Variedades

Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2019, 10h:00 | Atualizado: 14/01/2019, 07h:52

Pet Uber oferece transporte e muito amor a animais-passageiros - conheça serviço

Arquivo Pessoal

Pet Uber Paulo

Paulo Nicácio tem paixão por cães e  se prepara para, um dia, estudar medicina veterinária

Animais são parte da família de muita gente e tratar os pets com carinho e respeito é algo que apaixonados pelos entes de quatro patas fazem - e esperam que outras pessoas façam também. Ao pensar nisso, dono de 12 cachorros, o jovem Paulo Nicácio, que sonha em um dia cursar medicina veterinária, deixou a estabilidade da engenharia e uma cadeira de concursado público, onde atuou por quase 10 anos, além da calmaria de uma cidade interiorana, para virar pet Uber. Sim, ele transporta os animais e é pet siter, que cuida dos pets nas viagens dos tutores ou dog walker, profissional que passeia com os bichos em Cuiabá.

Em conversa com a reportagem Paulo deu detalhes da mudança radical que fez em vida para apostar no seu amor pelos bichos. Com serviços personalizados, ele dirige há quase um ano de trabalho na área e diz que sua maior recompensa é ter contato diário com os cães e gatos. “Prefiro transportar dez cachorros a uma única pessoa. Sempre tive uma ligação muito grande com animais e, antes da engenharia, queria cursar veterinária. Agora pretendo seguir esse sonho e vou custear isso com o trabalho que estou desenvolvendo”, conta.

Prefiro transportar dez cachorros a uma única pessoa. Sempre tive uma ligação muito grande com animais e, antes da engenharia, queria cursar veterinária. Agora pretendo seguir esse sonho e vou custear isso com o trabalho que estou desenvolvendo

Pioneiro na Capital, revela que em outras cidades do Brasil este trabalho é bastante comum, mas em Mato Grosso apenas os Táxi Dog’s cobriam esse nicho, fazendo parceria com os pet shops e clínicas de veterinária. Quando se mudou de Colíder para Cuiabá, começou atuando como cuidador e logo percebeu a necessidade deste serviço especializado. Além de pet uber, ele atua também como pet siter e outros tipos de acompanhamento aos amigos de quatro patas. 

Arquivo Pessoal

Pet Uber Paulo

Paulo atende bem o cliente, que é o cão. Donos só pagam pelos serviços

O carro e os serviços personalizados

Um carro comum, mas com uma estrutura pensada no conforto dos bichos. Assim é o pet uber de Paulo. Na parte traseira, ele instalou um “bolsão” que mais parece uma rede estendida no carro, para que os animais possam se acomodar sem cair nas frechas entre os bancos. Adaptou o veículo conforme o movimento de seus cães, inclusive pensando na cobertura dos botões que abrem os vidros das janelas, travas nas portas. Isso sem contar à tranquilidade que os animais sentem por serem poupados das corriqueiras e apertadas caixas de transporte.

Paulo, no entanto, revela que a limpeza dos bancos precisa ser mais freqüente que em carros que transportam pessoas, por isso todos os dias o transporte recebe higienização com álcool e herbal, um bactericida usado para limpar todas as contaminações possíveis dos pets. “O uber comum não leva animais, os motoristas tendem a reclamar do cheiro dos cachorros ou dos pelos que eles soltam. O cachorro vai confortável, não tenho restrições de cheiro, cães doentes ou feridos”, salienta.

Rodinei Crescêncio

Pet Uber

Cães viajam bem acomodados e o profissional aceita até mesmo animais adoentados ou feridos. Limpeza do carro é constante, feita com produtos próprios

Os primeiros clientes do uber de cachorros foram fidelizados a partir de uma parceria com creches caninas. Ele revela que a partir disso, vários tutores passaram a conhecê-lo, mas também recebeu clientes através de amigas que atuam como pet siter e cuidavam de seus cachorros. “Como costuma ser apenas uma rota, os cães ficam menos tempo no trajeto e também tem o fato deles de já terem uma relação uns com os outros, o que reduz o risco de brigas entre eles”, acredita.

O cachorro vai confortável, não tenho restrições de cheiro, cães doentes ou feridos

Além das creches, existem parcerias com clínicas veterinárias e outros  tipos de corridas que são feitas por agendamento. O protetor dos animais comenta que os valores são calculados a partir do aplicativo de uber tradicional, mas com taxas inclusas no caso de cães enfermos ou feridos, por exemplo. As rotas podem variar de R$ 15 a R$ 70, dependendo do trajeto. “Transportar os cachorros dos outros é como transportar os filhos, um ente da família, existe várias formas de personalizar. Uma nova modalidade que estou desenvolvendo é levar no veterinário e acompanhar o pet, o tutor não precisa nem sair de casa, é só ligar para o médico e conversar tudo pelo telefone”.

