióloga explica que a kombucha verdadeira é natural, sem sabor, e lembra uma sidra. Porém, as pessoas preferem as saborizadas. Pode-se usar outros tipos de chás para dar  o "gostinho", como frutas, especiarias, sucos integrais e também as frutas secas. “Neste caso, as propriedades do que foi acrescentado, irão interferir no produto final. Não deixando mesmo assim, de ser saudável”, comenta.

Alexandra ainda conta que conheceu a kombucha há dois anos através de uma nutricionista e achou eficaz. Foi estudar sobre fermentações e se encantou. Ao ser tratada como uma bebida viva e de processo contínuo. É a pasteurização que retira essas características, por este motivo, o cultivo artesanal é tão importante. A bióloga alerta que, no entanto, a produção feita inadequadamente envolve riscos. “Se não for feita com condições adequadas de higiene, os microorganismos podem se reproduzir de maneira descontrolada e impor riscos à saúde de quem consome”, alerta.

Entre os benefícios, a especialista garante que é o bom funcionamento intestinal e, os outros, ao longo do uso. “Prefiro não me estender sobre para que ninguém procure consumir esperando milagres, mas os benefícios são inegáveis e variam de pessoa para pessoa”, finaliza.

As contra-indicações são aos portadores de doenças crônicas, primeira infância e as gestantes e lactantes - precisam procurar orientação médica. Pedidos podem ser feitos pelo instagram @essenzakombucha.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.