Variedades

Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 08h:36 | Atualizado: 16/12/2019, 17h:01

Biólogo cria empresa para mini-jardins e terrários e encanta clientes em MT - veja

Arquivo pessoal

Carlos � bi�logo e sempre foi apaixonado por plantas de todos os tipos

Carlos é biólogo e sempre foi apaixonado por  todas as plantas 

A natureza é perfeita e capaz de se adaptar a quase qualquer ambiente. Por vezes, surpreende com sua auto-suficiência e a magia da biologia. É o que ocorre com os terrários dentro de vidros. Alguns são regados uma ou duas vezes na vida e, depois de lacrados, “para sempre” se assemelham a uma floresta tropical. Sobrevivem com o próprio ecossistema.

No entanto, nem todas as plantas são indicadas para esse processo. Existem algumas regras para que o segredo aconteça, entre elas, escolher espécies que gostam de sombra, calor e umidade como musgos, fitônia e unha de gato, por exemplo.

Um dos casos mais famosos do mundo de um destes terrários foi o do engenheiro elétrico aposentado que cultiva um jardim dentro desde 1960, na Inglaterra. Ele é David Latimer e, na época, ficou curioso para saber o que aconteceria se colocasse algumas plantas em uma garrafa de vidro e fechasse o recipiente. Latimer colocou um pouco de terra, adubo, um broto e cerca de 120 ml de água. Doze anos depois, em 1972, ele regou o jardim pela segunda – e última – vez.

Hoje, a planta sobrevive em sua casa sem precisar ser regada tão frequentemente. Em entrevista, ele relata que o vidro fica há dois metros de uma janela e que ele a gira tempos em tempos para que o sol alcance todas as partes as plantas que vivem no recipiente.

Em Cuiabá, o biólogo mato-grossense Carlos Kreutz, de 30 anos, se encanta pelo universo das plantas e desenvolve diversos terrários, arranjos, mini-jardins e lembrancinhas. Ele contou para o um pouco dessa paixão. “Sempre digo que ainda não trabalho com plantas, mas sim, me divirto e acalmo com elas”, salienta. 

Galeria: Terrários e arranjos lindos

Arquivo pessoal

Terr�rios precisam ser regados, em m�dia, a cada tr�s meses

Terrários precisam ser regados, em média, a cada três meses

Ele acrescenta que as principais razões para a escolha de um terrário, ao invés de um arranjo, é a falta de tempo para cuidar, a vontade de ter plantas em um espaço interno e a famosa justificativa de nunca se lembrar de regar as plantas.

No entanto, reforça que, apesar de ser uma ótima opção para quem tem pouco tempo, viaja muito ou esquece de regar as plantas, os terrários precisam de cuidados de tempos em tempos.

Há cada três meses, normalmente, é necessário abrir e borrifar ou gotejar um pouco de água, ainda que alguns deles possam durar muito mais tempo sem precisar abrir.

Outra observação é que  não existe terrário aberto, todos eles são fechados. Por esse mesmo motivo, ele possui um ecossistema autossustentável. "Algumas pessoas chamam de terrários abertos aqueles arranjos abertos em vidros redondos de aquário, mas não é o correto", revela.

Em 2006, logo após iniciar o curso de Ciências Biológicas, ele começou a estagiar no herbário da universidade e passou a trabalhar com samambaias. Foram oito anos trabalhando diretamente com plantas na academia, entre graduação, mestrado, docência e pesquisa.

Depois de uma mudança na vida profissional, voltou a mexer com plantas em 2017. Dessa vez, começou como um hobbie, fazendo alguns arranjos com cactos e outras suculentas para ele mesmo, família e amigos.

Em meados do primeiro semestre de 2018, o hobbie se tornou a empresa Verde em Casa Atelier, que ele ainda considera um hobbie, mas com uma pegada mais profissional. “Eu sou apaixonado por plantas desde criança. Nasci e fui criado em fazenda. Então, desde pequeno tive contato com plantas no jardim, na horta, no pomar, na mata”, descreve o biólogo.

Arquivo pessoal

Arranjos de todos os tipos e tamanhos fazem parte de cria�es

Arranjos de todos os tipos e tamanhos fazem parte de criações, os preços também variam de acordo com o material que é usado na montagem de cada um

Além disso, Carlos sempre gostou de mexer no jardim para sua mãe. Durante a vida acadêmica, trabalhando com elas, despertou o interesse pelo estudo e pelo conhecimento técnico-científico. Para aprender além da academia, os detalhes e segredos de alguns arranjos muito artísticos, ele confessa que a vida por si só é uma bela escola que ensina o poder da observação e dos testes para descobrir as melhores condições para as plantas.

