Quinta-Feira, 08 de Janeiro de 2009, 18h31
ARTICULAÇÃO
Além da AL, Riva vai "mandar" na Câmara e AMM



José Riva (PP) amplia base de olho numa cadeira de senador
Foto: Maurício Barbant

  O deputado de quarto mandato José Riva (PP), mesmo com processos na Justiça sob acusação de cometer atos de improbidade na Mesa Diretora da Assembléia, vem ampliando seu poderio político cada vez mais. Ele conseguiu "eleger" seu novo afilhado político Deucimar Silva presidente da Câmara Municipal de Cuiabá. Agora, o próximo passo de Riva é garantir o comando da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), com a candidatura do prefeito de Jauru, Pedro Ferreira (PP). A eleição na entidade acontece em 2 de fevereiro.

   Pedro tem outros dois concorrentes: Manoel Rodrigues (PR), de Terra Nova do Norte; e Dênio Peixoto Ribeiro (DEM), de Planalto da Serra. A articulação de Riva é tamanha que até mesmo Manoel, do partido do governador, já comenta nos bastidores que procura uma "saída honrosa" porque sabe que vai perder para Pedro, tudo por causa do exímio articulador José Riva. Dênio é outro que, nas conversas informações, adianta que vai "jogar a toalha". Ele mantém uma campanha isolada e sem apoio da cúpula do próprio DEM. A tendência é que Pedro seja eleito por aclamação e, assim, sob orientação de Riva, venha conduzir a AMM pelos próximos dois anos.

   A partir de 2 de fevereiro, José Riva reassume a presidência da Assembléia pela quarta vez. Hoje, ele é o primeiro-secretário (ordenador de despesas) também pela quarta vez. O progressista vai estar no comando da AL e, ao mesmo tempo, no controle do Legislativo cuiabano e do movimento municipalista, através da AMM, que representa os 141 municípios mato-grossense.

   O vereador Deucimar, que trocou o DEM pelo PP e, por causa dessa infidelidade perdeu o mandato passado, se diz grato a Riva por ter sido eleito presidente da Câmara. Ele entrou na disputa contra a tucana Lueci Ramos, que contava com apoio do prefeito Wilson Santos. Em princípio, a tucana contava com apoio da maioria. Bastou Riva entrar no jogo de bastidores que Deucimar conquistou 10 votos, suficientes para se tornar presidente da Câmara.

   Além do controle da Assembléia, da Câmara de Cuiabá e agora da AMM, o deputado e cacique político do PP exerce forte poder de influência junto aos Poderes Executivo e Judiciário e mantém relação amigável com quase todos os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Por essas e outras que José Riva, que começou sua trajetória política como prefeito de Juara, no Vale do Arinos, vem crescendo politicamente e com votação nas urnas cada vez mais surpreendente. Ele se articula para, em 2010, disputar o Senado.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/