Variedades

Sábado, 30 de Novembro de 2019, 07h:20 | Atualizado: 08/12/2019, 07h:33

Natural

Especialista em cachos usa cronograma de tratamento e ensina finalização saiba

Há pouco tempo ainda era comum existirem poucos produtos para cabelos crespos e cacheados nas prateleiras de cosméticos. Não se sabe ao certo quando a indústria passou a mudar o foco e preencher fileiras inteiras de múltiplas opções para quem não tem cabelo liso ou quimicamente tratado. 

Rodinei Crescêncio

Especialista diz estar ganhando dinheiro o bastante e que cativou clientes

Especialista diz estar ganhando dinheiro o bastante e que cativou clientes, ela prefere preservar a clientela que tem

O que se nota são inúmeras pessoas, homens e mulheres, após transição capilar. Ao retornarem às “raízes” das madeixas, nem todas elas reaprenderam como cuidar do cabelo natural. Por conta disso, canais de youtube e cursos para profissionais interessados nessa vertente são crescentes.

Ainda que em Mato Grosso, pessoas que ofertem serviços específicos, sejam minoria, há quem se qualifique para atender este público.

A cabeleireira Pâmela Campos, que faz cursos todos os meses, há três anos, começou a notar a escassez deste mercado quando decidiu não fazer mais química no próprio cabelo. No seu espaço, a profissional não faz química, isso inclui a de permanentes, que é quando as pessoas desejam enrolar os fios. “Meu salão não tem placa por opção e escolhi atuar com indicação e horário marcado. Minhas filhas também tem os cabelos naturais e dizem se espelhar em mim. Elas observam eu tratando das clientes e depois fazem o mesmo no cabelo delas”, conta orgulhosa. 

Rodinei Crescêncio

P�mela se dedica aos cachos h� dois anos

Pâmela se dedica aos cachos há dois anos e faz sucesso

Pâmela ainda acrescenta que passar pela transição capilar não é fácil e acredita que tudo deve ocorrer no seu tempo. Saber à hora de cortar os fios lisos e não tentar forçá-los ao cacho artificial, para ela, é parte deste processo. “A indústria, sem dúvida, sempre busca lucro. Independente do que é melhor para o consumidor final de seu produto. Antes, se o mercado de cosméticos se aproveitava do momento e criava produtos para, supostamente, resolver o problema de quem não estava no padrão de beleza. Hoje, as mesmas pessoas, estão assumindo a beleza natural. E, para acompanhar essa revolução da beleza, a indústria investe em produtos e novas técnicas para atender esses clientes”, avalia.

A cabelereira ainda ressalta, que após ter três filhas, todas com os cabelos cacheados, resolveu que não gostaria mais de alisar. Essa foi sua maior motivação para passar pela transição. "Lembrei que quando eu era mais jovem sofria muito preconceito, inclusive, da própria família. As pessoas diziam para eu alisar ou prender meu cabelo. Não quero que minhas filhas passem por isso, nem que achem que o cabelo delas não é bonito, porque é", conta.

Foi assim que ela resolveu que, além de trabalhar apenas com cabelos cacheados e com horário marcado, também daria consultoria para suas clientes aprenderem a cuidar dos cabelos crespos ou cacheados. Pâmela trabalha com o cronograma capilar, que são várias sessões de tratamento.

Cada cabelo necessita de um tipo de nutriente e processo para resgatar sua saúde, por isso, após a avaliação - a profissional estima uma técnica a ser usada, os produtos e quanto tempo (em média) ira realizar o cronograma. 

Procuro ter uma longa conversa com cada uma delas, falo das vantagens e benefícios de iniciar um tratamento totalmente natural

Pâmela Campos

São necessárias, no mínimo, quatro sessões para se obter o resultado. E dentro de 45 dias ela tende a realizar, sendo uma por semana, até o fim do tratamento. "Além de tudo, o cabelo cacheado precisa mesmo de mais cuidados e a cada dia da semana um processo diferente. Não é só soltar e está pronto, as pessoas se equivocam com isso, cabelo cacheado também precisa de cuidados, ele tem mesmo a característica mais seca do que outros tipos de fios, deixá-los nutridos e bem hidratados de forma correta exige tempo e paciência", relata.

Antes de entrar para o ramo da beleza, influenciada pela mídia e pelas pessoas, fez vários alisamentos, muitos deles usando produtos muito agressivos que davam um resultado rápido e com inúmeros danos. Por isso, a solução mais viável que encontrou foi a de um corte radical, popularmente conhecido como big chopp, assim removendo toda a parte afetada pela química. “Hoje me sinto muito a vontade pra falar sobre a transição capilar com minhas clientes, pois já passei por isso pelo menos três vezes. Procuro ter uma longa conversa com cada uma delas. Falo das vantagens e benefícios de iniciar um tratamento totalmente natural e passo dicas”, descreve.

Rodinei Crescêncio

Em entrevista ela conta que motiva��o do sal�o foi por n�o querer que as filhas sofressem com alisamento e preconceito

Em entrevista, ela conta que motivação do salão foi por não querer que as filhas sofressem com alisamento e preconceito. Agora, dá consultorias as clientes

Especialista em cachos

Pâmela é formada pela Academia Deva Curl, que foi criada Nova York, mas tem representação no Brasil. Também por isso, ela atua com linhas de cosméticos para técnicas de now e low poo, que é a especialidade da academia e marca Deva. No entanto, explica à reportagem que existem diversos de produtos com preços mais acessíveis para que se façam os cuidados, desde que eles sejam "liberados", e isso estará no rótulo de cada produto. 

Galeria: Pâmela Afro Hair

A profissional defende que, o que se conhece como “permanente afro”, é quando as mulheres passam química para que os cabelos fiquem enrolados. No entanto, Pâmela relata que o cacho é falso, sem vida e sem brilho e não atua com essa técnica porque ela também oferece danos à saúde do cabelo. “Diferente deste processo, com um cabelo natural você pode tudo. Claro, que com certos cuidados, porque o cabelo cacheado é sensível e às vezes uma simples pode danificá-lo”, explica. Veja o vídeo.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Regina | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 16h05
    0
    0

    Qual número telefone do salão para contato?

  • Rozinete Gusmão de Queiroz | Quinta-Feira, 09 de Janeiro de 2020, 13h42
    1
    0

    Que maravilha parabéns pela matéria qual o endereço do salão na reportagem não fala

  • Linda | Sábado, 30 de Novembro de 2019, 19h29
    2
    0

    Parabéns Pamela, você foi a base para eu assumir o meu crespo natural, sem produtos que agridem a nossa saúde. Muito sucesso para você.

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.