Frases

Domingo, 12 de Janeiro de 2014, 07h:34 | Atualizado: 12/01/2014, 07h:37

"Nunca estamos satisfeito com o que ganhamos"

Alexandre Bustamante, secretário estadual de Segurança Pública, pedindo suplementação no orçamento de R$ 1,2 bilhão para aplicar na Copa e nas eleições

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Roberto almeida Gil | Segunda-Feira, 13 de Janeiro de 2014, 11h24
    0
    0

    A segurança não planta, não colhe, não transforma, não industrializa: mas garante que cada "qual", desfrute do suor do seu lavouro. Quando nos deparamos com esse 'primo pobre', dos setores que compõem a maquina governamental e que só é lembrada quando dos momentos de crise. E sufocador verificar que o soldo de setores da segurança, ganha menos que o auxilio alimentação oferecido a alguns privilegiado. Enquanto os profissionais de algumas áreas, oferecem a sua força produtiva (Técnica, conhecimento), o profissional de segurança, alem das citada, coloca em risco o maior bem de um ser humano, que é a própria vida. Para tal todo esforço visando diminuir e/ou afastar o risco do homem no seu bem maior é bem vindo. Uma caminhonete se faz mais necessária no policiamento do que no gabinete de deputados, desembargadores, conselheiros e secretários. Mas o que presenciamos é pouco caso com a segurança e uma supervalorização para setores hospedeiros do poder. Retiram da atividade fim e se investe em atividade meio, estas que deveriam ser o suporte para a execução da principal em uma completa inversão de valores aonde uma grama de ouro vale mais do que uma tonelada de alimento. O montante estimado pelo secretário, ainda assim fica aquém da importância que o setor merece, pois sem está,nada mais faria sentido, nem a justiça existiria, seria um pensar sem força para agir. A fartura deveria se fazer presente nas delegacias e quarteis e não nos gabinetes, as boas remunerações nas atividades fim e não nas de suporte e execução secundária. Basta se perguntar, sem qual atividades não viveríamos ? Triste constatação, passaram a valorizar as menos importantes na escala natural da vida. Parabéns secretário, ainda pediu pouco, talvez seja a hora de parar de pedir e passar a exigir.

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.