Cuidado e amor com os bichos

Em uma das rotas, ao levar um cãozinho para banho e tosa, Paulo percebeu que os olhos do cachorro estavam “remelando” e não abria de um lado. Como era sua primeira vez com o pet, ele perguntou aos profissionais do espaço se o cão era cego de um olho e pediu para que eles dessem uma olhada. Os profissionais avaliaram e constataram uma úlcera que precisava ser operada com urgência.

O petfriendly entrou em contato com a dona que estava viajando, acompanhou os exames e cirurgia do cão, que logo melhorou e foi levado para casa em segurança pelo uber. Quando questionado do porque escolheu a cidade, ele relata que os cuiabanos tendem a serem mais atenciosos com seus pets. “Aqui os criadores têm uma ligação mais forte e tipo de carinho diferente com os pets, então casou bem a cidade com a idéia que eu tinha. Ouço depoimentos dos clientes emocionados quase todos os dias”, justifica.

Ao lembrar de algumas situações, ele reflete que os depoimentos mais emocionados são os que recebe dos tutores que solicitam uber para levar e buscar os cães e gatos do hospital veterinário da UFMT. “Muitos não tinham como transportar os animais. Em alguns casos, tiveram que deixar o animalzinho internado mais um dia até que um parente se disponibilizasse a buscar”, diz, de coração partido.

Ao demonstrar carisma ao acarinhar Caetano, um labrador simpático que ele visita antes de mais uma de suas viagens, ele chega comentar que os cachorros em sua maioria o reconhecem e pulam no seu colo. Desta maneira, os tutores e os animais sentem confiança com seus serviços. “Costumo dizer que quem me paga é o tutor, mas meu cliente é o cachorro. É importante que eles se sintam bem comigo. Trato os animais como eu gostaria que todos tratassem meus cachorros, aposto nisso”, finaliza.

SERVIÇO

Pet Uber Paulo Nicácio

Contato: 065 9 9339-6414

Instagram: @paulonicaiopet

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Taissa | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 15h48
    1
    0

    Meus caes quando o veem na porta ja vão logo correndo pra entrar no seu carro. Adoram o Paulo. Excelente!

  • rafael Mendonça | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 07h50
    1
    0

    muito legal. Parabéns.

  • Bia | Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019, 14h54
    7
    0

    Realmente é muito difícil para quem não tem carro transportar seu animal quando precisa de algum tratamento médico. Vou guardar seu número!

  • Joemerson Oliveira | Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019, 10h27
    8
    0

    É um excelente profissional, que realmente ama o que faz!

Matéria(s) relacionada(s):

Provando competência na direção AL

janaina riva curtinha   Na 1ª semana como presidente da Assembleia, a jovem deputada Janaína Riva, de 30 anos, tem surpreendido colegas parlamentares, secretários de diferentes setores da Casa, assim como servidores, pelo foco em gestão, empenho e dedicação para resolver problemáticas administrativas....

Imagem vazada de jogo não é oficial

A organização SpriMT Marketing Esportivo, juntamente com Perk Soluções Criativas, esclarece que o banner, que circula, não foi feito pela empresa – que tomou conhecimento sobre a existência dele após a publicação na coluna Curtinhas. Revela ainda que a imagem, sem a informação de que seria um clássico Master, foi vazada durante o envio para orçamentos gráficos. As publicidades oficiais...

Fla X Timão e propaganda enganosa

Quem vê um dos banners de publicidade sobre o clássico entre Flamento e Corinthians logo se empolga. A tendência é que haja uma correria por ingressos. Mas, a organização, de propósito, está ocultando uma informação importante. Na verdade, os times principais não vão se enfrentar. Haverá um jogo comemorativo entre os jogadores da equipe master (veteranos) - evento conhecido como “Encontro das...

Pregão é suspenso em Campo Verde

fabio 190 campo verde prefeito   Em Campo Verde, o prefeito Fábio Schroeter (foto) terá de suspender de imediato um pregão presencial programado para esta quinta, por causa de irregularidades. Buscava-se contratar, por R$ 327,9 mil, uma empresa para prestar serviço, junto à secretaria municipal de...

Após chuvas, prefeito pede socorro

moises_curtinha_juscimeira   As fortes chuvas de janeiro, agravadas pelas que castigaram Juscimeira no início deste mês, levaram o prefeito Moisés dos Santos a decretar situação de emergência nas 8 áreas afetadas (assentamentos, povoados e nos distritos de Irenópolis e Fátima de...

Prefeito e decreto para evitar mortes

Raimundo Nonato, prefeito de Barra do Bugres assinou o decreto 029 declarando situação de emergência por causa da suspensão de uma parceria com o Instituto Assistencial de Desenvolvimento (IAD), que prestava serviço de mão de obra na área da saúde. Alega que há um déficit de profissionais tais como enfermeiros, médicos, psicólogos, dentistas e nutricionistas. E que, por conta da suspensão da parceria, pode...

MAIS LIDAS