“Por outro lado, há uma gama de conhecimento que ao fazer cursos são absorvidos com mais facilidade. Eu fiz um curso mais completo de arranjos com suculentas com a Carol Costa, referência no Brasil em jardinagem. Mas, estudo constantemente a partir de livros de jardinagem, de paisagismo, de arranjos, também cursos online mais rápidos”, explica. 

Arquivo pessoal

Terr�rios s�o �timas op�es para quem tem pouco tempo e mora em apartamento

Terrários são opções para quem tem pouco tempo para cuidar e mora em apartamento

As peças que têm criado com mais frequência são os terrários, arranjos, mini-jardins e lembrancinhas com cactos e outras suculentas. Os terrários, segundo ele, têm uma enorme variedade de tamanhos e formas. Os arranjos e mini-jardins variam de material da base como madeira, vidro, concreto, gesso, cerâmica, metal, de tamanho e de composição. “Normalmente, em arranjos, utilizo apenas plantas com acabamento em pedras, areia ou produtos naturais. Em mini-jardins já crio um cenário, utilizo miniaturas de construção, animais, figuras humanas, fazendo assim um pequeno jardim dentro de um vaso”, conta, reforçando que também considera o gosto dos clientes.

Carlos também tem uma linha de peças que gosta bastante, a que cria com materiais reaproveitados, como vasos quebrados, vidros reutilizados e pedaços de troncos e outros produtos naturais. Sua formação como biólogo ajudou bastante nesse gosto pela sustentabilidade, pela redução do lixo produzido, e por dar vida nova a algo que seria descartado.

As suculentas, de maneira geral, gostam e precisam de sol, então são indicados para ambientes internos e externos, mas desde que tenham pelo menos umas 4h de sol por dia.

Algumas espécies de suculentas, como as que gostam de sol o dia todo, também se adaptam a menos horas de sol. “Quando estou com as plantas criando peças ou mexendo no meu jardim, me sinto mais calmo, é algo que ajuda muito a reduzir a agitação cotidiana. Quanto mais atenção você der a elas, mais belas elas ficarão em resposta a sua atenção”, finaliza.

Os preços variam muito, mas existem lembrançinhas a partir de R$ 6,50 até arranjos e mini-jardins que passaram de R$ 200. O especialista ainda indica que os terrários são indicados para ambientes internos, sem luz solar direta. Informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 98149-0353.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Galli espalha "fake"; Medeiros rebate

victorio galli 400 curtinha   O ex-deputado federal Victorio Galli (foto), presidente do Patriota-MT e primeiro-suplente da chapa de Fernanda ao Senado, começou a espalhar que José Medeiros (Podemos) irá desistir da corrida para senador porque não terá o apoio que tanta esperava do presidente Bolsonaro. Medeiros,...

PSDB joga pesado pra atrair Valdeníria

carlos avalone 400 curtinha   O PSDB de Cáceres acionou até o presidente estadual do partido, deputado Carlos Avalone (foto), para tentar convencer a vereadora de cinco mandatos Valdeníria Dutra Ferreira, que hoje está no PSC, a apoiar o tucano Paulo Donizete para prefeito. Ela poderia entrar de vice da chapa ou...

Barbudo apoia Fernanda para Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Nelson Barbudo (foto), o deputado youtuber, anunciou que vai trabalhar o nome da tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota) ao Senado. Perguntado se Bolsonaro garantirá mesmo o apoio à militar, assim como fez no início do ano, bem antes da pandemia da Covid-19, Barbudo afirmou que...

Licença da PRF para disputar eleição

Arthur Nogueira_400_curtinha   As eleições municipais e ao Senado continuam inflacionando o número de pré-candidatos. O ex-superintendente da PRF, Arthur Nogueira (foto), anunciou que se afastou das atividades policiais para colocar o seu nome à disposição da Rede para concorrer a vaga da senadora...

Possível recuo de Fábio pra prefeito

fabio garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal, primeiro-suplente do senador Jayme e presidente estadual do DEM, Fábio Garcia (foto), faz mistério sobre encarar ou não a corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Empurrou a decisão para a próxima semana, sem precisar data e horário. O dirigente do...

Fórum aponta traição de 3 deputados

joao batista 400 curtinha   Fórum Sindical está na bronca com os deputados que aprovaram a reforma da Previdência, mas voltam seus canhões com mais força contra 3 deles: João Batista (ex-presidente do Sindispen), Delegado Claudinei e Faissal Calil. Em nota, o Fórum dispara que se elegeram com os votos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.