Quinta-Feira, 12 de Fevereiro de 2009, 07h38
RUMO A 2010
6 do 1º escalão da gestão Maggi são candidatos


Fernando Ordakowski Clique na imagem para ampliação
Leôncio Pinheiro, Vilceu, Dóia e Pedro Nadaf são alguns da turma da botina que estão em pré-campanha para deputado

 Ao menos seis secretários e presidentes de empresas e autarquias da administração Blairo Maggi trabalham projeto de candidatura a deputado nas eleições do próximo ano. Três deles vão se submeter ao teste das urnas pela primeira vez: Pedro Nadaf, que comanda a pasta de Indústria, Comércio, Minas e Energia, e os presidentes do Detran e da Empaer, respectivamente, Theodoro Lopes, o Dóia, e Leôncio Pinheiro. Os outros dois são os secretários Vilceu Marchetti (Infra-Estrutura) e Neldo Egon (Desenvolvimento Rural). O secretário de Projetos Estratégicos, José Aparecido dos Santos, o Cidinho, também pode entrar no páreo.

  Eles pertencem a partidos diferentes, mas são tidos como integrantes da turma da botina, grupo ligado ao governador Blairo Maggi (PR). Todos devem se desincompatibilizar em março para disputar o pleito.

   Dóia é do PSB. Ele assumiu o comando do Detran há mais de dois anos, em substituição a Moisés Sachetti, presidente estadual do PR. A intenção de Dóia e fazer uma campanha "casada" com seu padrinho político, o deputado estadual Mauro Savi (PR), líder do governo na Assembléia pelo terceiro ano consecutivo. Enquanto Dóia busca cadeira na Assembléia, Savi sonha com vaga de deputado federal.

  Pré-candidato a estadual, Leôncio pertence aos quadros do DEM (ex-PFL), assim como Cidinho, que comandou a Associação Mato-Grossense dos Municípios por dois mandatos. Leôncio é irmão do ex-senador Jonas Pinheiro (já falecido). Ele "patina" como presidente da Empaer, mas acha que pode "herdar" parte do eleitorado do irmão.

   Filiado ao PR, Pedro Nadaf, que se mostra bem articulado, está de olho na vaga de deputado estadual. Na vida pública, só tem experiência no Executivo. Foi secretário de Indústria da Capital e, depois, do Desenvolvimento do Turismo do Estado e, agora, de Indústria, Comércio, Minas e Energia. Nadaf atua como líder empresarial há vários anos.

   Vilceu foi prefeito de Primavera do Leste e, no governo Maggi, resolveu abandonar o velho PFL (hoje DEM) para entrar de vez na turma da botina. Está no PR. Conduz uma das pastas que mais dão visibilidade eleitoral: Infra-Estrutura. O secretário admite concorrer tanto a estadual quanto a federal. Um dos pecuaristas da região do Araguaia, Neldo continua no DEM e está em pré-campanha para deputado estadual. Em 2006, tentou e foi reprovado nas urnas. Teve somente 14.647 votos.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/