Variedades

Sábado, 16 de Novembro de 2019, 10h:50 | Atualizado: 16/11/2019, 11h:12

Mega hair mascara até calvície feminina e mexe com vaidade de mulheres - confira

Dayanne Dallicane

Glaucia � uma das profissionais mais requisitadas de MT e trabalha com agendamentos

Glaucia é uma das profissionais requisitadas de MT e trabalha com agendamentos na Capital. O resultado é natural

O cabelo faz parte da vaidade de homens ou mulheres e são muitas as alternativas para tratamentos de queda ou acelerar o crescimento dos fios. No entanto, além de quem queira apenas mudar o visual, há quem busque alternativas para calvície ou aumentar a quantidade dos fios após tratamento de saúde, como o da quimioterapia. Por isso, técnicas como mega hair, mais do que nunca, crescem na Capital e ganham novos adeptos.

Quem explica os diferentes procedimentos possíveis é a profissional especializada Gláucia Spinola que, além de montar as telas de cabelo, faz aplicações de mega hair no estilo microlink, fita adesiva, queratina e nó italiano. "Há cliente com problema de queda de cabelo, ainda muito jovem e que não teve sucesso com implante. O mega hair, se bem aplicado, tem tecnologia o suficiente para permitir que o cabelo natural continue crescendo e não danifique os que já existem. Dessa forma, ele também cria um efeito que preenche as falhas e mascara a calvície feminina", descreve. 

Dayanne Dallicane

Cada procedimento leva um n�mero de horas para ser aplicado, pode variar de uma hora a seis horas

Cada procedimento entre 1 hora a 9 horas para ser concluído. Preços também variam

Glaucia já aplicou o procedimento em mulheres que passaram por câncer e perderam muito cabelo, após a quimioterapia. Ela ressalta que o fio muda e cresce em uma textura mais áspera e grossa. "Pouquíssimas dessas mulheres usam peruca e Cuiabá é extremamente quente para isso. Porém, quando os fios voltam a surgir, o alongamento através do mega hair melhora a estima de uma maneira emocionante, elas se olham no espelho emocionadas e agradecem", afirma.

A profissional que, além de quem busca a técnica para mascarar pouco cabelo ou tampar falhas, existem as mulheres que se motivam pela vaidade. "O cabelo curto é muito prático, mas a maior parte das mulheres alegam que com o cabelo longo se sentem mais bonitas. As vezes elas chegam aqui tristes, mas saem totalmente diferentes. Parece milagre, mexe mesmo com a auto-estima", define.

A cabeleireira reconhece que há dez anos atrás o processo ainda era fora da realidade de muitas pessoas, mas que, com o avanço da internet e encomendas de cabelo e cursos para profissionais da área, o mega hair passou a ter um custo mais acessível. O cálculo é feito a partir da quantidade de cabelo que a cliente compra, que passa por uma telagem ou é inserido mexa por mexa, que é como acontece com a técnica de microlink. 

Dayanne Dallicane

Profissional trabalha mais de uma d�cada com procedimentos de alongamento e � perfeccionista com acabamento

Profissional trabalha há mais de uma década com procedimentos de alongamento e é perfeccionista no acabamento

O tempo de manutenção também varia de acordo com o crescimento do cabelo, mas uma tela "amarrada" com nó italiano chega a durar uma média de dois meses. O microlink, que é a técnica de fio a fio, cerca de três meses e a fita adesiva, que deixa o resultado quase invisível dura um mês.

Porém, a última alternativa é mais viável para locais com a temperatura mais amena. O valor da manutenção varia, assim como quando são postas, e o custo de cada tela, por exemplo, é de R$ 50. "Cabelos com pouco mais de um centímetro podem ser alongados. Às vezes, misturamos as técnicas, colocamos tela atrás e um procedimento de fita ou microlink na parte superior para que o efeito seja perfeito e natural", acrescenta. 

Galeria: Efeito "Rapunzel"

Para cada cliente, o procedimento pode ser o mais indicado e os valores variam de acordo com o nível de dificuldade de aplicação, tipo de cabelo e durabilidade nas madeixas. Por isso, Gláucia explica que o orçamento acaba sendo individual, mas fica na estimativa de R$ 1,5 mil até R$ 3 mil. Outras informações podem ser encontradas no instagram @megahaircuiaba

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.