Domingo, 19 de Outubro de 2008, 21h19
DEBATE
Mendes acusa Santos de caixa 2 e cita depósito



Empresário Mauro Mendes, em debate na Record neste domingo
Foto: João Vieira/Jornal A Gazeta

  Em poder de uma decisão do juiz federal Julier Sebastião da Silva, o empresário e candidato a prefeito Mauro Mendes acusou, no debate da Record deste domingo à noite, o seu adversário e prefeito Wilson Santos de usar caixa 2. Ele se referiu a um depósito de R$ 10,4 mil na conta bancária de Sílvia Losato. Após comentar o assunto, o republicano perguntou ao tucano o que este tinha a dizer sobre a acusação.

   Em resposta, Santos lembrou de uma lei complementar de 1997, instituída na gestão do antecessor Roberto França, criando na Capital o projeto de Parcerias Público-Privadas (PPPs). Segundo o prefeito, por meio dessas parcerias, algumas empresas contribuíram com o município, entre elas os supermercados Big Lar e Modelo. Citou reforma de praças e aquisição de equipamentos com ajuda da iniciativa privada.

   O prefeito confirmou que, de fato, foi feito depósito na conta particular de Sílvia, que trabalhava na prefeitura e foi para Brasília com a atribuição de montar escritório de Representação da Prefeitura da Capital e que o dinheiro não saiu dos cofres públicos, mas sim a título de doação de empresa parceira. Santos mostrou notas fiscais que, segundo ele, comprovam a compra de mobília para o escritório em Brasília com o dinheiro doado e creditado na conta de Sílvia. Para ele, não houve caixa 2.

Clique no play e veja a troca de farpas entre Mendes e Santos acerca do suposto caixa 2


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/